Estatuetas do Globo de Ouro

Créditos da imagem: Emma McIntyre/Getty Images Via AFP

Filmes

Notícia

Após polêmicas, Globo de Ouro é vendido para novo grupo e dissolve a HFPA

Dick Clark Productions e Todd Boehly’s Eldridge são os novos donos da premiação

Omelete
3 min de leitura
12.06.2023, às 17H26

Após dois anos repletos de escândalos e renovações, o Globo de Ouro terá uma nova cara a partir de 2024. Segundo a CBS News, a premiação foi vendida para a Dick Clark Productions e Todd Boehly’s Eldridge, e vai se tornar uma associação com fins lucrativos. Com a venda, a Hollywood Foreign Press Association (HFPA), ou Imprensa Estrangeira de Hollywood, chegará ao fim. 

Vale lembrar que a Dick Clark Productions já era responsável pela transmissão da cerimônia. Os novos proprietários usarão os ativos disponíveis da HFPA para estabelecer a Fundação Golden Globe, que dará continuidade à tradição de doações de caridade da HFPA.

"Estamos animados em finalizar esta transação tão aguardada e aprovada pelos membros, e fazer a transição de uma organização liderada pelos membros para uma empresa comercial", disse Helen Hoehne, ex-presidente da HFPA, em um comunicado divulgado à imprensa nesta tarde (12). 

O que vai mudar? 

Até o momento, a principal informação sobre da mudança, segundo o The L.A Times, é que os funcionários da organização receberão um salário anual de US$ 75.000 pelo trabalho.

Suas responsabilidades incluirão a avaliação de filmes e séries de TV enviados para consideração ao Globo de Ouro, participação no processo de votação para indicações e vencedores, criação de conteúdo para o site da organização e gerenciamento de materiais relacionados ao evento de premiação e à história do grupo.

Entenda as polêmicas 

O "cancelamento" do Globo de Ouro aconteceu em 2021, um movimento veio como resposta a uma reportagem do Los Angeles Times que detalhou práticas duvidosas da Associação, além de constatar que, dos 87 membros, não havia nenhum negro na organização. 

A matéria do jornal acusou também a Associação de receber presentes em troca de indicações ao Globo de Ouro. Como exemplo, a reportagem revelou que a Netflix presenteou diversos membros com viagens de luxo à Paris, antes da série Emily In Paris receber suas 2 indicações no prêmio deste ano. A produção da plataforma foi mal-recebida pela crítica e suas indicações chegaram a ser questionadas por uma roteirista da própria série.

Apesar de já ter uma data definida, uma emissora ou plataforma de streaming ainda não confirmou a compra dos direitos de exibição da 81ª edição da cerimônia. O contrato entre a NBC e a antiga HFPA foi encerrado no início de 2023.

A edição de 2023 marcou o retorno da premiação à TV americana após os escândalos de corrupção que a deixaram sem lar no ano passado. No Brasil, o Globo de Ouro ficou sem transmissão oficial -- a TNT, que tradicionalmente exibia o prêmio, não o fez este ano. 

*****

Ingressos à venda para a CCXP23, o maior festival de cultura pop do mundo. Compre agora!

Omelete agora tem um canal no Telegram! Participe para receber e debater as principais notícias da cultura pop (t.me/omelete).

Acompanhe a gente também no YouTube: no Omeleteve, com os principais assuntos da cultura pop; Hyperdrive, para as notícias mais quentes do universo geek; e Bentô Omelete, nosso canal de animes, mangás e cultura otaku.

Omelete no Youtube

Confira os destaques desta última semana

Omelete no Youtube

Confira os destaques desta última semana

Ao continuar navegando, declaro que estou ciente e concordo com a nossa Política de Privacidade bem como manifesto o consentimento quanto ao fornecimento e tratamento dos dados e cookies para as finalidades ali constantes.