Vingadores: Ultimato | Fã cria versão "sem feminismo" do longa

Filmes

Notícia

Vingadores: Ultimato | Fã cria versão "sem feminismo" do longa

Corte alternativo foi disponibilizado em sites de download ilegal

Julia Sabbaga
19.06.2019
09h43

Um fã de Vingadores: Ultimato criou uma versão alternativa do longa que retira o papel de Capitã Marvel e momentos mais sentimentais do longa. Intitulado Vingadores: Ultimato Edição Sem-Feminismo ou Corte Anti Brega, a versão disponível em sites ilegais traz bem menos mulheres. 

Segundo o The Guardian, a cena em que Gavião Arqueiro treina sua filha foi retirada "porque jovens mulheres devem aprender habilidades para se tornarem boas esposas e mães", Tony Stark não pede para Pepper "a permissão para salvar o universo" e há menos mulheres na batalha final, já que "elas deveriam ficar em casa cuidando de crianças". Ainda, a Anciã simplesmente entrega a Joia do Tempo ao Hulk porque fica assustada.

Mas não são apenas as mulheres que foram cortadas na versão alternativa. Segundo o NPR, Pantera Negra tem um papel reduzido, Homem-Aranha não é salvo por mulheres e personagens masculinos não se abraçam.  

Esta não é a primeira vez que uma grande franquia ganha um corte sexista alternativo. No ano passado, Star Wars: Os Últimos Jedi ganhou uma versão sem personagens femininas - leia mais. 

Vingadores: Ultimato está atualmente com US$ 2.742 bilhões na bilheteria mundial, enquanto Avatar soma US$ 2.788 bilhões. A diferença entre os dois filmes é de US$ 46 milhões e há a expectativa que a produção da Marvel bata o valor nas próximas semanas, especialmente se for impulsionada pelo lançamento de Homem-Aranha: Longe de Casa no começo de julho.