7 animes ideais para fãs de dorama

Créditos da imagem: Divulgação

Mangás e Animes

Lista

7 animes ideais para fãs de dorama

Quer conhecer alguns animes que têm uma carinha de dorama ou k-drama? Aqui temos algumas sugestões para você!

Omelete
1 min de leitura
Fábio Garcia
25.05.2022, às 15H35

Quem não ama uma novelinha? Nos últimos anos vimos uma explosão de produções seriadas asiáticas, como os doramas japoneses e os k-dramas feitos na Coreia do Sul, e todo mundo está fascinado com o formato. Em geral são séries curtinhas, bastante melodramáticas e com grande foco no relacionamento entre os personagens. Algumas dessas histórias inclusive foram baseadas em animes e mangás de sucesso, como é o caso de Hana Yori Dango (Boys Over Flowers), provando que é muito comum encontrarmos uma produção otaku servindo de fonte para uma novela de sucesso.

Aqui nessa lista vamos recomendar alguns animes curtinhos que têm muitas semelhanças com o “estilão dorama” de se contar uma história. E vai que damos sorte e algum produtor japonês lê essa matéria e se anima para adaptar uma dessas histórias em uma versão de carne e osso? Sonhar é de graça, então vamos à lista!

Heroines Run the Show

Divulgação/Crunchyroll

Heroines Run the Show (ou Heroine Tarumono! Kiraware Heroine to Naisho no Oshigoto no original) é uma das atrações da atual temporada de primavera no Japão e surpreende por parecer um dorama feito com personagens em 2D. A história começa quando a protagonista Hiyori Suzumi se muda para a cidade grande com o intuito de estudar em uma escola com clube de atletismo, seu sonho desde pequena. Infelizmente os boletos são impiedosos e ela precisa arranjar um emprego, e logo conquista uma vaga de assistente da famosa dupla musical Lip x Lip, composta por dois rapazes que coincidentemente estudam na mesma sala de Hiyori.

Yuujirou Someya e Aizou Shibasaki podem até trabalhar juntos no Lip x Lip, mas se odeiam e vivem se provocando. Agora sobra para a pobre Hiyori que precisa equilibrar as finanças e o desgaste emocional que é cuidar de dois rapazes muito mimados, mas que aos poucos vão mostrando seus verdadeiros sentimentos. Como dá pra ver, Heroines Run the Show tem a estrutura clássica de uma comédia romântica com pitadas de empoderamento: à medida em que a trama avança, os rapazes vão fazendo Hiyori deixar de ser uma “figurante” para se tornar a “protagonista” que merece. Fofo demais.

O anime tem previsão de durar por 12 episódios e está sendo lançado semanalmente pela Crunchyroll. Uma curiosidade é que Heroines Run the Show foi baseado em uma música chamada “Heroine Tarumono!”, que também se tornou o nome da série no original. Vale muito a pena assistir.

Orange

Reprodução

Aqui também temos animes para quem gosta daqueles doramas mais tristes, porque Orange é uma série para os fortes. A trama se inicia com a adolescente Naho Takamiya recebendo uma carta mandada... por ela mesma, no futuro. Na correspondência há um aviso para que a Naho do passado siga uma série de instruções para evitar algo terrível acontecendo dali algum tempo. O problema é que Naho acaba não cumprindo uma das primeiras instruções, e agora ela correrá contra o tempo para evitar um grande mal.

Não se assuste com essa pitada de ficção científica, essa aqui é uma série dramática sobre um grupo de amigos adolescentes e seus problemas comuns à idade. Um dos principais dramas é a respeito da própria vida amorosa da protagonista, pois ela se vê entre dois rapazes promissores: o novo aluno Kakeru Naruse e seu velho amigo Hiroto Suwa.

Orange foi um mangá de muito sucesso no Japão e ganhou um filme live-action em 2015 e uma série animada de 13 episódios em 2016, que pode ser vista na Crunchyroll com legendas ou dublagem. A versão em quadrinhos foi lançada aqui no Brasil há algum tempo pela editora JBC.

Ano Hana

Reprodução

Às vezes a gente dá de cara com algum dorama mais “sobrenatural”, e um anime que se aproxima bastante desse estilo de história é Ano Hana (uma abreviação para Ano Hi Mita Hana no Namae o Bokutachi wa Mada Shiranai… sim, tudo isso). A trama se inicia quando um grupo de amigos é abalado por uma tragédia, a morte de Meiko. Dez anos após a morte da garota, carinhosamente apelidada de Menma, seu espírito aparece para Jinta pedindo sua ajuda. Começa aqui uma história de amigos se reencontrando tempos depois para lidar com os problemas pendentes de cada um.

Mesmo com um grande elenco de personagens, afinal o grupo de amigos é composto por seis pessoas, há espaço para tudo se desenvolver com calma no decorrer dos 11 episódios do anime. O sucesso da produção ainda garantiu a produção de um mangá, que foi publicado em 3 volumes aqui no Brasil pela editora JBC.

Você pode assistir aos episódios de Ano Hana tanto na Netflix quanto na Crunchyroll, com legendas em português. E tudo nesse anime é tão moderno que você nem vai reparar que se trata de uma produção de 2011!

A Place Further than the Universe

Reprodução

Aqui temos como exemplo uma história que nunca seria adaptada para um dorama por um motivo muito simples: ela seria uma produção tão cara quanto uma temporada final de Game of Thrones! A Place Further than the Universe (Sora yori mo Toi Basho no original) conta a história de quatro amigas que realizam um sonho pra lá de inusitado: viajar para a Antártida. O anime, cientificamente muito pé no chão, explica de forma didática ao público o quão difícil é viajar para o continente mais gelado do planeta, mas com uma ajudinha do roteiro elas conseguem ir contra as expectativas e visitar geleiras nunca antes exploradas por colegiais japonesas.

Ao contrário de outros exemplos desta lista, e de muitos doramas queridos pelo público, a história não tem tantos desdobramentos melodramáticos assim, se sustentando mais no carisma das personagens e na vontade que nós espectadores temos de que elas realizem seus sonhos. As relações entre elas e seus passados também são bastante exploradas pelo anime, e facilmente você se verá conquistado por essas quatro moças em uma missão na Antártida.

O anime foi produzido pela Madhouse, que entregou uma animação linda em todos os aspectos. Os primeiros episódios até mesmo podem te fazer achar que se trata de um longa-metragem, de tão deslumbrante as movimentações. A Place Further than the Universe tem apenas 13 episódios e pode ser visto na Crunchyroll.

Dance Dance Danseur

Reprodução

Alguns doramas são focados em alguma atividade diferente em meio a muitos conflitos entre personagens, então podemos dizer que Dance Dance Danseur poderia ser uma novela japonesa sem qualquer dificuldade. Nesse anime da atual temporada o protagonista Junpei Murao tinha o sonho de estudar balé na infância, mas foi impedido pela masculinidade frágil e pela morte de seu pai. Se vendo obrigado a ser o "homem da casa", Junpei recolheu para dentro de si o sonho de ser bailarino e passou a praticar atividades mais "masculinas" (aos olhos da sociedade, claro), como futebol e luta.

Porém, num belo dia, seu talento para saltos é descoberto por sua colega de escola Miyako Godai, e ela o leva para uma escola de balé. Frente a frente com a chance de realizar seu sonho de infância, será que Junpei abandonará tudo para ir atrás do balé? Mas o conflito de Dance Dance Danseur não fica apenas nisso, porque a coisa esquenta quando é introduzido na história o Luou, o adversário de Junpei no balé. Para quem aprecia histórias com muita rivalidade em meio a algumas confusões amorosas, esse anime se torna um prato cheio.

Dance Dance Danseur é um dos destaques da temporada de primavera e tem seus episódios lançados semanalmente pela Crunchyroll. O streaming também está lançando aos poucos uma versão dublada.

Horimiya

Reprodução

Considerado uma das grandes séries de romance adolescente dos últimos anos, Horimiya merece entrar nessa lista de recomendações para fãs de doramas porque o romance de Hori e Miyamura transborda elementos de uma boa novelinha. Na história temos a adolescente Kiyoko Hori, uma garota com muitos amigos e bastante extrovertida, mas ela nunca passa muito tempo com seus amigos após a aula e volta correndo para casa.

O mistério é revelado para a gente logo de cara: na verdade ela precisa cuidar de seu irmão menor, e Kiyoko passa parte do dia cuidando da casa. Esse seu “segredinho” acaba sendo descoberto por Izumi Miyamura, um cabeludo misterioso de sua sala de aula, e aí nasce um sentimento. Os dois percebem que têm muito em comum, como esse negócio de fingir na escola algo que não são de verdade, e aí durante o anime nós acompanhamos o relacionamento desses dois fofos.

O anime tem apenas 13 episódios e tem todos os elementos que fãs de histórias de amor gostam, como conflitos, um elenco carismático de personagens secundários e muitas situações para ficar admirando esse belo casal. Dá para assistir tudo na Crunchyroll, tanto com legenda quanto com dublagem, e o mangá é lançado no Brasil pela Panini.

Your Lie in April

Reprodução

Aqui vamos precisar abrir uma exceção, pois Your Lie in April (ou Shigatsu wa Kimi no Uso para os íntimos) é um pouco mais longo do que outros animes desta lista, tendo 22 episódios. Mesmo assim, aqui tem uma história que não deve a qualquer dorama: Kousei Arima sempre foi aficionado por piano desde a infância, mas era visto pelos demais como alguém "frio". Além disso, após um trauma causado pela morte de sua mãe, ele parou de ouvir a própria música, deixando seu mundo um pouco mais triste e sem cor.

É aí que entra Kaori Miyazono, uma adolescente violinista que se aproxima de Kousei e o ajuda a enfrentar seus problemas. A relação dos dois é bem interessante, até porque Kaori também tem um problema de saúde que faz com o público do anime fique bastante aflito em vários momentos. Como se pode ver, Your Lie in April é um anime de fortes emoções e que deve arrancar algumas lágrimas de quem for assistir.

Embora Your Lie in April seja originalmente um mangá, a adaptação audiovisual tem um “tchan” a mais por poder incluir algo ausente na versão em quadrinhos: a música. Se quiser se aventurar por essa história, separe uns lencinhos de papel e vá ver os episódios na Crunchyroll.

Conteúdo Patrocinado

Ao continuar navegando, declaro que estou ciente e concordo com a Política de Privacidade bem como manifesto o consentimento quanto ao fornecimento e tratamento dos dados e cookies para as finalidades ali constantes.