Columbia Pictures/Divulgação

Créditos da imagem: Columbia Pictures/Divulgação

Filmes

Notícia

007: Cassino Royale | Mads Mikkelsen não foi a primeira opção para viver vilão

Diretora de elenco queria um ator francês para interpretar o personagem; Mikkelsen é dinamarquês

Flávio Pinto
17.09.2021
16h26
Atualizada em
17.09.2021
16h48
Atualizada em 17.09.2021 às 16h48

A diretora de elenco de 007 - Sem Tempo Para Morrer, Debbie McWilliams, revelou uma informação interessante sobre a época em que estava escalando os atores para o filme Cassino Royale. Durante uma entrevista para Entertainment Weekly, McWilliams contou que Mads Mikkelsen (Druk - Mais Uma Rodada) não era sua escolha original para interpretar o vilão do filme.

Mads Mikkelsen não estava em [Casino Royale] até que a pessoa que queríamos originalmente não foi. Havia muito em mente um ator que eu queria muito, mas no final, o estúdio não queria. Tendo lutado a batalha por Daniel [Craig], Bárbara sentiu que não poderia ir mais longe”, ela disse. 

Embora McWilliams não tenha declarado quem foi a sua escolha original, ela deixa transparecer que foi um ator francês, algo que era importante considerando o nome e a herança do personagem. Embora ela fosse fã de Mikkelsen, McWilliams não achava que o ator fosse ideal para o papel por conta de sua nacionalidade. 

Eu já acompanhava Mads Mikkelsen há um bom tempo e o vi em alguns filmes dinamarqueses. Fiquei realmente impressionado com sua versatilidade. Estava de olho nele, embora, na minha opinião, ele não estivesse totalmente certo para o papel porque La Chiffre -  com seu próprio nome deixa claro - era para ser francês, mas como nosso ator francês não foi escalado, e estávamos em Praga na mesma época em que, coincidentemente, Mads Mikkelsen também, eu o agarrei e o coloquei dentro. Essa foi uma situação um pouco estranha. Mas são sempre situações bastante estranhas.

Muita pressão pairava sobre o filme de Bond de 2006 após a finalizada da era com Pierce Brosnan. McWilliams é diretora de elenco dos filmes da franquia desde os anos 1980, começando por 007 - Somente Para Seus Olhos, de 1981.

Quanto ao novo filme, recentemente, foi divulgado que 007 - Sem Tempo Para Morrer terá 163 minutos (ou 2h43) de duração, tornando-se o filme mais longo da história da franquia James Bond, superando o predecessor 007 Contra Spectre, que teve 148 minutos (2h28) de duração.

No início de Sem Tempo Para Morrer, James Bond (Daniel Craig) está aposentado da vida de agente, mas sua paz é interrompida quando o velho amigo Felix Leiter (Jeffrey Wright), que trabalha na CIA, pede sua ajuda, o que coloca Bond na trilha de um novo vilão armado com uma perigosa tecnologia.

Voltam ainda ao elenco Léa Seydoux como Madeleine, Ralph Fiennes como M, Christoph Waltz como Blofeld e Ben Whishaw como Q.

O longa é dirigido por Cary Joji Fukunagae a previsão de estreia no Brasil é em 30 de setembro.

Omelete agora tem um canal no Telegram! Participe para receber e debater as principais notícias da cultura pop (t.me/omelete).

Ao continuar navegando, declaro que estou ciente e concordo com a Política de Privacidade bem como manifesto o consentimento quanto ao fornecimento e tratamento dos dados para as finalidades ali constantes.