Tatiana Maslany em Mulher-Hulk

Créditos da imagem: She-Hulk/Marvel Studios/Reprodução

Séries e TV

Artigo

Você notou? She-Hulk faz referência à origem da heroína nas HQs em novo episódio

Entre tantos rumores sobre a vida da heroína, ao menos uma repórter “acertou” um detalhe sobre seu passado

Omelete
2 min de leitura
01.09.2022, às 11H51.
Atualizada em 01.09.2022, ÀS 17H44

A roteirista e produtora-executiva Jessica Gao pode até ter mudado a origem da She-Hulk no MCU, mas ela fez questão de incluir um aceno à sua história original na série. No terceiro episódio, intitulado “O Povo contra Emil Blonsky”, enquanto todo tipo de rumor circula sobre a recém-descoberta heroína — inclusive que Jen Walters (Tatiana Maslany) estaria grávida do seu cliente, Abominável (Tim Roth) —, uma repórter é “certeira” ao perguntar: “é verdade que seus poderes vieram de um golpe da máfia que deu errado?”.

Isso porque, nas HQs, é exatamente assim que a advogada fica superforte. Em Savage She-Hulk, de fevereiro de 1980, Stan Lee e John Buscema estabeleceram que Jen vira um alvo da máfia devido às tentativas do seu pai, um oficial da lei, de dificultar a vida dos criminosos. Vítima de um atentado, no qual é ferida gravemente, ela recebe uma transfusão de sangue do seu primo Bruce Banner e, assim, se torna também uma Hulk.

Gao considerou “complicado demais” adaptar tudo isso na TV, e então simplificou a origem. A She-Hulk de Tatiana Maslany surge de um acidente de carro, em que ela e Bruce (Mark Ruffalo) ficam feridos e, sem querer, gotas do sangue do físico caem na sua corrente sanguínea. É preciso admitir que essa é uma solução esperta, mesmo se você for apegado aos quadrinhos. Porque, como bem disse a própria roteirista, é pertinente também com a jornada do Hulk. Depois de duas décadas de sofrimento, ele jamais correria o risco de expor sua prima a isso.

She-Hulk é exibida às quintas, no Disney+. Antes do próximo episódio, confira a nossa entrevista com a atriz Tatiana Maslany:

O Omelete agora tem um canal no Telegram! Participe para receber e debater as principais notícias da cultura pop (t.me/omelete).

Acompanhe a gente também no YouTube: no Omeleteve, com os principais assuntos da cultura pop; Hyperdrive, para as notícias mais quentes do universo geek; e Bentô Omelete, nosso canal de animes, mangás e cultura otaku.

Omelete no Youtube

Confira os destaques desta última semana

Omelete no Youtube

Confira os destaques desta última semana

Ao continuar navegando, declaro que estou ciente e concordo com a nossa Política de Privacidade bem como manifesto o consentimento quanto ao fornecimento e tratamento dos dados e cookies para as finalidades ali constantes.