Pantera Negra | Publicitário cria campanha de financiamento coletivo para levar crianças do Harlem para assistir o filme da Marvel

Créditos da imagem: Twitter/Reprodução

Filmes

Notícia

Pantera Negra | Publicitário cria campanha de financiamento coletivo para levar crianças do Harlem para assistir o filme da Marvel

Recepção deu origem à vários outros projetos que já arrecadaram US$300 mil

Arthur Eloi
13.02.2018
20h54
Atualizada em
14.02.2018
07h22
Atualizada em 14.02.2018 às 07h22

Assim como Mulher-Maravilha, é impossível negar Pantera Negra tenha altíssima importância cultural. Foi pensando nisso que Frederick Joseph, publicitário de Nova York, começou uma campanha de financiamento coletivo para levar as crianças do Harlem para assistir o novo filme da Marvel.

Inicialmente o objetivo era arrecadar US$10 mil, mas a recepção do público foi tão boa que a campanha coletou US$40 mil e deu início à várias outras pelos Estados Unidos, todas com o objetivo de levar crianças de comunidades negras para as salas de cinema. O Buzzfeed News afirma que já são mais 300 projetos diferentes, com total acumulado de US$300 mil.

"Para mim, representação é uma das coisas mais importantes que existe", disse Joseph ao Buzzfeed. "Quando eu estava crescendo, o arquétipo e os esteriótipos de pessoas negras na mídia eram tipicamente negativos. Se não fossem negativos, nós tínhamos que existir apenas nesse núcleo de atletismo ou figuras históricas, mas e quanto as outras experiências? Por que as nossas não são tão complexas quanto as dos outros?"

Para continuar sua missão, Joseph também abriu a ONG We Have Stories, que se foca "em criar um ambiente equilibrado" para garantir o surgimento de uma nova geração de diretores e roteiristas como Ryan CooglerAva DuVernayPatty Jenkins, entre outros.

Além de  Chadwick Boseman no papel principal, o longa conta com Michael B. Jordan Forest WhitakerDanai Gurira vive Okoye e Lupita Nyong'o interpreta Nakia, as duas principais Dora Milaje do filme. Com direção de Ryan CooglerPantera Negra estreia em 15 de fevereiro.