Chadwick Boseman em Pantera Negra

Créditos da imagem: Pantera Negra/Marvel Studios/Divulgação

Filmes

Notícia

Marvel e Kevin Feige não sabiam do câncer de Chadwick Boseman

Ator compartilhou sua condição com pouquíssimos amigos e familiares ao longo dos anos

Arthur Eloi
02.09.2020
14h44

O falecimento de Chadwick Boseman foi uma surpresa para os fãs e para a indústria, já que o ator manteve sua condição - câncer no cólon - um segredo mantido apenas entre família e poucos amigos. Agora, um artigo do Hollywood Reporter ajuda a entender o quão particular era o ator quanto a sua doença, ao ponto de que Kevin Feige e o elenco de Pantera Negra só foram descobrir momentos antes da notícia da morte de Boseman se tornar pública.

Segundo fontes consultadas pelo THR, Boseman também foi pego de surpresa pela sua condição ter piorado tão rapidamente, apesar de ter perdido bastante peso nos últimos meses. Há uma semana, o ator tinha certeza de que venceria a doença e estaria em forma para rodar a continuação de Pantera Negra, com preparação prevista para começar em setembro. O mesmo vale para seus colegas de elenco e para os executivos da Marvel.

Por fim, o artigo diz que “fontes da Disney afirmam que a companhia está lidando com o luto, e está focada em homenagear Boseman, e não na realização da sequência de Pantera Negra”.

Boseman, que ficou conhecido por interpretar o rei de Wakanda, T'Challa, nos cinemas, morreu aos 43 anos, vítima de um câncer de cólon. Lançado em 2018, Pantera Negra, o filme, foi um dos maiores sucessos do estúdio Marvel, arrecadando mais de US$ 1,3 bilhão nas bilheterias.

Na pele de T'Challa, rei da nação fictícia de Wakanda, Boseman tornou-se símbolo do aumento da representatividade na cultura pop, popularizando gestos e expressões como "Wakanda Forever".