Filmes

Notícia

T.J. Miller de Silicon Valley é acusado de assédio sexual e agressão

Crimes teriam acontecido no período em que o ator estava na faculdade

Mariana Canhisares
19.12.2017
16h07
Atualizada em
01.01.2018
21h25
Atualizada em 01.01.2018 às 21h25

O ator e comediante T.J. Miller, conhecido por seu papel em Silicon Valley e Deadpool, foi acusado de assédio sexual e agressão, de acordo com o The Daily Beast. Segundo a vítima, que não quis se identificar, os crimes teriam acontecido na época em que ele estava na faculdade.

"Ele apenas tentou várias coisas sem me perguntar. Ele me estrangulou e eu ficava olhando para ele, na esperança de ele ver que estava com medo e ele pararia... Não conseguia dizer nada", afirmou a mulher, que apenas estava fazendo algumas aulas na George Washington University, onde ele estava matriculado.

Ela conta que eles estavam no apartamento dela, quando Miller a sacudiu violentamente e a socou na boca durante o sexo. No dia seguinte, ela estava com um dente quebrado e o lábio ensanguentado. Quando questionou o ator sobre o que tinha acontecido, ele teria dito que ela tinha caído bêbada, na noite anterior.

O relato da mulher é corroborado por pessoas com quem os dois estudaram na época. Matt Lord, ex-namorado da vítima, conta que lembra de ela relatar os incidentes para ele e que continua acreditando nela, mesmo anos depois. "Tive um relacionamento romântico com essa mulher, que me falou sobre T.J. Miller a assediando. Na época, acreditei nas alegações e continuo a acreditar que elas são verdadeiras. Ela seguiu os procedimentos de conduta estudantil em relação ao assédio sexual e me lembro da dor que ela sentiu por causa do assédio e das subsequentes audiências sobre conduta", disse, em nota.

Miller e sua esposa, Kate, negaram as acusações. "Ela começou a circular esses rumores novamente assim que meu relacionamento com Kate se tornou público. Infelizmente, ela está usando o atual clima para soltar essas falsas acusações de novo. É triste que ela tenha escolhido esse caminho, já que mina um movimento importante que quer que as mulheres se sintam seguras ao tornarem públicas denúncias legítimas contra predadores reais."

"Não estou interessada em forçar uma memória falsa de alguém... 15 anos depois, continuo com medo de acusar alguma coisa de algo que eles não fizeram, mas eu tenho uma memória física e visual disso", frisou a mulher.

Assédio em Hollywood

O tema do assédio sexual em Hollywood voltou à tona após várias acusações contra o produtor Harvey Weinstein. Ele foi demitido de sua empresa, a The Weinsten Company e expulso da Academia do Oscar, que pretende ter um novo código de conduta após o caso - saiba mais. O Sindicato dos Produtores também baniu para sempre Harvey Weinstein da organização - saiba mais.