The Boys

Créditos da imagem: Amazon Prime Video/Divulgação

Amazon Prime Video

Artigo

The Boys | O que a escolha da música final pode significar para Hughie

Seguindo a sequência de hits de Billy Joel, último episódio da temporada tocou "Only The Good Die Young" 

Julia Sabbaga
09.10.2020
09h54
Atualizada em
09.10.2020
12h54
Atualizada em 09.10.2020 às 12h54

[Cuidado com spoilers de The Boys!]

Não é novidade que The Boys gosta de usar faixas emblemáticas de Billy Joel para acompanhar a jornada de Hughie (Jack Quaid). A segunda temporada, que tratou isso de modo ainda mais evidente, intensificou isso desde seu início. Até o último episódio do 2º ano, ouvimos "We Didn't Start The Fire", "Pressure" e "You're Only Human (Second Wind)", faixas cujo significado foi analisado em um artigo sobre a importância de Billy Joel para o personagem. 

Mas o último episódio da temporada, intitulado "What I Know", usou uma música peculiar sem realmente se aprofundar no seu significado. "Only The Good Die Young", presente no álbum de 1977, The Stranger, tocou no carro uma vez, quando Starlight e Hughie falam sobre o cantor, mas retornou à trilha na última cena da temporada, quando Hughie entra no escritório da personagem Victoria Neuman. 
 
"Only the Good Die Young" é escrita da perspectiva de um jovem rebelde que pretende seduzir uma garota religiosa - uma letra que poderia ser inserida, também apropriadamente, em qualquer momento da história de Hughie, muito por sua relação com Starlight. Mas quando ela toca no fim do capítulo, ela tem um significado maior. 
 
Hughie vai atrás da congressista como parte de uma jornada de se tornar uma pessoa melhor, e viver uma vida menos arriscada, menos fora da lei, do que viveu com os Boys nos últimos anos. Como Hughie diz para Neuman ao encontrá-la, "eu quero lutar contra a Vought, mas do jeito certo, não coberto de sangue". É aí que "Only The Good Die Young" começa a tocar. O que Hughie não sabe é que Neuman não é o que parece.
 
Por isso, uma música sobre como "só os bons morrem jovens" (título traduzido livremente), pode refletir exatamente o risco por trás da escolha de Hughie de se tornar uma pessoa melhor. Sem o conhecimento de que está se associando com a agora-revelada vilã, Hughie pode ter tido boas intenções, mas seu futuro está em risco. 
 
 
Assista no Prime Video

Ao continuar navegando, declaro que estou ciente e concordo com a Política de Privacidade bem como manifesto o consentimento quanto ao fornecimento e tratamento dos dados para as finalidades ali constantes.