"Madame Teia funciona como um filme independente", afirma diretora

Filmes

Notícia

"Madame Teia funciona como um filme independente", afirma diretora

SJ Clarkson é o responsável por comandar o longa

Omelete
1 min de leitura
19.01.2024, às 18H01

Madame Teia não sofrerá com as amarras de um universo compartilhado. Pelo menos é o que afirma SJ Clarkson, diretora do novo longa do universo do Homem-Aranha da Sony.

Em entrevista à EW, a cineasta explicou que teve liberdade total para desenvolver a história do filme. Segundo Clarkson, ele não teve a obrigação de incluir referências a outros filmes do estúdio, como Venom e Morbius.

"Ele [filme] está definitivamente em um mundo independente. Consegui ter rédea solta e deixar o filme ser o que precisava ser, em vez de tentar forçá-lo ser outra coisa. Foi um presente, de certa forma, poder pegar algo e trazer algo novo e, espero, original", disse.

Além de Dakota Johnson como Cassandra, Sydney Sweeney como Julia Carpenter, Isabela Merced como Anya Corazon, Celeste O'Connor como Mattie Franklin e Emma Roberts como Mary Parker, o derivado de Homem-Aranha conta com Adam Scott (Ruptura), Mike Epps (Next Friday) e Tahar Rahim (O Mauritano) no elenco.

Madame Teia é dirigido por SJ Clarkson e tem estreia prevista para 14 de fevereiro.

Omelete no Youtube

Confira os destaques desta última semana

Omelete no Youtube

Confira os destaques desta última semana

Ao continuar navegando, declaro que estou ciente e concordo com a nossa Política de Privacidade bem como manifesto o consentimento quanto ao fornecimento e tratamento dos dados e cookies para as finalidades ali constantes.