Filmes

Artigo

Como Kevin Feige se tornou sinônimo da cultura pop atual

Presidente do Marvel Studios comandará novo longa da franquia Star Wars

A cozinha
29.11.2019
15h30

Falar sobre cultura pop em 2019 remete imediatamente à figura de Kevin Feige, presidente e chefe criativo do Marvel Studios que estará na CCXP19. No entanto, o sucesso de Feige hoje é fruto de anos de trabalho na indústria cinematográfica, sempre com foco em super-heróis. Sua primeira experiência com produção foi em 2000, como produtor associado de X-Men: o Filme

Ele foi escolhido por Avi Arad, conhecido pelos filmes do Homem-Aranha, por seu grande conhecimento sobre o universo da Marvel. Seu desempenho foi tão positivo que ele foi elevado ao posto de segundo em comando da Marvel no mesmo ano e trabalhou em todas as produções de super-heróis ligadas ao estúdio nos anos seguintes, como o primeiro Homem-Aranha (2002), como produtor-executivo não creditado; o Hulk (2003) de Ang Lee; Blade Trinity (2004) como coprodutor; Elektra (2005), entre vários outros filmes da primeira década dos anos 2000. 

Em março de 2007, Kevin Feige foi nomeado como presidente do Marvel Studios e, a partir disso, começou a idealizar o que seria o Universo Cinematográfico da Marvel. Se hoje é comum a existência de cenas pós-créditos que ligam um filme com o outro, foi Feige quem idealizou esse ligação entre várias produções. Em sua primeira fase, hoje chamada de Saga do Infinito, o Marvel Studios lançou 23 produções que culminam em Vingadores: Ultimato, a maior bilheteria de todos os tempos com US$ 2.797 bilhões arrecadados no mundo.

Por ser essa "mente criativa" do MCU, Feige coordena todos os lançamentos e é conhecido por fazer isso de forma enfática, guiando diretores para que as tramas tenham essa continuidade para algo maior. Tal posicionamento já incomodou alguns cineastas, como Edgar Wright, que deixou a direção do primeiro Homem-Formiga por conflitos criativos. No entanto, o diretor faz questão de manter essa coesão entre os lançamentos, que terminam em grandes eventos e encontros, como aconteceu também em Capitão: América: Guerra Civil.

Para o futuro, Kevin Feige tem diversos desafios. A Fase 4 do estúdio já foi anunciada e, pela primeira vez, será composta por filmes e séries do Disney+ que serão interligadas entre si. Apesar das dificuldades, o executivo já provou que tem talento para criar um universo coeso e tem tudo para entregar uma grande experiência para os fãs da Marvel nos próximos anos.

Com tanto sucesso, o executivo ganhou uma grande confiança na Disney, que o anunciou na franquia Star Wars. Por enquanto não há detalhes se isso se tornará uma grande franquia ou apenas um longa, mas ter Feige no projeto dá a certeza que os fãs podem esperar uma história grandiosa. Confira abaixo nosso OmeleTV sobre a história de Feige e a live acima.