Ellie Kemper e Daniel Radcliffe em Kimmy vs. the Reverend

Créditos da imagem: Unbreakable Kimmy Schmidt: Kimmy x Reverendo/Netflix/Reprodução

Netflix

Lista

Unbreakable Kimmy Schmidt: 5 decisões divertidas que você deve tomar no especial

Descubra piadas boas demais para deixar passar no constante vai e volta da produção interativa

Mariana Canhisares
11.08.2020
16h53
Atualizada em
11.08.2020
17h52
Atualizada em 11.08.2020 às 17h52

Um especial interativo oferece uma variada gama de caminhos para seu espectador, mas Unbreakable Kimmy Schmidt: Kimmy x Reverendo vai além. A comédia esconde uma piada melhor do que a outra a cada opção. Se você quiser garantir boas risadas, é essencial que você tome algumas decisões específicas. Veja a seguir 5 destas escolhas imprescindíveis, que valem a pena demais conferir. Mas, atenção, a lista contém SPOILERS!

Pule a abertura

A música-tema de Unbreakable Kimmy Schmidt é incrível e, por isso, merece muito respeito. Sabendo disso, os criadores Tina Fey e Robert Carlock tomaram algumas precauções ao fazer o especial. Quem tiver a coragem de selecionar “pular abertura” no início do especial será punido (ou, na minha humilde opinião, presenteado) com uma versão remix ainda maior do que a habitual. Sério, a música é longa!

Ligue para Donna Maria

Unbreakable Kimmy Schmidt: Kimmy x Reverendo/Netflix/Reprodução

Quando Kimmy descobrir que o livro não é dela, ela terá que escolher para qual mulher toupeira ligar: Gretchen, Cyndee ou Donna Maria. Ligue pelo menos uma vez para Donna Maria e você verá a participação hilária de Josh Groban como antigo namorado de Kimmy. Ligue duas vezes e você cairá em uma gravação fazendo menção à Shienhardt Wig Company, um easter egg de 30 Rock.

Nesta central, você terá três opções: ouvir uma receita, instruções caso você tenha diarreia e uma mensagem natalina de Taco Snake. Há quem diga que se você escolher a última e ouvi-la até o final você consegue acessar um easter egg especial, isto é, erros de gravação e momentos alternativos - eu ainda não consegui, mas a esperança é a última que morre.

Espere o Uber… de novo

Unbreakable Kimmy Schmidt: Kimmy x Reverendo/Netflix/Reprodução

Ao chegar em West Virginia, Kimmy e Titus podem esperar por um Uber que está muito longe ou ir andando. Se você esperar pelo carro, após 4 mil minutos você descobrirá que a dupla virou esqueletos, um final frustrado para a história e para o motorista, que dá uma estrela para Titus. Na segunda tentativa, porém, se você esperar de novo o Uber, não serão apenas os dois a perecer. A humanidade terá acabado e os robôs estarão celebrando o sucesso do seu plano.

Deixe a Jacqueline sonhar

Unbreakable Kimmy Schmidt: Kimmy x Reverendo/Netflix/Reprodução

Jacqueline tem a difícil missão de enrolar a equipe de filmagem para que Titus tenha tempo o suficiente para chegar no set. Em uma das opções, ela reclama do script e precisa ouvir todo o discurso do roteirista sobre o seu ofício. Aguentar o lero-lero é complicado e, por isso, uma das atitudes que a personagem pode tomar é sonhar acordada. Essa escolha nos revela que, para se acalmar, Jacqueline imagina um número musical em que ela canta sobre como é maravilhosa! 

Mate o Reverendo três vezes

Unbreakable Kimmy Schmidt: Kimmy x Reverendo/Netflix/Reprodução

Escolher matar o Reverendo uma vez não é do feitio de Kimmy, muito menos três vezes! Mas, vai por mim, vale a pena cometer esse deslize. Embora no começo você até possa se sentir culpado, tendo em vista como as consequências são sombrias, depois você tem uma grata surpresa: uma mensagem do próprio Reverendo direto do inferno e acompanhado de ninguém menos que Mr. Frumpus.