oscar

Créditos da imagem: Divulgação

Filmes

Notícia

Oscar | Academia anuncia novas regras

Decisão não afetará candidaturas de serviços de streaming

Natália Bridi
24.04.2019
08h10

Apesar das recentes polêmicas envolvendo o Oscar e a Netflix (entenda), as novas regras anunciadas pela Academia de Artes e Ciências Cinematográficas não afetarão a candidatura de filmes produzidos por serviços de streaming (como Roma, que levou 3 estatuetas em 2019). Para concorrer ao Oscar, um filme precisa ser sido exibido por sete dias, com pelo menos três sessões diárias, em Los Angeles, e pode estrear em plataformas de streaming como a Netflix e o Amazon Prime Video já no primeiro dia de exibição nos cinemas. 

Já as novas regras dizem respeito à categoria de Melhor Longa-Metragem Animado, que eliminou a exigência de que oito filmes elegíveis fossem lançados no ano para que a categoria fosse incluída. A categoria de Melhor Filme Estrangeiro passa a se chamar Melhor Filme Internacional, mas as regras de elegibilidade foram mantidas (o filme precisa ter sido produzido fora dos EUA e com diálogos em que o inglês não predomine). Porém, a lista de pré-candidatos passou de 7 para 10 filmes, com 7 sendo determinados pelo comitê de filmes internacionais e os outros 3 sendo escolhidos pelo comitê executivo de premiação de filmes internacionais.

A categoria de Melhor Maquiagem e cabelo foi ampliada, passando de 3 para 5 indicados e a lista de pré-candidatos passando de 7 para 10 filmes. Nas categorias de curta-metragem animado e live action, os filmes passam a ser elegíveis depois de exibições em Los Angeles ou Nova York. 

A 92ª edição do Oscar acontecerá em 9 de fevereiro de 2020.