T4F se manifesta e lamenta morte de fã em show de Taylor Swift no RJ

Música

Notícia

T4F se manifesta e lamenta morte de fã em show de Taylor Swift no RJ

Empresa se posicionou em vídeo com CEO

Omelete
3 min de leitura
23.11.2023, às 10H21

Seis dias após a morte de Ana Clara Benevides no primeiro show de Taylor Swift no Rio de Janeiro, a T4F, a produtora responsável pela organização do evento, se manifestou sobre a tragédia. Em vídeo publicado nas redes sociais, o CEO Serafim Abreu fez um breve depoimento lamentando a tragédia e afirmou que a empresa está tomando medidas para não cometer novos erros.

"Nós sabemos a enorme responsabilidade que temos ao organizar um evento deste porte. Por isso, nós não economizamos reforços e recursos para seguir sempre as melhores práticas mundiais do setor para garantir conforto e segurança para todos. Ainda assim, enfrentamos dias de calor extremo no último final de semana no Rio de Janeiro, com uma sensação térmica altíssima e sem precedentes", começa Abreu.

"Sim, reconhecemos que poderíamos ter tomado algumas ações alternativas, adicionais a todas as outras que fizemos, como, por exemplo, criar locais de sombras nas áreas externas, alterar os horários dos shows inicialmente programados e enfatizar mais a permissão de ingressar com copos de água descartáveis. Esse aprendizado nos fez incorporar novas práticas para eventos em dias de calor extremo, como fizemos imediatamente nos shows seguintes", continuou.

O CEO ainda disse estar ciente das mudanças climáticas no mundo e afirmou que repensar toda a atuação do setor é necessária para evitar novas tragédias em shows. Ele ainda se desculpa pela demora em se manifestar e justifica dizendo que seus esforços estavam em incorporar os aprendizados após o caso no show de Swift.

Sobre a morte de Ana Clara, Abreu apontou ter sido a primeira vez em quarenta anos de atuação da T4F que uma fatalidade ocorreu em um de seus eventos. Ele reforçou os trabalhos da equipe médica disponibilizada no local para o tratamento da vítima e colocou a produtora à disposição para prestar assistência à família da vítima.

O empresário finaliza o vídeo dizendo que os shows de Taylor Swift no Allianz Parque, em São Paulo, serão realizados sob o novo protocolo das autoridades governo, o qual permite levar garrafas de água plásticas flexíveis e copos descartáveis aos eventos.

Confira o vídeo na íntegra:

No primeiro show da Taylor Swift no Brasil, no Estádio Nilton Santos, a sensação térmica atingiu 60º C e causou desmaios de mais de mil pessoas. A jovem Ana Clara Benevides Machado, de 23 anos, sofreu uma parada cardiorrespiratória após passar mal - detalhes de relação com o calor no local ainda não foram confirmados. Com a tragédia, a cantora adiou o show que seria realizado no sábado (18) para segunda (20).

Omelete no Youtube

Confira os destaques desta última semana

Omelete no Youtube

Confira os destaques desta última semana

Ao continuar navegando, declaro que estou ciente e concordo com a nossa Política de Privacidade bem como manifesto o consentimento quanto ao fornecimento e tratamento dos dados e cookies para as finalidades ali constantes.