Foto de Coringa

Créditos da imagem: Coringa/Warner Bros./Divulgação

Filmes

Notícia

Coringa | Perguntado sobre polêmica, Joaquin Phoenix deixa entrevista

Ator foi questionado se filme poderia incitar atos de violência por parte do público

Nicolaos Garófalo
21.09.2019
00h17
Atualizada em
24.09.2019
16h03
Atualizada em 24.09.2019 às 16h03

Com uma crescente discussão nas redes sociais sobre uma possível incitação à violência causada pelo filme, Joaquin Phoenix, protagonista de Coringa, se incomodou ao ser perguntado a respeito da polêmica.

Dando uma entrevista ao Telegraph, o ator não gostou quando o jornalista Robbie Collin questionou o possível encorajamento que algumas pessoas de ideias extremistas poderiam encontrar no personagem de Phoenix, especialmente em um período em que os Estados Unidos passam pela maior crise de violência por armas de fogo da sua história.

Indignado, o astro se levantou e deixou a entrevista, voltando apenas uma hora depois, convencido pela equipe da Warner a terminar a conversa. No retorno, Phoenix se desculpou, dizendo que não estava preparado para uma pergunta tão difícil.

Antes mesmo de estrear nos cinemas, Coringa recebeu o Leão de Ouro, principal prêmio do Festival de Veneza. Segundo a sinopse oficial, o filme segue a história de Arthur Fleck, um homem lutando para se integrar à sociedade despedaçada de Gotham. Trabalhando como palhaço durante o dia, ele tenta a sorte como comediante de stand-up à noite... mas descobre que a piada é sempre ele mesmo. Preso em uma existência cíclica, oscilando entre a realidade e a loucura, Arthur toma uma decisão equivocada que causa uma reação em cadeia, com consequências cada vez mais graves e letais, nesta exploração ousada do personagem.

Além de Phoenix, o elenco também traz Robert De NiroZazie Beetz, Frances Conroy Marc Maron.

A estreia de Coringa no Brasil acontece em 3 de outubro.