Cena de Mulher-Hulk (Reprodução)

Créditos da imagem: Cena de Mulher-Hulk (Reprodução)

Séries e TV

Notícia

Mulher-Hulk | Equipe defende CGI da série: "Sempre criticam corpos femininos"

Tatiana Maslany e cia. também abordaram denúncias de condições de trabalho ruins na indústria

Omelete
2 min de leitura
04.08.2022, às 09H15

A estrela Tatiana Maslany e a diretora Kat Coiro, da equipe de Mulher-Hulkdefenderam o trabalho de efeitos digitais da série da Marvel durante painel do TCA na tarde de ontem (3), repercutido pela Variety. As duas também abordaram denúncias de condições de trabalho precárias na indústria do CGI, especialmente em projetos do MCU.

"Eu defiro totalmente ao quão talentosos são esses artistas, e o quão rápido eles são obrigados a trabalhar. Obviamente, as produções dão menos tempo a eles do que provavelmente deveriam", reconheceu Maslany. "Acho que precisamos nos manter conscientes de como as condições de trabalho não são ideais, e mesmo assim tivemos avanços incríveis nessa indústria".

Já Coiro disse se solidarizar com as demandas dos artistas de efeitos especiais, notando que seu trabalho ao lado deles é pontual. "Nós não estamos com eles nos bastidores o tempo todo, vendo as longas horas que eles trabalham. Se eles estão sentindo pressão excessiva, eu os apoio e acho que devemos ouví-los", adicionou.

Sobre as críticas ao trabalho de CGI específico de Mulher-Hulk, a diretora acredita que elas não são justificadas. "Acho que um pouco disse tem a ver com a forma como a nossa cultura acha que o corpo feminino é sua propriedade", apontou.

"Muitas das críticas se concentram no tipo de corpo que escolhemos dar a ela. Nós a baseamos em atletas olímpicas, não em halterofilistas, mas acho que se tivéssemos feito o contrário, também seríamos criticadas. É difícil vencer quando você está fazendo corpos femininos", completou.

Mulher-Hulk: Defensora de Heróis é estrelada por Tatiana Maslany, de Orphan Black, como Jennifer Walters, advogada e prima de Bruce Banner (Mark Ruffalo), que também é exposta à radiação gama que o transformou no Hulk.

Jameela Jamil será a vilã Titânia e, recentemente, os atores Benedict Wong (Wong), Tim Roth (Abominação) e Charlie Cox (Demolidor) foram confirmados na série. O programa tem estreia prevista para 18 de agosto, no Disney+.

Omelete agora tem um canal no Telegram! Participe para receber e debater as principais notícias da cultura pop (t.me/omelete).

Acompanhe a gente também no YouTube: no Omeleteve, com os principais assuntos da cultura pop; Hyperdrive, para as notícias mais quentes do universo geek; e Bentô Omelete, nosso canal de animes, mangás e cultura otaku.

Ao continuar navegando, declaro que estou ciente e concordo com a Política de Privacidade bem como manifesto o consentimento quanto ao fornecimento e tratamento dos dados e cookies para as finalidades ali constantes.