Richard E. Grant, Deobia Oparei e Jack Veal em Loki

Créditos da imagem: Loki/Marvel Studios/Reprodução

HQ/Livros

Lista

Loki | Conheça as outras variantes do Deus da Trapaça

Novo episódio da série do Disney+ apresenta novas versões do personagem ao MCU

Mariana Canhisares
30.06.2021
11h56
Atualizada em
05.07.2021
09h17
Atualizada em 05.07.2021 às 09h17

Se alguém tinha dúvidas de que Loki e Sylvie não eram as únicas variantes do Deus da Trapaça a zanzar pelo MCU, “O Evento Nexus” resolve todas elas. Na cena pós-créditos do quarto episódio da série, descobre-se que, ao ser podado por Ravonna Renslayer, a versão interpretada por Tom Hiddleston vai parar em um cenário de destruição, onde se vê não apenas os destroços da Torre dos Vingadores, como também novas versões de si mesmo.

Conheça cada uma delas a seguir:

LOKI CLÁSSICO

Marvel Comics/Reprodução

O ator Richard E. Grant é creditado no episódio como "Loki Clássico", mas só de olhar para o figurino dá para concluir isso. Afinal, seu visual lembra muito o visto na HQ Jornada para o Mistério, de 1962, assinada por Stan Lee, Larry Lieber e Jack Kirby.

No entanto, esta não é a única versão de Loki com a qual dá para se estabelecer um paralelo. Em Agente de Asgard, de 2019, o chamado Velho Loki é o grande antagonista da história.

Marvel Comics/Reprodução

Nessa obra, o Deus da Trapaça concorda em servir a Rainha Freya, Gaea e Idun em troca de redenção pelos seus crimes. Ao completar sua missão, porém, as chamadas All-Mother of Asgardia lhe dizem que ele jamais poderia corrigir seus erros: ele sempre seria um vilão. Por isso, quando sua reencarnação jovem sai na mesma missão a serviço de Asgard, o Velho Loki decide usá-lo como um instrumento na sua vingança.

Seria, no mínimo, inesperado que o seriado usasse o personagem de Grant dessa forma, considerando que Loki já fez menção ao discurso da tríade de Asgard no primeiro interrogatório do Deus da Trapaça com o agente Mobius. Porém, ainda é cedo para descartar quaisquer reviravoltas.

KID LOKI

Marvel Comics/Reprodução

Conhecido como Kid Loki, essa versão do vilão apareceu em uma das suas muitas reencarnações -- pouco depois da Lady Loki, diga-se de passagem. Na história assinada por Matt Fraction e Pasqual Ferry, essa versão do Deus da Trapaça é realmente inocente: ele não lembra de nenhum dos esquemas das suas vidas passadas. No entanto, os asgardianos têm uma ótima memória e, cansados de lidar com os crimes de Loki, rejeitam o menino. Isso bota o Kid Loki na sua própria jornada de redenção, tentando ser melhor que seu passado.

Considerando as aparições de Tommy e Billy em WandaVision, Cassie Lang nos filmes do Homem-Formiga e a presença confirmada de Kate Bishop em Hawkeye, é importante destacar que o Kid Loki é um membro importante dos Jovens Vingadores.

LOKI CROCODILO

Marvel Comics/Reprodução

Talvez a mais curiosa das versões apresentadas na série do Disney+ até agora seja o Loki Crocodilo. Nos quadrinhos, o Deus da Trapaça nunca virou esse animal em específico, mas se aventurou com outras espécies. Em Mighty Thor, por exemplo, ele se transformou em uma cobra. Já em Agente de Asgard, ele assumiu a forma de uma raposa e até de um unicórnio. Logo, o crocodilo com os tradicionais chifres do personagem pode ser um simples aceno ao seu poder de metamorfose.

Marvel Comics/Reprodução

Não se pode deixar de mencionar também Simon Walterson, mais conhecido como Throg, o Sapo do Trovão. Nas HQs, ele era um humano comum que foi transformado em sapo por um feiticeiro. Depois de se aliar a Thor, Throg ganha uma espécie de Mjölnir. Pode ser que a série do Disney+ esteja fazendo a sua versão dessa piada.

THOR, É VOCÊ?

Essa é a referência menos clara da apresentação das novas variantes. Porque embora o personagem do ator Deobia Oparei seja creditado como Boastful Loki (“Loki Orgulhoso”, em tradução livre), a ausência dos chifres e o Mjölnir dourado sugerem que ele possa ser um Thor.

Nos quadrinhos, não há histórico de um Deus do Trovão negro, mas sim de um grupo chamado Tropa Thor, no qual diferentes personagens, entre os quais heróis negros como o Máquina de Combate, a Tempestade e o Falcão, assumem o posto de Thor, cada um com um Mjölnir para chamar de seu. Em Guerras Secretas, eles são a defesa de um planeta chamado Battleworld, criado pelo Doutor Destino após o colapso do multiverso.

Marvel Comics/Reprodução

Contudo, não se pode esquecer que o Loki já ergueu o Mjölnir também. Em Thor, assinada por Donny Cates e Nic Klein, a Lady Sif interrompe uma briga entre o Deus do Trovão e o Bill Raio Beta e decide mandar o icônico martelo para longe. Por acaso, Loki acaba o encontrando e o levantando sem muita dificuldade -- uma dinâmica oposta ao que estava acontecendo com seu irmão na época, que tinha cada vez mais dificuldade de erguer o Mjölnir.

Fato é que são muitas teorias para explicar o tal Boastful Loki, mas poucas evidências até agora para corroborá-las. Nesse caso, não teremos outra escolha além de esperar o episódio da semana que vem para descobrir quem é esse personagem.

Loki é exibido às quartas, no Disney+.

Ao continuar navegando, declaro que estou ciente e concordo com a Política de Privacidade bem como manifesto o consentimento quanto ao fornecimento e tratamento dos dados para as finalidades ali constantes.