Scarlett Johansson em Viúva Negra

Créditos da imagem: Viúva Negra/Marvel Studios/Reprodução

Filmes

Notícia

Viúva Negra | Scarlett Johansson reflete sobre hipersexualização da heroína

De Homem de Ferro 2 até o filme solo, olhar para a personagem mudou, segundo a atriz

Mariana Canhisares
17.06.2021
10h02
Atualizada em
19.07.2021
15h58
Atualizada em 19.07.2021 às 15h58

Natasha Romanoff habita o MCU há mais de uma década, mas só agora, em Viúva Negra, a personagem ganhará os holofotes, com uma história que promete aprofundar sua história e personalidade. Mas, mais do que isso, o longa tem a chance de corrigir o olhar que o MCU lançou à personagem assim que a introduziu, em Homem de Ferro 2.

Como bem lembrou Scarlett Johansson em entrevista ao Collider, em determinado ponto do filme Tony Stark (Robert Downey Jr.) a trata como "um pedaço de carne". "[...] você revisita Homem de Ferro 2 e, embora seja muito divertido e tenha ótimos momentos, a personagem é tão sexualizada. [...] Talvez, naquela época, realmente parecesse um elogio. Sabe o que eu quero dizer? Porque o jeito como eu pensava era diferente."

Essa postura foi mudando com o tempo e não é visível mais em Viúva Negra. "Definitivamente mudou e parte da mudança provavelmente -- é difícil, porque sou parte, mas provavelmente muito disso veio de mim também. Vou fazer 35 anos, sou uma mãe e minha vida é diferente. Obviamente, 10 anos se passaram, coisas aconteceram e eu tenho um entendimento sobre mim mesma muito diferente. Como mulher, estou em um lugar diferente da minha vida, sabe?", explicou.

"Agora, as jovens estão recebendo uma mensagem mais positiva, mas tem sido incrível fazer parte dessa mudança e poder sair dessa experiência sendo parte dessa velha história, mas também do progresso. Da evolução. É muito legal."

Segundo a sinopse oficial divulgada pela Marvel, Viúva Negra vai mostrar Romanoff confrontando as partes sombrias de sua profissão quando surge uma perigosa conspiração conectada com o seu passado. Perseguida por uma força implacável que quer derrubá-la, ela deve lidar com sua história como espiã e as relações quebradas que deixou para trás quando se tornou uma Vingadora.

O longa teve seu lançamento adiado diversas vezes por conta da pandemia do coronavírus. Atualmente, a estreia de Viúva Negra está marcada para 9 de julho, nos cinemas e também no streaming Disney+.

Ao continuar navegando, declaro que estou ciente e concordo com a Política de Privacidade bem como manifesto o consentimento quanto ao fornecimento e tratamento dos dados para as finalidades ali constantes.