Elizabeth Olsen em WandaVision

Créditos da imagem: Marvel Studios/Divulgação

Séries e TV

Artigo

WandaVision | Quem é a “participação especial” e como ela se encaixará na série

Elenco diz que produção encerrará com aparição surpreendente

Nicolaos Garófalo
26.02.2021
20h17

[Spoilers de WandaVision à frente]

Em seu quinto episódio, WandaVision contou com uma aparição surpresa que deixou muitos fãs boquiabertos. Evan Peters, que desde 2014 interpreta Mercúrio nos filmes dos X-Men produzidos pela Fox, retornou ao mundo dos quadrinhos como um substituto para a versão do personagem de Aaron Taylor-Johnson, adicionando uma camada de mistério à já intrigante produção do Disney+. O retorno do ator, no entanto, não é a grande surpresa prometida por Elizabeth Olsen e Paul Bettany para a reta final do programa. Em entrevistas diferentes, os protagonistas indicaram que os minutos finais de WandaVision trarão uma participação tão significativa quanto a que foi vista no segundo ano de The Mandalorian e garantiram que não estavam falando de Peters.

Enquanto a internet debate aparições que vão da Capitã Marvel de Brie Larson ao Professor X vivido por Patrick Stewart, o oitavo episódio da minissérie, disponibilizado pelo Disney+ nesta sexta-feira (26), aponta para um personagem especulado por muitos fãs: o Mago Supremo Doutor Estranho, interpretado por Benedict Cumberbatch. A ligação mais provável, obviamente, é Agatha Harkness (Katheryn Hahn), bruxa que revelou ter ido para Westview após sentir a energia mágica liberada por Wanda (Olsen).

Além da já confirmada conexão da série com o segundo longa solo do Mago Supremo, sua aparição em WandaVision se encaixaria sem problemas na trama. Assim como a (aparentemente) vilã, Strange tem controle suficiente sobre magia para sentir os poderes da Feiticeira Escarlate e, sendo o responsável pela proteção mística da Terra, muito provavelmente buscará investigar o surgimento da Magia do Caos em Nova Jersey. Em Westview, o feiticeiro poderia usar a Dimensão Espelhada como uma maneira de conter a Hex ou mesmo Wanda e Agatha, impedindo que mais civis sejam afetados pela batalha.

Seguindo os passos de sua antecessora, a Anciã (Tilda Swinton), Strange muito provavelmente estudou a existência do Multiverso e como acessá-lo. Ao aparecer na produção da Disney+, o ex-cirurgião pode escancarar de vez a porta do Nexus de Todas as Realidades, que, nos quadrinhos, depende de Wanda, entre outros personagens, para manter sua estabilidade. A conexão entre Doutor Estranho, Feiticeira Escarlate e Nexus muito provavelmente motivará a trama de Doctor Strange in the Multiverse of Madness, com os dois heróis explorando aleatoriamente diferentes realidades.

Como forma de introduzir o longa, Strange pode aparecer como uma figura antagônica ou de mentor para Wanda, dependendo de como ela lidará com os acontecimentos do finale, marcado para 5 de março. Em ambos os casos, a participação de Cumberbatch serviria como uma justificativa sólida para introduzir de vez Maximoff no cenário mágico do MCU (Universo Cinematográfico Marvel).

Obviamente, a possibilidade desta previsão estar errada é grande, já que o Marvel Studios costuma guardar as surpresas de seus filmes a sete chaves, transformando qualquer argumento em pura especulação. A certeza só será descoberta quando WandaVision chegar ao seu fim e a Feiticeira Escarlate estiver pronta para viajar pelo multiverso.

Todas as sextas-feiras, os críticos do Omelete se reúnem na twitch.tv/omeleteve, a partir das 16h30, para discutir o episódio da semana e o futuro da série e do MCU. Venha conversar com a gente!

Ao continuar navegando, declaro que estou ciente e concordo com a Política de Privacidade bem como manifesto o consentimento quanto ao fornecimento e tratamento dos dados para as finalidades ali constantes.