Show do Wu-Tang Clan no Brasil é adiado para o final do ano

Créditos da imagem: Wu-Tang Clan/Divulgação

Música

Notícia

Show do Wu-Tang Clan no Brasil é adiado para o final do ano

Grupo de hip hop se apresentaria em São Paulo em 8 de abril

Pablo Raphael
17.03.2020
15h53
Atualizada em
17.03.2020
16h19
Atualizada em 17.03.2020 às 16h19

A apresentação do Wu-Tang Clan no Brasil foi adiada para o final do ano, informou a produtora Popload Gig. Previsto originalmente para dia 08 de abril, o show que aconteceria no Espaço das Américas (SP) passou para uma data ainda não definida, entre a segunda quinzena de novembro e o início de dezembro.

O motivo do adiamento foi a pandemia de coronavírus. A organização do evento segue as medidas preventivas recomendadas pelo Ministério da Saúde. Os ingressos adquiridos serão válidos para a data remarcada.

"Estamos acompanhando as medidas e recomendações tomadas pelos órgãos oficiais de saúde e divulgaremos mais informações em breve em nossos sites e redes sociais oficiais. Todos os detalhes serão também enviados por email aos titulares de ingressos", informou a produtora do show.

Com músicas clássicas do gênero como “Method Man”, “Wu-Tang Clan Ain't Nuthing ta F' Wit”, “Black Mamba” e “The Heart Gently Weeps”, o Wu-Tang Clan é considerado um dos grupos mais influentes do rap mundial.

Seu último disco de estúdio, The Saga Continues, foi lançado em 2017, enquanto o EP Wu-Tang: Of Mics and Men foi disponibilizado em plataformas digitais em maio de 2019.

Efeito Coronavírus na cultura pop

O COVID-19 é uma nova mutação da família coronavírus que está se espalhando em ritmo alarmante desde dezembro de 2019. A China foi o primeiro país vítima da epidemia, com infecções e mortes confirmadas em todas as suas províncias. Desde então, a presença do vírus foi confirmada em quatro continentes - incluindo a América do Sul, com casos no Brasil, Argentina e Chile.

Filmes como 007 - Sem Tempo Para MorrerVelozes e Furiosos 9Um Lugar Silencioso 2MulanNovos Mutantes entre outros, tiveram suas estreias adiadas por causa da pandemia. Entre 13 e 15 de março, os Estados Unidos registraram sua pior arrecadação em 20 anos nas bilheterias.