Hulk

Créditos da imagem: Marvel/Divulgação

Filmes

Artigo

Como Vingadores: Ultimato deve transformar a relação de Bruce Banner e o Hulk

Longa deve fechar o arco do Hulk planejado pela Marvel e Mark Ruffalo

Fábio de Souza Gomes
08.02.2019
17h09

Vingadores: Ultimato teve uma suposta imagem revelada onde a equipe aparece reunida e o principal destaque é o novo visual do Hulk. Além de usar uma roupa, o rosto do herói está menos monstruoso e muito mais parecido com o de Bruce Banner (Mark Ruffalo). Essa talvez seja a maior prova de como a relação entre o monstro e o humano mudará a partir desse filme, que deve fechar um arco do personagem.

Em Guerra Infinita, o Hulk aparece somente nas primeiras cenas do longa lutando contra Thanos. Ele perde feio para o Titã Louco e, depois, se recusa a voltar para ajudar Banner. Com isso, diversas especulações sobre o sumiço do monstro começaram a surgir e a relação entre os dois nunca ficou tão abalada no cinema.

Apesar de muitos fãs acreditarem que o Gigante Esmeralda estivesse com medo, na verdade o diretor Joe Russo afirmou em uma entrevista no ano passado que o motivo na verdade seria outro. “Esses dois personagens [Banner e Hulk] estão constantemente em conflito um com o outro pelo controle. Acho que se o Hulk pudesse falar o motivo, ele diria que Banner só o quer para a luta. Ele está cansado de salvar a pele de Banner”, explicou. As diferenças entre o cientista e o monstro nunca estiveram tão grandes: em Thor: Ragnarok, Hulk não queria voltar a ser um humano e, depois, Banner não consegue se transformar. Contudo, agora parece que eles se entenderão.

Depois de anos divididos, finalmente parece que as duas personalidades encontrarão equilíbrio. Nos quadrinhos, isso aconteceu em O Incrível Hulk #377, quando três personalidades do herói – a versão verde, a cinza e Bruce Banner – se uniram e criaram o que é conhecido hoje como o Professor Hulk. Nas HQs, contudo, a união deu origem a uma nova personalidade, mas não deve ser o caso do filme.

A inspiração principal parece ser uma versão mais tranquila de Guerra Mundial Hulk, onde o Gigante Esmeralda tinha uma inteligência acima da média ao mesmo tempo que conseguia soltar toda a sua raiva. Com isso, os filmes fechariam o arco do herói que Mark Ruffalo havia planejado junto com a Marvel antes de Thor: Ragnarok.

“Um dia, o estúdio me chamou antes de filmarmos esse filme [Ragnarok] e disse: ‘Se você tivesse um filme sozinho do Hulk, como seria?’ Aí eu falei que seria ‘assim, assim e acabaria desse jeito’. Então eles falaram: ‘Que tal nós pegarmos esse arco do Hulk e dividirmos em três filmes?’. E Eu disse: ‘Isso é ótimo’. E é o que estamos fazendo”, afirmou em entrevista à BBC Rádio 1.

Com isso, parece que Vingadores: Ultimato fechará uma trilogia do personagem. Depois de baterem cabeça em Ragnarok Guerra Infinita, eles se unirão força e inteligência para salvar metade do Universo e, quem sabe, finalmente ter sua revanche com Thanos. 

Vingadores: Ultimato estreia em 25 de abril de 2019.