Foto de Lollapalooza Brasil

Créditos da imagem: Lollapalooza Brasil/Camila Cara/Divulgação

Música

Lista

Lollapalooza | Melhores momentos do segundo dia

Mesmo com paralisação temporária, público teve bons momentos no Autódromo de Interlagos

Julia Sabbaga, Jacidio Junior e Mariana Canhisares
06.04.2019
23h41
Atualizada em
06.04.2019
23h55
Atualizada em 06.04.2019 às 23h55

A paralisação temporária pode ter sido um obstáculo no segundo dia de Lollapalooza, mas o sábado no Autódromo de Interlagos também reuniu ótimos momentos. Confira a seguir os melhores:

O comprometimento com a segurança

O Lollapalooza e o seu público sofreram com a tempestade neste sábado, mas a decisão da organização em suspender as atividades do festival foi admirável. Os riscos de segurança foram anunciados com muita antecedência, para que o público procurasse abrigo, e a insistência pela segurança foi respeitosa, com repetidos pedidos para que o público se afastasse das estruturas altas e metálicas. O ocorrido não foi sem falhas - afinal alguns fãs acabaram do lado de fora do festival e não retornaram (leia mais) - mas uma decisão arriscada em interromper um evento tão grande, por motivos de segurança, é louvável.

O retorno com Jain no Palco Adidas

É difícil voltar para o ânimo depois de uma tarde tão intensa, mas a francesa Jain fez a volta do Palco Adidas muito bem. Os shows que foram interrompidos infelizmente não retornaram e o Lollapalooza seguiu a sua programação normal, o que acabou encurtando os shows dela e do Snow Patrol. Mesmo assim, a cantora animou o público com batidas cativantes e não se deixou desanimar pelo tempo curto: “esse é o show mais rápido que eu já fiz!”, ela disse, agradecendo ao fãs que pularam até na lama.

O português do Bring Me The Horizon

O grupo inglês liderado por Oliver Sykes foi responsável por retornar a programação do Palco Onix, e enquanto fãs ainda se aproximavam ao local, o rock pesado do grupo fez muito fã enlouquecer. Foi um show com muito mosh pit na lama e uma aula de português do vocalista, que fez questão de falar muito no nosso idioma. Frases como “te amo!”, “vocês prontos?” e “vocês são loucos!” conquistaram até quem não conhecia a banda (leia mais).

Duda Beat, o show e o público

Contar com um público já no aguardo do seu show ao meio-dia não é algo simples, mas Duda Beat mostrou que sua base de fãs está realmente engajada em curtir sua música.

Muitas pessoas já esperavam sua apresentação antes do início do show. Vale ressaltar também a banda completa que acompanhou Duda, detalhe que deu ainda mais tempero para suas músicas (leia mais).

Jorja Smith e sua atmosfera musical irretocável

Com um show musicalmente impecável e instigante, a artista foi mais um dos temperos musicais que fugiram do comum quando pensamos em um line-up de festival.

Espontânea, dançante e feliz, deixou claro que pretende voltar ao Brasil em breve, contou com a presença de Liniker na plateia e além de suas músicas também reinterpretou uma faixa de Frank Ocean dando ainda mais cor para sua apresentação irretocável.