Virada Cultural de São Paulo é adiada para setembro por causa do coronavírus

Créditos da imagem: Virada Cultural/Divulgação

Música

Notícia

Virada Cultural de São Paulo é adiada para setembro por causa do coronavírus

Prefeito paulistano Bruno Covas confirmou mudança de data do evento nesta terça-feira (17)

Nicolaos Garófalo
17.03.2020
23h07
Atualizada em
24.03.2020
10h16
Atualizada em 24.03.2020 às 10h16

Após atrair cerca de 5 milhões de pessoas em 2019, a Virada Cultural de São Paulo de 2020 foi oficialmente adiada de maio para setembro por causa da pandemia do coronavírus. A informação foi anunciada pelo prefeito paulistano Bruno Covas no Diário Oficial do município (via UOL).

Além do adiamento da Virada, foi confirmado também o fechamento de todos os teatros, museus e outros centros culturais de administração municipal que possam causar a aglomeração de pessoas. A medida ainda decretou a suspensão de diversas permissões de filmagens e gravações pela cidade de São Paulo.

Em outro item que diz respeito a centros culturais administrados por órgãos municipais, fica previsto que, em casos emergenciais, os locais poderão ser usados para atendimentos de saúde.

Efeito Coronavírus na cultura pop

O COVID-19 é uma nova mutação da família coronavírus que está se espalhando em ritmo alarmante desde dezembro de 2019. A China foi o primeiro país vítima da epidemia, com infecções e mortes confirmadas em todas as suas províncias. Desde então, a presença do vírus foi confirmada em quatro continentes - incluindo a América do Sul, com casos no Brasil, Argentina e Chile.

Filmes como 007 - Sem Tempo Para MorrerVelozes e Furiosos 9Um Lugar Silencioso 2MulanNovos Mutantes entre outros, tiveram suas estreias adiadas por causa da pandemia. Entre 13 e 15 de março, os Estados Unidos registraram sua pior arrecadação em 20 anos nas bilheterias.