Fab Morvan, ex-integrante do Milli Vanilli (Reprodução)

Créditos da imagem: Fab Morvan, ex-integrante do Milli Vanilli (Reprodução)

Filmes

Entrevista

“Nós sofremos, mas as gravadoras só lucraram”, acusa ex-Milli Vanilli

Fab Morvan diz que documentário vai fazer justiça ao duo noventista

Omelete
2 min de leitura
04.11.2023, às 06H00.

Fab Morvan quer corrigir uma injustiça. O ex-integrante do Milli Vanilli, duo pop que causou escândalo nos anos 1990 quando foi revelado que seus dois integrantes oficiais, Morvan e Rob Pilatus, não eram donos das vozes que eram ouvidas em hits como “Girl You Know It’s True”, contou ao Omelete como foi lançar um novo olhar para essa história no documentário Milli Vanilli, do Paramount+.

Acho que o filme te coloca na nossa pele, e isso é importante, porque em algum momento as pessoas se esqueceram que eu e Rob éramos dois seres humanos, e que nós não éramos os responsáveis por organizar tudo aquilo”, aponta ele logo de cara. “Havia uma gravadora por trás de nós, e neste filme podemos ver a forma como a indústria fez o Milli Vanilli acontecer. Trinta anos se passaram, e mesmo hoje em dia essas pessoas não admitem que sabiam do que estava acontecendo.

Ele descreve um detalhe técnico nos créditos do disco All or Nothing (1988) como prova de que os executivos sabiam muito bem o que estavam fazendo: na edição original europeia, o álbum não trazia nenhum crédito de vocais, enquanto na estadunidense (lançada um ano depois, sob o novo título Girl You Know It’s True) podia-se ler o nome de Rob e Fab. A mentira, portanto, só se materializou mesmo quando o duo foi “exportado” para o outro lado do Atlântico - por quê?

O que me incomoda mais sobre tudo o que aconteceu, quando olho para trás, foi que os grandes jornalistas de entretenimento nunca investigaram quem estava por trás do Milli Vanilli. As pessoas apontaram o dedo para nós, e quem se machucou fomos nós. A gravadora não, os produtores não... eles só pegaram o dinheiro que fizeram conosco e continuaram suas carreiras, investiram em outros artistas. Eu sinto que sou o pai desses artistas, financeiramente falando”, declara Morvan.

A ideia com o filme, portanto, é desvelar essa história que nunca foi contada para um público que está mais consciente de como a indústria da música funciona”, nas palavras do artista: “É importante que entendam que eu e Rob fomos usados. Tudo o que aconteceu até o momento em que lançamos um disco que não tinha a nossa voz foi organizado [pelo produtor] Frank Farian, que fez a mesma coisa com outros artistas. Ele não estava interessado na nossa voz, só na nossa aparência.

Milli Vanilli está disponível para streaming pelo Paramount+.

Omelete no Youtube

Confira os destaques desta última semana

Omelete no Youtube

Confira os destaques desta última semana

Ao continuar navegando, declaro que estou ciente e concordo com a nossa Política de Privacidade bem como manifesto o consentimento quanto ao fornecimento e tratamento dos dados e cookies para as finalidades ali constantes.