5 nomes que deixaram sua marca nas comédias românticas

Filmes

Lista

5 nomes que deixaram sua marca nas comédias românticas

Aproveitando o mês dos namorados, que tal descobrir mais dos diretores e roteiristas responsáveis pelos melhores filmes do gênero?

Omelete
1 min de leitura
Beatriz Amendola, Julia Sabbaga e Mariana Canhisares
25.06.2022, às 13H18

Alguns ingredientes são essenciais para uma boa comédia romântica: um casal carismático no centro da história; um primeiro encontro fofo; um ou mais coadjuvantes engraçados; e, claro, uma declaração de amor memorável. No entanto, existem diretores e roteiristas que vão muito além do bê-a-bá e verdadeiramente imprimem sua marca no gênero.  

Aproveitando que junho é o mês dos namorados, homenageamos 5 nomes inesquecíveis das comédias românticas e recomendamos seus filmes imperdíveis; confira:

BILLY WILDER

Filmes que vale conferir: Sabrina, Se Meu Apartamento Falasse, Quanto Mais Quente Melhor, O Pecado Mora ao Lado

Um dos roteiristas mais reverenciados de Hollywood até hoje, Billy Wilder escreveu clássicos de diversos gêneros, e é frequentemente lembrado por títulos noir como Crepúsculo dos Deuses e Pacto de Sangue. Mas uma de suas mais importantes contribuições para o cinema foi a ousadia em criar personagens muito mais complexos, principalmente para o gênero das comédias românticas. O diretor, produtor e roteirista austro-americano sabia inserir temas melancólicos e até depressivos em seus personagens ordinários, o que rendeu rom-coms como Se Meu Apartamento Falasse, Quanto Mais Quente Melhor e O Pecado Mora ao Lado. Em sua carreira, Wilder revolucionou Hollywood por desafiar normas da época, incluindo, por exemplo, referências LGBTQIA+ em suas temáticas. Lançado em 1959, Quanto Mais Quente Melhor foi um sucesso tão grande que é considerado um dos motivos pelos quais a indústria teve que rever suas normas e censuras na época. 

JOHN HUGHES

Filmes que vale conferir: Gatinhas e Gatões, A Garota de Rosa Shocking, Ela Vai Ter Um Bebê

Verdadeiro patrimônio do cinema, John Hughes é muito lembrado por filmes que marcaram as infâncias de gerações, como O Clube dos Cinco e Esqueceram de Mim. Mas seria uma injustiça enorme esquecer das grandes comédias românticas com as quais o diretor e roteirista nos brindou, especialmente nos anos 1980. São dele filmes como Gatinhas e Gatões – que tem em Sam e Jake um dos casais mais fofos das comédias românticas –,A Garota de Rosa Shocking e Ela Vai Ter Um Bebê, todos grandes sucessos marcados por personagens carismáticos, que continuam a encantar quando revisitados. E o penúltimo filme de sua carreira, antes de sua morte, em 2009, também foi uma revisita ao gênero: Encontro de Amor, clássico da Sessão da Tarde com Jennifer Lopez e Ralph Fiennes que a gente não cansa de rever. 

NORA EPHRON

Filmes que vale conferir: Harry e Sally: Feitos um para o Outro, Sintonia de Amor, Mens@gem para Você  

Não dá para falar sobre pessoas que deixaram sua marca nas comédias românticas e não mencionar Nora Ephron, simplesmente a responsável por escrever a memorável cena do orgasmo no restaurante de Harry e Sally: Feitos um para o Outro. Criando casais apaixonantes e discutindo temas que seguem atuais, Ephron e seus filmes se destacaram em uma época em que as mulheres tinham ainda menos espaço nos cinemas. Como roteirista, ela teve três indicações ao Oscar: Silkwood, Retrato de uma Coragem (1984), Harry e Sally (1990) e Sintonia do Amor (1994), mas também foi celebrada pelo seu trabalho na direção.

Por mais natural que hoje pareça ver seu nome atrelado a Hollywood, Ephron foi, primeiro, jornalista, ensaísta, romancista e dramaturga. E, tendo visto seus grandes sucessos, como Mens@gem para Você, não dá para negar seu dom com as palavras.  

RICHARD CURTIS

Filmes que vale conferir: Quatro Casamentos e Um Funeral, Um Lugar Chamado Notting Hill, O Diário de Bridget Jones e Simplesmente Amor

Produtor, roteirista e diretor, o britânico Richard Curtis foi responsável por algumas das comédias românticas mais icônicas dos anos 1990 e 2000, a começar por Quatro Casamentos e Um Funeral, que lhe rendeu uma merecida indicação ao Oscar de melhor roteiro original. Mas ele também entregou histórias belíssimas em clássicos como Um Lugar Chamado Notting Hill, O Diário de Bridget Jones e Simplesmente Amor, que também marcou sua estreia na direção. Não por acaso, esses três últimos foram lembrados na nossa lista de declarações inesquecíveis das comédias românticas – se até hoje você lembra vividamente de Julia Roberts dizendo “Eu sou só uma garota, na frente de um garoto…” e sabe de cor o que vem depois, é por causa de Curtis. E ele ainda está na ativa: nos últimos anos, ele trabalhou em filmes como Mamma Mia - Lá Vamos Nós de Novo! e Yesterday. 

Nancy Meyers

Filmes que vale conferir: Do Que As Mulheres Gostam, Alguém Tem Que Ceder, O Amor Não Tira Férias

Uma das cineastas mais influentes de Hollywood, principalmente no gênero da comédia romântica, Nancy Meyers começou sua carreira já quebrando paradigmas, lançando o sucesso comercial A Recruta Benjamin após diversos estúdios tendo recusado o projeto por não acreditar no potencial de um filme protagonizado somente por uma mulher. Depois de ganhar confiança da indústria com projetos bem-sucedidos como O Pai da Noiva e marcar sua estreia na direção com o remake de Operação Cupido, em 1995, foi nos anos 2000 que ela se tornou, possivelmente, o maior nome atual quando se fala em rom-coms. Dirigido por Meyers e lançado em 2000, Do Que As Mulheres Gostam se tornou o maior sucesso comercial dirigido por uma mulher até então, e Meyers passou a focar nas rom-coms com sucessos como Alguém Tem Que Ceder, O Amor Não Tira Férias e Simplesmente Complicado. Um dos aspectos mais legais de sua filmografia é seu interesse em celebrar personagens mais maduras, acima de seus 40 anos, sempre bem-sucedidas em suas carreiras e distantes do esteriótipo tradicional da mulher jovem e ingênua. 

Ao continuar navegando, declaro que estou ciente e concordo com a Política de Privacidade bem como manifesto o consentimento quanto ao fornecimento e tratamento dos dados e cookies para as finalidades ali constantes.