Séries e TV

Lista

Entenda a nova polêmica envolvendo Lea Michele e o elenco de Glee

Atriz foi alvo de novas críticas por seu comportamento nos bastidores da série musical

A cozinha
11.06.2020
19h00

Quem conferiu o Retrato Omelete sabe que não faltaram polêmicas e brigas nos bastidores de Glee. Nesta semana, porém, a atriz Lea Michele voltou a protagonizar mais uma história controvérsia depois de compartilhar uma mensagem apoiando os protestos do movimento Black Lives Matter nos Estados Unidos. Entenda a seguir toda essa história:

O COMEÇO DE TUDO

Tudo começou com um tweet de Lea Michele sobre o movimento Black Lives Matter. Assim como outras tantas celebridades, ela usou suas redes sociais para condenar a violência policial e o racismo nos Estados Unidos, especialmente devido à morte do ex-segurança George Floyd. Michele escreveu: "George Floyd não merecia isso. Esse não foi um incidente isolado e isso precisa acabar".

MICROAGRESSÕES

Embora o post de Michele seja bastante conciliatório, foi a partir dele que a atriz Samantha Ware, a Jane da 6ª temporada da série, expôs o mau comportamento da colega no set de Glee. Em letras garrafais, Ware disse: "Rindo alto lembra quando você fez o meu primeiro trabalho na televisão um inferno na Terra? Porque eu não vou esquecer. Acho que você disse para todos que se tivesse a oportunidade você ‘cagaria na minha peruca’. Isto entre outras microagressões traumáticas que me fizeram questionar minha carreira em Hollywood....".

ELENCO COMENTA

O tweet, claro, repercutiu e muito, inclusive entre os colegas de elenco das atrizes. A Amber Riley, a Mercedes, se pronunciou basicamente na base dos GIFs, meio como se tivesse se divertindo com a treta. Os atores Billy Lewis Jr. e Alex Newell, que viveram o Mason e a Unique na série, também tiveram uma resposta parecida.

Outros, porém, não usaram o humor para apoiar a postura de Ware. O Dabier Snell, que fez só uma participação em Glee, escreveu: "garota, você não me deixava sentar na mesa com outros membros do elenco porque 'eu não pertencia lá'".

Por sua vez, Heather Morris, a Brittany, escreveu um texto concordando que Michele era sim desagradável, mas dizendo também que o grupo deveria ter tomado uma atitude para frear esse tipo de situação. No tweet, ela disse: "com a Lea desrespeitando tanto as pessoas e por tanto tempo, ela DEVERIA ser exposta. Mas, ainda assim, também é nossa culpa ter permitido que isso ocorresse por tanto tempo, sem falar nada, algo que estamos aprendendo com o resto da sociedade".

Sem comentar, Melissa Benoist, a Marley, acompanhou toda a discussão, curtindo os tweets dos colegas. Naya Rivera, que notoriamente teve problemas com Lea Michele nos bastidores de Glee, simplesmente deixou de seguir a ex-colega.

RACISMO?

Como tudo começou com um tweet sobre o movimento Black Lives Matter e a pessoa que apontou os problemas de convivência com Michele é negra, muitos fãs concluíram que Michele seria racista. Porém, esta dedução não foi unânime entre os colegas da atriz.

Naquele mesmo texto, Morris escreveu: "no momento, é sugerido que ela é racista e, embora não possa comentar sobre as crenças dela, acredito que estamos presumindo, e vocês sabem o que acontece quando presumimos algo...".

Riley, em uma das poucas ocasiões que falou sobre o assunto publicamente, frisou que não chamaria Michele de racista. Ainda assim, considerava correta a postura de Samantha Ware de expor as atitudes da colega.

Sobre esse assunto, Iqbal Theba, o diretor Figgins, defendeu a Lea Michele. Ele escreveu no Twitter: "quero deixar claro que nunca fui maltratado por ela. Se algumas pessoas do elenco foram, ela pediu desculpas e isso é ótimo. Mas ser chamada de racista é muito pesado e um fardo injusto para muitos de nós, especialmente nesse momento conturbado".

AS DESCULPAS

Dias depois, Lea Michele postou no Instagram um longo pedido de desculpas. Nesse texto, a atriz falou que não lembra das acusações específicas, mas que sentia muito por seu comportamento e prometeu mudar. Ela escreveu: “[...] eu claramente agi de modos que machucaram outras pessoas. Se foi minha posição privilegiada e perspectiva que colaboraram para que eu fosse percebida como insensível ou inapropriada em certos momentos, ou se foi só minha imaturidade e o fato de eu ser desnecessariamente difícil, eu peço desculpas pelo meu comportamento e qualquer dor que eu possa ter causado. Todos podemos crescer e mudar e eu definitivamente usei os últimos meses para refletir sobre os meus próprios defeitos”.

As desculpas não foram exatamente bem recebidas, nem pela Samantha Ware, nem por parte dos fãs, principalmente por Michele ter usado a expressão “ser percebida”.

CONSEQUÊNCIAS

Elenco de Glee
20th Century Fox Television/Divulgação

É fato que a reputação de Lea Michele, já bastante afetada pelas brigas anteriores, sofreu mais um baque. Mas, como consequência imediata mesmo, a atriz perdeu a parceria com uma marca que vende kit de refeições.

Não está claro se isso afetará de alguma forma o novo piloto de Glee que o Ryan Murphy disse querer gravar com Lea Michele, Ben Platt e Beanie Feldstein. Até porque todo esse projeto é um grande mistério. Fique de olho no Omelete para saber das novidades.