Timothée Chalamet em Duna

Créditos da imagem: Warner Bros./Universal Pictures/Divulgação

Filmes

Lista

Duna | Compare os personagens do filme com a versão de 1984

Primeira adaptação cinematográfica do livro foi dirigida por David Lynch

Nicolaos Garófalo
09.09.2020
16h54
Atualizada em
09.09.2020
17h06
Atualizada em 09.09.2020 às 17h06

Embora Duna tenha recebido um trailer épico digno da influente obra de Frank Herbert, o filme da Warner não é o primeiro a adaptar o livro para as telonas. Em 1984, David Lynch foi encarregado pela Universal de levar a história de Paul Atreides ao cinema e, para isso, contou com um elenco estelar, que inclui Kyle MacLachlan, Sean Young, Max von Sydow e (sim) Sting.

Mesmo que não tenha sido exatamente bem-recebido pela crítica, fãs da franquia ainda lembram com carinho desta primeira adaptação que uniu a aura mística do livro de Herbert com efeitos visuais impressionantes para a época.

Agora, Duna está prestes a chegar aos cinemas e, mais uma vez, a produção conta com um grande diretor, Denis Villeneuve, e alguns dos atores mais populares da atualidade, como Timothée Chalamet, Zendaya, Oscar Isaacs e Jason Momoa.

Abaixo, você pode comparar um por um os intérpretes dos principais personagens de ambas as versões de Duna nos cinemas.

Paul Atreides

Saído de alguns dos filmes mais aclamados dos últimos anos, Timothée Chalamet foi o escolhido por Denis Villeneuve para interpretar o jovem Paul Atreides, protagonista de Duna, para a nova versão. Com experiência de sobra em histórias de amadurecimento, o ator de 24 tem no filme o primeiro blockbuster de seu currículo.

Já em 1984, o Muad’dib foi vivido por Kyle MacLachlan. Coincidentemente, o ator também tinha 24 anos quando estrelou a primeira adaptação de Duna, que foi seu primeiro trabalho profissional em Hollywood. Anos depois, MacLachlan voltaria a trabalhar com David Lynch em Twin Peaks, série que o levou a ser reconhecido mundialmente.

Lady Jessica

Mãe de Paul, Lady Jessica tem tanto destaque quanto o filho em Duna e, por isso, Villeneuve trouxe a atriz britânica Rebecca Ferguson para viver a Bene Gesserit. Além de entregar atuações de destaque em The White Queen, a atriz tem participado de diversos filmes de destaque nos últimos anos, incluindo O Rei do Show, Florence: Quem É Essa Mulher? e, é claro, os dois filmes mais recentes da franquia Missão: Impossível.

Com uma extensa carreira iniciada nos anos 1950, Francesca Annis já acumulava três indicações e uma vitória no BAFTA quando foi escalada para viver Jessica no filme de 1984. Conhecida por Lillie e The Comedy of Errors, Annis segue em atividade, tendo atuado em Revólver, de Guy Ritchie, e na elogiada minissérie Flash and Blood.

Chani

Zendaya dispensa apresentações. Cria do Disney Channel, onde estrelou No Ritmo e Agente K.C., a atriz e cantora se tornou sinônimo de sucesso e versatilidade ao aparecer em O Rei do Show, Homem-Aranha: De Volta ao Lar e Euphoria, aclamada série da HBO. Em Duna, Zendaya viverá Chani, interesse amoroso de Paul e uma das principais guias em sua nova vida em Arrakis.

Embora não tivesse tantos sucessos quanto Zendaya ao interpretar Chani, Sean Young já tinha interpretado Rachel em Blade Runner: O Caçador de Androides antes de entrar para o elenco do Duna de Lynch. De 1984 para cá, Young integrou ainda elencos de Sem Saída, Wall Street: Poder e Cobiça e O Alienista.

Duque Leto

Se Duna é o primeiro blockbuster de Chalamet, o filme é apenas mais um título de destaque na carreira de Oscar Isaacs. Star Wars, Ex_Machina, X-Men: Apocalipse e Aniquilação são apenas alguns exemplos dos longas estrelados pelo ator, que, antes de sua escalação como o imponente Duque Leto Atreides, já foi premiado com um Globo de Ouro.

No filme de Lynch, o patriarca da Casa Atreides foi vivido por Jürgen Prochnow, então conhecido pelo clássico alemão Das Boot. Desde então, Prochnow voltou a trabalhar com Lynch em Twin Peaks: Os Últimos Dias de Laura Palmer e ainda atuou em longas como O Paciente Inglês e O Código Da Vinci.

Duncan Idaho

Conhecido como o maior lutador do universo, Duncan Idaho será vivido em 2020 por Jason Momoa. O gigantesco ator havaiano já interpretou habilidosos – e intimidadores - guerreiros no passado, tendo protagonizado Aquaman e vivido o feroz Khal Drogo em Game of Thrones.

Em 1984, Duncan era menos intimidador. No Duna de Lynch, o personagem foi vivido por Richard Jordan, na época conhecido por Operação Yakuza e Fuga no Século 23. O último papel do ator foi em 1993, ano de sua morte, em Anjos Assassinos.

Doutor Wellington Yueh

Um dos atores mais populares da China, Chen Chang será o responsável por interpretar o traiçoeiro Dr. Yueh em Duna. Além do filme de Villeneuve, o ator também é reconhecido no ocidente por filmes elogiados como O Tigre e o Dragão e A Assassina.

Sua contraparte de 1984 é Dean Stockwell, que atuou em séries como Missão: Impossível, Esquadrão Classe A e Dr. Killdare antes de aparecer como Yueh em Duna. Poucos anos depois de Duna, o ator foi indicado ao Oscar por De Caso com A Máfia.

Gurney Halleck

Mais um velho conhecido dos blockbusters, Josh Brolin está recém-saído dos sucessos Vingadores: Ultimato e Deadpool 2. Antes disso, o ator foi indicado ao Oscar por Milk e ainda apareceu em filmes como Os Goonies, Onde os Fracos Não Têm Vez e Vício Inerente. Brolin também estrelou Sicário: Terra de Ninguém, seu primeiro trabalho com o diretor Denis Villeneuve.

Reconhecido por nerds e cinéfilos em todo o mundo, sir Patrick Stewart foi quem deu vida a Gurney em 1984. Embora ainda não tivesse nenhum sucesso estrondoso à época, o ator seria catapultado ao sucesso poucos anos depois ao interpretar o capitão Jean-Luc Picard em em Jornada das Estrelas: A Nova Geração, em 1987. Desde então Stewart integrou franquias como X-Men e A Era do Gelo e voltou ao papel de Picard em um novo derivado de Star Trek.

Liet-Kynes

Indo de acordo com a visão matriarcal que Hebert colocou em Duna, Villeneuve decidiu mudar o gênero do planetólogo imperial Kynes, homem na versão original, por uma mulher. Para dar vida a essa nova encarnação do personagem, o diretor escolheu Sharon Duncan-Brewster, conhecida por Doctor Who, Rogue One e Sex Education.

Na primeira versão cinematográfica da história, no entanto, Liet-Kynes foi interpretado por Max von Sydow. Em 1984, o ator já era extremamente reconhecido e renomado, tendo aparecido em O Sétimo Selo, O Exorcista 1 e 2 e 007 – Nunca Mais Outra Vez.

Stilgar

Líder da tribo fremen que acolhe Paul, Stilgar será interpretado em 2020 por Javier Bardem. Vencedor do Oscar por Onde os Fracos Não Têm Vez, o ator espanhol não é nada estranho a arrasa-quarteirões do tamanho de Duna, já que teve papéis de destaque em Piratas do Caribe: A Vingança de Salazar e 007 – Operação Skyfall.

A versão de 1984 Everett McGill no papel do fermen. Embora sua carreira cinematográfica não tenha nenhum grande destaque além de Duna, o ator é reconhecido como o Big Ed Hurley de Twin Peaks, papel para qual retornou no revival de 2017.

Glossu Rabban Harkonnen

Dave Bautista trabalhou com Villeneuve pela primeira vez em Blade Runner: 2049, quando, além de ser reconhecido como o Drax do MCU, já era bem famoso por sua passagem pela WWE. Desde que apareceu em Guardiões da Galáxia, o ex-lutador engatou papéis em blockbusters como 007 – Contra Spetre e Vingadores: Ultimato.

Em Duna, Bautista viverá Glossu “A Besta” Rabban Harkonnen, sobrinho sádico e extremamente violento do barão Vladmir Harjonnen (Stellan Skarsgard). No filme de 1984, o personagem foi vivido por Paul L. Smith, de Popeye e A Salamandra.

Barão Vladmir Harkonnen

O grande vilão de Duna será de um velho conhecido de Hollywood: Stellan Skarsgard. O ator sueco acumula papéis em Mamma Mia!, Thor, Piratas do Caribe, Ninfomaníaca e Cinderela e agora trará sua versatilidade e carisma para o Barão Harkonnen, grande arquiteto do golpe contra a Casa Atreides. Pelo primeiro trailer revelado pela Warner, é provável que Skarsgard traga uma interpretação mais ameaçadora do que a de 1984, quando o Barão foi interpretado por Kenneth McMillan.

Na adaptação de Lynch, McMillan apareceu com diversas próteses e maquiagem pesada para aproximá-lo do Harkonnen escrito por Herbert. No entanto, a caracterização quase ocultou o ator de Dois Tiras Meio Suspeitos e A Grande Jogada, e o vilão ficou mais caricato do que aterrorizante.

Reverenda Madre

A líder do culto das Bene Gesserit tem presença marcante no trailer, mesmo sem Charlotte Rampling mostrar seu rosto na prévia. A intensidade e mistério transmitidos pela atriz condizem com sua influência na vida de Paul e sua família, já que ela tem atuação direta na criação do Muad’dib. Veterana da indústria, Rampling atuou em Foxtrot, Broadchurch, Full House e ainda foi indicada ao Oscar por 45 Anos.

Já em 1984, Siân Philips, conhecida por Fúria de Titãs e Adeus, Mr. Chips, interpretou a Reverenda Madre. Ainda em atividade, a atriz ainda apareceu em Época de Inocência e La Femme Nikita.