Anya Chalotra para a Artists Partnership; Millie Brady em The Last Kingdom

Créditos da imagem: Anya Chalotra/The Artists Partnership/Wolf Marloh/Reprodução;Millie Brady/The Last Kingdom/Divulgação

Séries e TV

Notícia

The Witcher | Rumor diz que atrizes de Yennefer e Renfri foram escolhidas

Anya Chalotra pode viver a feiticeira de Vengerberg, enquanto Millie Brady pode ser a garota de "O Mal Menor"

Arthur Eloi
08.10.2018
19h10

O elenco da série de TV de The Witcher continua um mistério, mas novos rumores apontam que alguns papéis podem ter sido preenchidos.

As informações são de procedência duvidosa: o site Recapped, que se especializa em... fazer acompanhamento de cenas de nudez em filmes e séries, afirma que as atrizes Anya Chalotra e Millie Brady se juntaram ao elenco como Yennefer de Vengerberg e Renfri, respectivamente. É claro que tratam-se apenas de rumores com pouca base, mas que ganharam força entre a comunidade considerando que o site anteriormente acertou a escolha de Henry Cavill como Geralt de Rivia - e que também é possível notar vários membros da produção seguido as atrizes nas redes sociais.

Interesse romântico de Geralt, Yennefer é uma das protagonistas da obra de Andrzej Sapkowski. Feiticeira destemida, teimosa e carinhosa, ela é capaz de enfrentar o mundo para proteger o bruxo e Ciri. Algumas páginas do seu roteiro-teste já foram divulgadas - você pode lê-las traduzidas aqui.

Chalotra, supostamente escolhida para o papel, é uma atriz britânica com poucos trabalhos em seu currículo: ela viveu Jennifer Ashman na minissérie Wanderlust, protagonizada por Toni Collette (Hereditário), e também atuou ao lado de John Malkovich e Rupert Grint (Harry Potter) em The ABC Murders, minissérie da BBC que adapta a obra de Agatha Christie. Além disso, Chalotra tem vasta experiência com teatro inglês, com "Muito Barulho por Nada" no teatro Shakespeare's Globe, de Londres.

Já Refri participa do conto "O Mau Menor", da coletânea O Último Desejo. A sangrenta trama explica o código ético de Geralt e conta como o bruxo ganhou o apelido de Carniceiro de Blaviken. Espécie de versão sombria da Branca de Neve, a garota é uma princesa forçada a encarrar um mundo perigoso que lhe deixa cicatrizes profundas. Anteriormente, listamos o conto com um dos perfeitos para serem adaptados para as telas - veja a lista completa aqui.

Brady, supostamente cotada para o papel, pode ser vista em uma série de obras medievais e de época: ela viveu Catia no recente Rei Arthur: A Lenda da Espada (2017), Aethelflaed em The Last Kingdom e Mary Bennet em Orgulho, Preconceito e Zumbis (2016).

Novamente, vale ressaltar que nenhuma das escolhas foi confirmada pela Netflix. Fique de olho no Omelete para novidades sobre a série de TV de The Witcher.

Henry Cavill (Homem de AçoMissão Impossível: Efeito Fallout) é o único confirmado no elenco até o momento, e viverá o protagonista Geralt de Rivia. Anteriormente, Cavill brincou com a ideia de viver Geralt por ser um grande fã dos livros e dos jogos da CD Projekt RED:  "Seria um papel incrível. Os livros são excelentes, muito bons mesmo. Comecei a lê-los e definitivamente valem o seu tempo", falou sobre a obra de Andrzej Sapkowski que servirá como base do seriado. Motivado pela declaração, o artista BossLogic preparou uma imagem de como seria o ator no papel do matador de monstros - veja aqui.

Segundo a showrunner Lauren S. Hissrich, a escolha aconteceu há meses: "Ele foi minha primeira escolha. Não tinha equipe de roteiristas e nem roteiros ainda - apenas a aprovação da Netflix e muita paixão. Isso foi há quatro meses, e nunca esqueci o carinho que ele trouxe. Ele É Geralt, sempre foi. Estou muito orgulhosa em receber Henry Cavill à família The Witcher", disse a produtora no Twitter.

A sinopse oficial da série de TV diz: "O bruxo Geralt, um mutante caçador de monstros, luta para encontrar seu lugar em um mundo onde as pessoas provam com frequência serem mais perversas que as bestas." O programa contará com oito episódios, gravados no leste e centro da Europa - principalmente na Polônia, país de origem da franquia.

A série terá produção executiva de Sean Daniel (Ben-Hur, A Múmia) e Jason Brown (The Expanse), com a produtora de efeitos especiais polonesa Platige Image, encabeçada por Tomek Baginski (A Catedral) e Jarek Sawko (The Fallen Art). Baginski dirigirá pelo menos um episódio de cada temporada.

Na Polônia, país de origem, os contos individuais escritos por Andrzej Sapkowski deram origem à uma saga de livros e série de TV, mas só ganhou fama internacional após o lançamento do game The Witcher, em 2007. É importante ressaltar que o seriado da Netflix não será baseado nos games da CD Projekt RED - saiba mais.