Greve dos atores: Sean Gunn diz que recebe por exibições de Gilmore Girls

Séries e TV

Notícia

Greve dos atores: Sean Gunn diz que recebe por exibições de Gilmore Girls

Ator explica uma das maiores questões da greve em Hollywood - ganhos residuais por exibições em streaming

Omelete
3 min de leitura
15.07.2023, às 12H34.
Atualizada em 15.07.2023, ÀS 13H24

Muito antes de se tornar Kraglin no Universo Cinematográfico da Marvel, Sean Gunn era conhecido por seu papel de Kirk em Gilmore Girls. Por mais que fosse coadjuvante, Gunn sempre teve presença constante e recorrente na série, aparecendo inclusive no revival da Netflix, anos depois. 

Em entrevista durante a greve dos atores, Gunn usou seu trabalho na série como exemplo de uma das maiores questões que envolve a paralisação de Hollywood atualmente. Desde que séries e filmes foram levados ao streaming, talentos envolvidos na produção - tanto nos bastidores, como roteiristas, até os atores na frente das câmeras - não recebem um ganho considerado justo por sua participação [via THR]. 

"Eu estive em uma série de televisão chamada Gilmore Girls por muito tempo, e ela rendeu lucros massivos para a Netflix", explicou o ator. "Tem sido uma das séries mais populares na plataforma por muito tempo, mais de uma década. Ela é assistida repetidas vezes e eu não vejo quase nada de ganho por isso".

Gunn cita a Netflix - já que a série é exibida na plataforma nos EUA - mas os ganhos residuais pelos quais ele pede direito seriam provenientes da Warner Bros Discovery, dona do material. A questão decorre principalmente do fato de que Gunn e seus colegas de elenco recebem a mesma quantia em residuais independentemente do sucesso da série na plataforma.

Além da revisão dos lucros residuais, atores e roteiristas em greve atualmente também pedem uma regulamentação do uso de Inteligência Artificial em Hollywood, tanto para elaboração de roteiros quanto para replicar a imagem de intérpretes em diferentes produções. 

Os atores de Hollywood não entram em greve desde 1980. A paralisação não só deve barrar as filmagens de muitos projetos que contam com intérpretes filiados ao SAG, como também impedir a participação desses atores em eventos de imprensa para filmes que já estão completos e a caminho dos cinemas.

Com a pressão adicional da greve dos roteiristas, já em curso há dois meses, a maioria dos projetos dos grandes e pequenos estúdios americanos devem ser completamente paralisados até a assinatura de novos contratos. Os dois sindicatos não entram em greve juntos desde 1960.

Criada por Amy Sherman-Palladino, Gilmore Girls segue Lorelai e Rory Gilmore na pequena cidade de Stars Hallow, vivendo diversificadas ocasiões como mãe e filha, mesmo com idades bem próximas uma da outra. A série está disponível na Netflix.

****

Ingressos à venda para a CCXP23, o maior festival de cultura pop do mundo. Compre agora!

Omelete agora tem um canal no Telegram! Participe para receber e debater as principais notícias da cultura pop (t.me/omelete).

Acompanhe a gente também no YouTube: no Omeleteve, com os principais assuntos da cultura pop; Hyperdrive, para as notícias mais quentes do universo geek; e Bentô Omelete, nosso canal de animes, mangás e cultura otaku.

Omelete no Youtube

Confira os destaques desta última semana

Omelete no Youtube

Confira os destaques desta última semana

Ao continuar navegando, declaro que estou ciente e concordo com a nossa Política de Privacidade bem como manifesto o consentimento quanto ao fornecimento e tratamento dos dados e cookies para as finalidades ali constantes.