Johnny Depp em Piratas do Caribe

Créditos da imagem: Walt Disney Pictures/Divulgação

Filmes

Notícia

De quarentena, família cria "montanha-russa" do Piratas do Caribe em casa

Realmente, o ócio atiça a criatividade, não é?

Mariana Canhisares
22.03.2020
17h55

Com os parques da Disney fechados por causa da pandemia do coronavírus, uma família decidiu criar sua própria atração para se divertir dentro de casa, mais especificamente uma "montanha-russa" do Piratas do Caribe. Confira:

Iniciada em 2003 com A Maldição do Pérola Negra, a franquia Piratas do Caribe arrecadou mais de US$ 4,5 bilhões com o lançamento de 5 filmes. Em 2018, Sean Bailey, Presidente de Produções da Disney, afirmou que o plano do estúdio é fazer um reboot da série sem Johnny Depp.

Efeito Coronavírus na cultura pop

O COVID-19 é uma nova mutação da família coronavírus que está se espalhando em ritmo alarmante desde dezembro de 2019. A China foi o primeiro país vítima da epidemia, com infecções e mortes confirmadas em todas as suas províncias. Desde então, a presença do vírus foi confirmada em quatro continentes - incluindo a América do Sul, com casos no Brasil, Argentina e Chile.

Filmes como 007 - Sem Tempo Para Morrer, Velozes e Furiosos 9, Um Lugar Silencioso 2, Mulan, Novos Mutantes entre outros, tiveram suas estreias adiadas por causa da pandemia. Entre 13 e 15 de março, os Estados Unidos registraram sua pior arrecadação em 20 anos nas bilheterias.