Oscar 2021 | Os filmes que você precisa ver para se preparar para a premiação

Créditos da imagem: Robyn Beck/AFP

Filmes

Lista

Oscar 2021 | Os filmes que você precisa ver para se preparar para a premiação

Algumas das produções mais cotadas já chegaram no streaming

Julia Sabbaga
09.02.2021
18h05
Atualizada em
10.02.2021
14h23
Atualizada em 10.02.2021 às 14h23

Apesar do Globo de Ouro não ser considerado exatamente um termômetro do Oscar, o anúncio de seus indicados dá início, oficialmente, à temporada de premiações. Já na mesma semana o SAG revelou a sua lista, e de agora até abril veremos uma enxurrada de cerimônias revelando candidatos e vencedores, todos finalmente desembocando na cerimônia da Academia de Artes e Ciências Cinematográficas, que acontece em 25 de abril. 

Para já ir entrando no clima, reunimos abaixo os filmes mais citados entre as apostas para o Oscar de 2021, e muitos deles já estão disponíveis no Brasil. 

Destacamento Blood

Uma das maiores apostas do ano não foi sequer mencionado pelo Globo de Ouro, e foi um dos primeiros longas de destaque a serem lançados em streaming durante a pandemia de coronavírus. Destacamento Blood, de Spike Leenarra a jornada de quatro veteranos que retornam ao Vietnã em busca do corpo do líder do seu esquadrão. O longa marcou um dos últimos trabalhos de Chadwick Boseman e pode render diversas indicações, tanto uma póstuma ao próprio ator quanto de melhor direção, filme, ou outros nomes do elenco como Delroy Lindo e Jonathan Majors. No SAG Awards (premiação do Sindicato de Atores), Destacamento Blood foi indicado por melhor elenco. 

Destacamento Blood está disponível na Netflix.

A Voz Suprema do Blues

O último longa que Chadwick Boseman filmou, A Voz Suprema do Blues, é outro grande concorrente para a premiação. Baseado em uma peça homônima de August Wilson e dirigido por George C. Wolfe, o filme conta de uma sessão de gravação da banda de Ma Rainey, influente cantora de blues dos anos 1920, vivida no filme por Viola Davis em uma performance intensa. A Voz Suprema do Blues também foi indicado na categoria de melhor elenco no SAG.

A Voz Suprema do Blues está disponível na Netflix.

Minari - Em Busca da Felicidade

Minari - Em Busca da Felicidade, escrito por Lee Isaac Chung, é um longa semi-autobiográfico escrito por Chung, e acompanha uma família de ascendência sul-coreana que se muda para uma fazenda humilde nos EUA e tenta conseguir a subsistência através de uma plantação. O longa estreou no Festival de Cinema de Sundance em 2020 e levou tanto o prêmio do Grande Júri quanto o do Público, chamando atenção da crítica e colecionando indicações em outros festivais. 

No Globo de Ouro, Minari foi alvo de controvérsias com sua indicação de melhor filme em língua estrangeira apesar de ser uma produção americana, escrita e produzida por um americano. Chung esclareceu a polêmica dizendo que de acordo com as regras da premiação, Minari não poderia concorrer na categoria principal. 

A data de estreia de Minari no Brasil ainda não foi anunciada. 

Os 7 de Chicago

Os 7 de Chicago é um dos longas da Netflix mais aclamados na disputa, e tem diversos elementos favoritos na premiação: uma história real, roteiro e direção de Aaron Sorkin e um elenco incrível, formado por Eddie Redmayne, Mark Rylance, Michael Keaton, Sacha Baron Cohen, Yahya Abdul-Mateen II e mais. A trama foca no julgamento de indivíduos envolvidos no protesto da Convenção Nacional do Partido Democrata de 1968, que se transformou em um violento confronto com a polícia e a Guarda Nacional dos EUA. Os organizadores do protesto — que incluíam nomes como Abbie Hoffman, Jerry Rubin, Tom Hayden e Bobby Seale — foram acusados de conspiração por incitar a desordem, e o julgamento decorrente foi um dos mais notórios da história.

Os 7 de Chicago está disponível na Netflix.

Nomadland

Nomadland, filme protagonizado por Frances McDormand que venceu o Leão de Ouro no Festival de Veneza, é possivelemente o longa mais citado entre apostas do Oscar e infelizmente ele ainda não tem data de estreia no Brasil. O longa é baseado no livro homônimo de Jessica Bruder e acompanha uma mulher de 60 anos que perde tudo durante a recessão nos EUA e passa a viver como uma espécie de nômade, fazendo trabalhos sazonais enquanto viaja pelo oeste americano. 

Nomadland anda colecionando estatuetas em premiações como os festivais de Toronto e San Diego (além de Veneza) e foi incluído na lista dos 10 melhores filmes do ano do American Film Institute Awards. Na temporada de premiações, ele está na disputa em diversas categorias tanto no Globo de Ouro quanto no Critics Choice e no SAG, premiação do Sindicato de Atores.

Ainda não há previsão de estreia de Nomadland no Brasil. 

Bela Vingança

Bela Vingança (também conhecido pelo seu título original Promising Young Woman) foi um dos filmes mais comentados da temporada de premiação, e ele também ainda não chegou no Brasil. A estreia de Emerald Fennell (a atriz que interpreta a Camila Parker Bowles em The Crown) na direção traz Carey Mulligan como protagonista em uma comédia sombria sobre vingança e consequências de trauma. 

O longa já acumulou prêmios nas premiações de críticos de Los Angeles, Nova York e San Diego e deve ter presença garantida entre os indicados ao Oscar. 

Bela Vingança estreia nos cinemas brasileiros em 18 de março. 

O Som do Silêncio

O Som do Silêncio foi outro daqueles filmes super aclamados - que inclusive também foi nomeado um dos 10 melhores do ano pelo American Film Institute Awards - mas tão elogiado quanto o próprio longa foi o seu ator principal, Riz Ahmed. No filme de estreia do diretor e roteirista Darius Marder, Ahmed interpreta Ruben, um baterista de heavy metal que perde a audição.

Indicado em diversas categorias em premiações da crítica, O Som do Silêncio já apareceu em listas do Globo de Ouro, SAG e Critics Choice. O filme está disponível na Amazon Prime Video. 

Mank

Depois de anos focando esforços em thrillers investigativos e filmes de passo rápido, David Fincher retornou em 2020 com um filme pessoal e certamente diferente, também aclamado pela indústria. Mank, baseado na história real dos bastidores de Cidadão Kane, explora a relação de Orson Welles com o roteirista Herman J. Mankiewicz, protagonista vivido por Gary Oldmancom base em um debate de décadas sobre quem realmente é o responsável pela grandeza e qualidade de Cidadão Kane. O roteiro de Mank foi escrito pelo pai de Fincher, Jack. 

Disponível na Netflix, Mank foi líder de indicações no Critics Choice Awards. 

Relatos do Mundo

Apesar de grande parte dos filmes aclamados e aguardados para o Oscar são menos tradicionais do que o esperado - já que a pandemia criou uma temporada atípica de produções - sempre há espaço para um filme com Tom Hanks. Este ano, a produção é Relatos do Mundo, novo longa dirigido por Paul Greengrass (Vôo United 93, Capitão Phillips). 

Baseado no romance homônimo de Paulette Jiles, Relatos do Mundo se passa cinco anos após o fim da Guerra Civil e traz Hanks como Kyle Kidd, um veterano de três guerras que viaja de cidade em cidade para contar histórias. Quando passa pelo estado do Texas, ela cruza o caminho de Johanna (Helena Zengel), uma menina que foi acolhida pelo povo Kiowa. Kidd assume a missão de devolver a jovem aos seus tios biológicos, mas conforme atravessam o Oeste americano, acabam enfrentando grandes desafios humanos e naturais.

Relatos do Mundo estreia em 10 de fevereiro na Netflix. 

Uma Noite em Miami

Baseado em uma peça de mesmo nome e marcando a estreia de Regina King na direção de um longa, Uma Noite em Miami conta a história fictícia de um encontro entre Cassius Clay (Eli Goree), Malcolm X (Kingsley Ben-Adir), Sam Cooke (Leslie Odom Jr.) e Jim Brown (Aldis Hodge), para celebrar a vitória de Clay sobre Sonny Liston. 

Também eleito como um dos 10 melhores filmes do ano pelo American Film Institute Awards, Uma Noite em Miami foi amplamente elogiado pela crítica e também colecionou indicações e estatuetas em premiações.

O longa está disponível no Amazon Prime Video. 

Ao continuar navegando, declaro que estou ciente e concordo com a Política de Privacidade bem como manifesto o consentimento quanto ao fornecimento e tratamento dos dados para as finalidades ali constantes.