Um Lugar Silencioso 2 | John Krasinski explica origem dos monstros da franquia

Créditos da imagem: Paramount Pictures/Divulgação

Filmes

Notícia

Um Lugar Silencioso 2 | John Krasinski explica origem dos monstros da franquia

Diretor e co-roteirista, astro de The Office oferece insights do desenvolvimento das criaturas

Eduardo Pereira
01.06.2021
16h30

Um dos maiores trunfos de Um Lugar Silencioso, que parece se repetir em Um Lugar Silencioso 2, é a capacidade de contar uma história omitindo informações do público que aumentam a sensação de terror gerada pelo filme. Mas esses segredos encontram fim em John Krasinski, o homem por trás das câmeras e do universo da franquia, que resolveu revelar mais sobre os monstros que nela habitam ao podcast da Empire.

Primeiro de tudo: as criaturas que não enxergam, mas são dotadas de uma audição descomunal são, de fato, alienígenas. "Eles são de outro planeta", explica Krasinski. "Onde eu desenvolvi a ideia deles e de como eu queria que eles fossem foi na contraposição à maioria dos filmes de aliens, que sempre são sobre invasões, planos, como criaturas pensantes, e para mim a ideia de um predador, um parasita, algo introduzido no meio-ambiente [era interessante]".

Para a concepção das criaturas, Krasinski teve de imaginar como seria o planeta de onde elas vieram, desencadeando processos evolutivos que levaram os monstros a serem como são. "A ideia é que se elas cresceram em um planeta sem humanos e sem luz, elas não precisam de olhos, mas podem caçar pelo som. Elas também desenvolveram uma forma de proteção, que é o motivo pelo qual são à prova de balas", diz.

Para concluir, o diretor ainda deu uma palhinha de como imagina que os seres chegaram à Terra, já que dificilmente seriam capazes de pilotar uma nave espacial. "[A armadura] é também como eles sobreviveram à explosão do planeta-natal e então sobreviveram em meteoritos, porque eles evoluíram para serem impenetráveis. Até que eles se abram e se exponham, eles são totalmente invulneráveis".

Em Um Lugar Silencioso 2, John Krasinski retorna como diretor e roteirista. Emily Blunt, Noah Jupe e Millicent Simmonds estão de volta ao elenco, que terá também Cillian Murphy (Peaky Blinders) e Djimon Hounsou (Os Guardiões da Galáxia).

No primeiro longa, uma família tenta se manter em total silêncio para sobreviver à ameaça que ronda a sua casa e que pode atacá-los ao menor sinal de barulho. A produção arrecadou US$ 340 milhões na bilheteria para um orçamento estimado em US$ 17 milhões. A sequência já repete os passos de sucesso, com uma estreia de peso na bilheteria dos EUA.

Ao continuar navegando, declaro que estou ciente e concordo com a Política de Privacidade bem como manifesto o consentimento quanto ao fornecimento e tratamento dos dados para as finalidades ali constantes.