16 animes para ficar de olho na temporada de outono 2021

Créditos da imagem: Divulgação

Mangás e Animes

Lista

16 animes para ficar de olho na temporada de outono 2021

Platinum End, Sakugan, Komi-san Can’t Communicate e mais animes que devem ser sucesso na próxima temporada do Japão

Fábio Garcia
13.10.2021
16h54
Atualizada em
13.10.2021
17h17
Atualizada em 13.10.2021 às 17h17

Neste mês de outubro começou a temporada de outono 2021 para os animes, e muitas novas séries estão chegando para alegrar os otakus. Como o volume de estreias é muito grande, fizemos um apanhado de 16 animes que merecem a sua atenção nesses próximos meses, todos disponíveis oficialmente em algum serviço de streaming como Crunchyroll, Funimation ou Netflix.

Vale lembrar que a matéria ignora propositalmente animes que continuaram da temporada passada, como The Aquatope on White Sand, assim como novas temporadas de séries conhecidas, como Demon Slayer - Kimetsu no Yaiba (que no momento está exibindo uma reedição do filme). Digimon Ghost Game também ficou de fora por ser um anime que vai durar um ano inteiro, e não só uma temporada, mas ainda vamos falar mais dele por aqui no futuro.

Depois das explicações, vamos à lista das estreias?

Selection Project

Está rolando a sétima edição do Selection Project, uma espécie de reality show fictício em que várias garotas competem para ver quem será a nova idol do Japão. A protagonista é Suzune Miyama, que durante a infância tinha uma saúde frágil e agora dará tudo de si para ser a escolhida para representar a região norte de Kanto. Infelizmente, a jornada não começa muito bem e ela tomba no meio das seletivas.

Não é todo dia que temos um anime simulando um reality show, e Selection Project tem toda a estrutura de uma competição musical ao estilo Popstar ou The Voice Brasil. Inclusive ele será um também reality de confinamento, pois todas as candidatas a idol viverão em uma mesma casa repleta de câmeras. Mesmo sem pay-per-view para a gente, Selection Project começou muito bem.

Selection Project é disponibilizado oficialmente no Brasil pela Funimation.

Sakugan

Um dos mais promissores animes da nova temporada apresenta uma aventura entre pai e filha rumo ao desconhecido. Sakugan se passa em uma realidade alternativa na qual a humanidade vive em colônias subterrâneas, e cabe aos mapeadores a tarefa de explorar os arredores com a ajuda de veículos motorizados. Após alguns acontecimentos (e algumas tragédias também), Memempu e seu pai Gagumber vão encarar uma viagem juntos para encontrar uma paisagem que apareceu nos sonhos da garota.

Aqui temos o famoso exemplo de um anime que consegue ser excepcional em tudo o que se propõe: a animação é belíssima, os personagens são muito ricos e a história é capaz de criar um forte laço com o espectador em poucos minutos. Ao final do primeiro episódio você já está de olhos marejados e torcendo por aquelas pessoas que acabou de conhecer. Um dos destaques da temporada, com certeza.

Sakugan é disponibilizado oficialmente no Brasil pela Crunchyroll.

Mieruko-chan

Miko é uma estudante japonesa tradicional, que precisa ir à escola, conversar com suas amigas no Whatsapp e tudo mais. Ah, quase esqueci, ela também tem o poder especial de ver assombrações. Como Miko não quer lidar com isso, a jovem se vê obrigada a ignorar todas as criaturas macabras, o que acaba irritando os seres do além e causando algumas situações cômicas.

Embora seja classificado como anime de humor e terror ao mesmo tempo, Mieruko-chan não parece conquistar nenhum dos dois lados totalmente. Para piorar a situação, a direção do anime adicionou muitas cenas de ecchi (closes gratuitos em partes femininas) ausentes no mangá original.

Mieruko-chan é disponibilizado oficialmente no Brasil pela Funimation.

Irina: The Vampire Cosmonaut (Tsuki to Laika to Nosferatu)

Esse anime é ambientado em meio a uma corrida espacial promovida por duas nações rivais, a UZRS e o Reino Unido (qualquer semelhança com a URSS e os EUA é mera coincidência, tá?). Após enviar a cachorrinha Maly como cobaia ao espaço, algo que levou ao final da vida do mascote, a UZRS agora planeja realizar mais um teste antes de mandar um ser humano ao espaço. A cobaia da vez, cujo objetivo é avaliar as condições da viagem ao espaço, será a vampira Irina. Ao lado do oficial Lev, ela passará por todas as etapas do treinamento de cosmonauta e descobrirá mais sobre os humanos.

A premissa inusitada esconde um anime muito interessante. Irina: The Vampire Cosmonaut mostra uma ambientação que não vemos todos os dias em animações japonesas e traz reflexões muito pertinentes. Os vampiros nesse mundo têm a mesma fama que conhecemos (chupam sangue, odeiam alho etc…), porém tudo isso foi invenção das pessoas para “tirar a humanidade” dessas criaturas que são mais semelhantes a nós do que imaginamos. A cada episódio vamos vendo como Lev descobre essas características e se aproxima de Irina, que odeia humanos.

Irina: The Vampire Cosmonaut é disponibilizado oficialmente no Brasil pela Funimation.

takt op.Destiny

Que tal uma história misturando road trip, combates físicos e música? takt op.Destiny revela que nosso mundo foi assolado por criaturas chamadas D2, seres bastante afetados pela música. Por causa disso, a civilização optou por proibir qualquer canção com o intuito de não atrair esses monstros. O protagonista da vez é um maestro chamado Takt Asahina que, com sua batuta mágica, consegue auxiliar as lutas de Destiny/Cosette, uma "musicart".

Essa série nasceu de um projeto multimídia criado em conjunto pela Bandai Namco Arts e pela DeNA, responsável pelos jogos de celular da Nintendo e várias outras franquias. Além disso, takt op.Destiny conta com dois estúdios muito aclamados cuidando da animação, o MAPPA (Jujutsu Kaisen) e Madhouse (One-Punch Man). Como a mistura desses gigantes da animação já indica, a animação de takt op.Destiny é deslumbrante, e ganha um toque especial com uma ambientação diferente do habitual em animes. Vale conferir.

takt.op Destiny é disponibilizado oficialmente no Brasil pela Crunchyroll.

The Vampire Dies in no Time (Kyuuketsuki Sugu Shinu)

Ronaldo (sim, ele tem esse nome mesmo) é um caçador de vampiros que aceita uma missão para resgatar uma criança desaparecida no castelo do perigoso vampiro Draluc. Chegando lá era tudo uma fraude: o garoto estava lá usando os videogames do dono do castelo e Draluc na verdade é um vampiro fraco, que sempre ressuscita após morrer por qualquer coisinha (de tapas a gritos). Por um acaso do destino, Draluc começa a trabalhar como assistente de Ronaldo nessa jornada para eliminar os vampiros do mundo.

The Vampire Dies in no Time é um anime de comédia com um timing cômico muito bom. A química entre Ronaldo e Draluc rende sempre boas risadas, e as missões encaradas pelos dois são repletas de personagens longe do senso-comum. O adversário do segundo episódio, por exemplo, é um vampiro que controla plantas maléficas que nascem… bem… de seu órgão sexual.

The Vampire Dies in no Time é disponibilizado oficialmente no Brasil pela Funimation.

Platinum End

Platinum End é uma série dos mesmos criadores de Death Note, e a própria sinopse já entrega semelhanças com a história de Light Yagami. O protagonista da vez é Mirai, um adolescente que decide tirar a própria vida. Quando estava prestes a saltar de um prédio, Mirai é salvo por um anjo que lhe oferece poderes especiais, e agora o adolescente consegue voar e usar flechas mágicas para controlar (e até matar) seus desafetos. Como nada vem de graça, Mirai também descobre que fará parte de uma competição entre pessoas que desejam ser o novo Deus.

A série teve 14 volumes de mangá e autores famosos, mas não foi o bastante para ter uma recepção calorosa por parte dos fãs: na realidade, Platinum End é considerado o ponto fora da curva no currículo da dupla Tsugumi Ohba e Takeshi Obata. Talvez para evitar essa rejeição inicial, os responsáveis pelo estúdio Signal.MD tomaram algumas liberdades no character design e na narrativa para tentar emplacar Platinum End no gosto popular. O desafio agora será reverter a péssima recepção que o último capítulo da versão em quadrinhos teve com seu público de leitores.

Platinum End é disponibilizado oficialmente no Brasil pela Crunchyroll e pela Funimation.

The Fruit of Evolution (Shinka no Mi ~Shiranai Uchi ni Kachigumi Jinsei)

Dono de um dos pôsteres mais inusitados da temporada, afinal não é todo dia que vemos uma gorila cor-de-rosa se transformando em uma mulher, The Fruit of Evolution é mais uma história isekai na qual pessoas são transportadas para um mundo com elementos de RPGs eletrônicos. O protagonista é Seiichi, um rapaz que sofre bullying por ser feio, acima do peso e cheirar mal. Nesse outro mundo ele ganha um poder de vantagem em comparação a seus colegas de classe, e entra em contato com um fruto que o permite aumentar suas forças mais rapidamente.

Embora seja considerado um título importante da atual temporada, The Fruit of Evolution é um anime que tem muitos desafios pela frente: a história é contada de uma forma pouco clara (você mal entende qual é o poder do protagonista no primeiro episódio), Seichii é alguém bem pouco gostável e a animação, produzida pelo pouco experiente estúdio Hotline, até o momento se mostrou bastante mediana.

The Fruit of Evolution é disponibilizado oficialmente no Brasil pela Crunchyroll.

AMAIM Warrior at the Borderline (Kyōkai Senki)

Em uma realidade alternativa, o Japão sofreu uma grande crise causada pela queda na taxa de natalidade e outras mazelas econômicas. Para resolver essa situação alarmante, países estrangeiros invadiram o Japão e começaram uma disputa por território dentro do país. Anos depois, o protagonista Amo Shiiba encontra uma inteligência artificial fofinha que o auxilia a pilotar um AMAIM, robô gigante usado pelos países no conflito interno anos antes.

A Sunrise é o estúdio japonês responsável pelos animes da franquia Gundam, então houve muita expectativa quando divulgaram o lançamento de um anime original com mechas. Sob esse aspecto AMAIM não decepciona, pois a animação é boa, a história tem pinceladas políticas ao estilo Gundam e o anime conta com um detalhe adorado por 9 entre 10 fãs do gênero: todas as máquinas pilotadas pelos protagonistas são desenhadas em 2D, sem uso de computação gráfica.

AMAIM Warrior at the Borderline é disponibilizado oficialmente no Brasil pela Funimation.

Taisho Otome Fairy Tale (Taishō Otome Otogi Banashi)

Ambientado em 1921, o anime mostra a vida de Tamahiko Shima. O rapaz, herdeiro de uma família rica, sofreu um acidente que levou não só sua mãe, como também a movimentação de seu braço dominante, o direito. Agora considerado a "vergonha" da família, seu pai o manda para um exílio e o destina a viver numa casa isolada de todos. O patriarca também compra Yuzuki, filha de um homem que lhe devia dinheiro, e manda a garota para noivar com Tamahiko. Convivendo juntos, Yuzuki vai consertando o coração triste de Tamahiko e os dois vão se apaixonando.

Baseado em um mangá publicado na Jump Square, Taisho Otome Fairy Tale é uma história delicada e otimista que traz como protagonista um tipo que pouco vemos em animes: alguém com alguma deficiência física. Com uma construção de romance bem calma e fofa, esse anime se revelou como um dos destaques positivos da temporada.

Taisho Otome Fairy Tale é disponibilizado oficialmente no Brasil pela Funimation.

Blue Period

Yatora Yaguchi é um estudante comum que não sabe muito bem o que quer do futuro. Sua única certeza é o desejo de um emprego seguro, sem muitos riscos. No entanto, sua vida muda ao descobrir que ele tem um dom artístico muito apurado para pinturas, e Yatora decide se esforçar para conseguir entrar em uma das poucas vagas na faculdade pública de artes.

Embora seja um "drama mais artístico", Blue Period retrata os dramas de uma forma mais acessível e menos abstrata. No geral, é uma ótima história sobre pessoas se descobrindo antes de chegar à fase adulta. Aliás, o "Blue Period/Período Azul" do título do anime é o nome usado para definir os trabalhos de Pablo Picasso entre 1901 e 1904, pois ele costumava pintar usando várias gradações diferentes de azul.

Blue Period é disponibilizado oficialmente no Brasil pela Netflix.

Komi-san Can't Communicate (Komi-san wa, Communication Shougai desu)

Nessa inusitada comédia romântica, Komi é uma das garotas mais lindas do colégio, mas tem um segredo: ela sofre de um grave distúrbio de comunicação, e é incapaz de manter um diálogo com qualquer pessoa. Seu colega de classe Tadano descobre essa característica e passa a ajudá-la a realizar seu maior sonho: ter 100 amigos.

Já fizemos uma matéria detalhada aqui no Omelete contando sobre o anime da Komi-san (você pode conferir aqui), e logo mais ele chegará à Netflix. Ao lado de Blue Period, Komi-san Can't Communicate faz parte de um novo teste do serviço de streaming: em vez de lançar tudo de uma vez, agora a Netflix trará semanalmente os episódios próximo à data de lançamento no Japão.

Komi-san Can’t Communicate é disponibilizado oficialmente no Brasil pela Netflix.

The World's Finest Assassin Gets Reincarnated in Another World as an Aristocrat (Sekai Saikō no Ansatsusha, Isekai Kizoku ni Tensei suru)

Por trás deste título imenso se esconde mais um anime isekai, com alguém sendo mandado para outro um mundo com elementos mágicos. O protagonista da vez é um senhor considerado o maior assassino do mundo, com muito conhecimento sobre armas, trajetórias de tiros além de contar com a principal característica da profissão: ele não confia em ninguém. O matador sofre um acidente quando estava prestes a se aposentar e ganha uma oportunidade vinda de uma criatura divina: ele poderá ressuscitar em um novo mundo com suas memórias intactas, mas terá como missão assassinar o lendário herói dessa realidade.

Se você reparar, isekais costumam não dar muito foco à vida pregressa dos protagonistas, até para facilitar a identificação com o espectador. Este anime de nome comprido, no entanto, opta por dedicar um episódio inteiro para conhecermos as habilidades e a personalidade do protagonista, antes que possamos conhecer sua nova identidade em um mundo mágico com garotas bonitinhas. A história é contada de maneira empolgante e a animação segue o padrão de outros animes do estúdio Silver Link, como The Dungeon of Black Company e o amado My Next Life as a Villainess. É quase como se o estúdio fosse especializado em isekai, o que conta pontos para um anime do gênero.

The World's Finest Assassin Gets Reincarnated in Another World as an Aristocrat é disponibilizado oficialmente no Brasil pela Crunchyroll.

My Senpai is Annoying (Senpai ga Urusai Kouhai no Hanashi)

Essa é pra quem erroneamente pensa que o Japão só faz comédia romântica ambientada em escola. Em My Senpai is Annoying, a protagonista Igarashi é uma funcionária muito esforçada de uma empresa, mas ela chama a atenção por ser muito baixinha. No trabalho Igarashi vive sendo provocada por seu "senpai", o veterano (e gigante) Takeda, e aos poucos vamos vendo nascer um sentimento entre esses dois trabalhadores com alturas tão distintas.

A graça de My Senpai is Annoying é ser uma “comédia de firma” que mostra os conflitos da vida adulta, então veremos a protagonista fazendo orçamento, planejando reuniões, fazendo hora extra e edificando com os amigos na hora do cafezinho. Vale destacar que a protagonista, embora tenha uma aparência de adolescente, em momento algum é sexualizada como seria em outros animes do gênero. Esse é pra ver, se identificar/lamentar com as situações profissionais e torcer pelo casal.

My Senpai is Annoying é disponibilizado oficialmente no Brasil pela Funimation.

Ranking of Kings (Ousama Ranking)

E chegando um pouco mais tarde na temporada temos Ranking of Kings, um anime que chama a atenção com um visual impressionante e cenas de ação muito bem animadas. A história mostra Boiji, um principezinho surdo considerado muito fraco pelos súditos. O garoto tem o sonho de se tornar o próximo rei, então sai em uma jornada com uma sombra chamada Kage para se aventurar pelo mundo.

Ranking of Kings é uma das promessas da temporada por ter um staff bem curioso. A animação foi feita pelo Wit Studio (Attack on Titan), Atruko Nozaki (Tokyo Magnitude 8.0) assina o character design e no campo dos atores de voz temos Ayumu Murase (o Hinata de Haikyuu) como a voz do personagem Kage. Recomendo assistir ao trailer para sentir o quão especial é esse anime.

Ranking of Kings é disponibilizado oficialmente no Brasil pela Funimation.

Rumble Garanndoll (Gyakuten Sekai no Denchi Shoujo)

Nesse anime original, o protagonista Hosomichi vive em um Japão alternativo que foi dominado... pelo próprio Japão da era Showa. O nosso herói então pilotará um robô de médio-porte (bem menores que os "robôs gigantes" de outros animes) com uma inteligência artificial energizada pelo... poder da “empolgação otakinha” e da paixão.

Produção do estúdio Lerche, Rumble Garanndoll se mostra uma alternativa interessante para quem curte o gênero mecha. Um dos destaques, além do bom design dos robôs, é no quesito animação: embora as vestimentas de guerra sejam feitas em 3D, o estilo artístico usado faz com que elas pareçam em animação tradicional. Vale a pena dar uma conferida.

Rumble Garanndoll é disponibilizado oficialmente no Brasil pela Funimation.

Ao continuar navegando, declaro que estou ciente e concordo com a Política de Privacidade bem como manifesto o consentimento quanto ao fornecimento e tratamento dos dados para as finalidades ali constantes.