HQ/Livros

Notícia

Dragon Ball: Ponto fraco do Instinto Superior Perfeito é revelado

Granolah pode ser forte demais para Goku e Vegeta

Diego Lima
23.06.2021
13h40
Atualizada em
30.07.2021
15h06
Atualizada em 30.07.2021 às 15h06

Apresentado em Dragon Ball Super, o Instinto Superior é uma técnica usada pelos Anjos que apenas Goku conseguiu aprender até o momento (entre os seres mortais). Embora tenha sido o bastante para ele lutar contra Jiren de igual para igual no Torneio do Poder, parece que Kakaroto já precisa de um novo truque na manga. Spoilers abaixo.

O capítulo 73 de Dragon Ball Super mostrou a continuação da luta entre Goku e Granolah, o nativo do planeta Cereal que pretende exterminar os saiyajin para vingar o genocídio da própria espécie — causado pelos guerreiros que um dia serviram Freeza.

Goku chegou a lutar contra Granolah na forma Super Saiyajin Deus Instinto Superior e, posteriormente, usando o Super Saiyajin Deus Super Saiyajin Instinto Superior. Contudo, independentemente da cor do cabelo, Goku foi derrubado repetidamente pelo adversário. Somente quando ele usou o Instinto Superior Perfeito foi possível bater de frente com Granolah... Ou não tanto.

Granolah derrota Goku.
Shueisha

Granolah, no maior estilo Naruto, havia deixado um clone para lutar contra Goku. Esse clone, na verdade, tinha apenas metade do verdadeiro poder que o Cerealian obteve após desejar se tornar o guerreiro mais poderoso do universo. Quando ele foi para cima de Goku com tudo, ele derrotou o Instinto Superior Perfeito com apenas um golpe. Não bastasse a humilhação, ele ainda deixou claro: a precisão de Goku usando o Instinto Superior tende a cair com o tempo. Assim, ele conseguiu apagar Kakaroto tranquilamente.

Antes que Granolah matasse Goku, Vegeta surgiu diante do atual antagonista da série e disse que seria o próximo oponente dele. O príncipe dos saiyajin até mesmo insinuou que mandaria Granolah para junto do resto da tribo dele, então, a próxima luta deve começar bem animada quando o capítulo 74 for lançado, em 20 de julho.

Ao continuar navegando, declaro que estou ciente e concordo com a Política de Privacidade bem como manifesto o consentimento quanto ao fornecimento e tratamento dos dados para as finalidades ali constantes.