Séries e TV

Notícia

Doctor Who | "Gênero da doutora se torna irrelevante", diz Jodie Whitaker

Atriz falou sobre vulnerabilidade em protagonistas femininas

Julia Sabbaga
07.10.2018
18h16

Em entrevista na New York Comic Con, Jodie Whittaker falou sobre a mudança de gênero para a personagem de Doctor Who, e enfatizou que, apesar de gerar bons momentos durante a temporada, a transformação não é algo revelante em si:

Sophie Mutevelian/BBC Studios/Divulgação

"Gênero é imediatamente irrelevante porque eu estou interpretando a Doutora. Claramente eu sou outra atriz, então é diferente, mas não em termos do gênero. O que pode ser interessante na temporada é que, às vezes, na história, você pode ir para um lugar onde mulheres são tratadas diferentemente, mas o arco não explorará uma Doutora mulher. É apenas a Doutora". 

Whittaker, no entanto, diz que é uma oportunidade para representar personagens femininas mais terrenas: "Uma super-heroína ou protagonista feminina sempre tem uma força que não é humana, ou uma aparência física dos sonhos, mas o que eu amo do Doutor em todas as suas encarnações passadas é que ele sempre se pareceu com alguém poderia ser seu vizinho, seu amigo, e rir junto. Isso é ótimo de ver: vulnerabilidade e falhas, o que é raro em personagens femininas".

O retorno da série marcará uma mudança também na produção, que agora será comandada agora pelo novo showrunner Chris Chibnall (Broadchurch).

Doctor Who retorna para uma temporada inédita de 10 episódios em 7 de outubro no Reino Unido. No Brasil, o serviço de streaming Crackle se encarregará da exibição.