Filmes

Notícia

Highlander | Diretor diz que remake será uma aventura romântica

"É sobre uma pessoa que tenta dividir a imortalidade com outra pessoa", diz Juan Carlos Fresnadillo

Marcelo Hessel
17.03.2012, às 00H00
ATUALIZADA EM 21.11.2016, ÀS 05H02
ATUALIZADA EM 21.11.2016, ÀS 05H02

Em agosto de 2011, o diretor Justin Lin (Velozes e Furiosos 5 - Operação Rio) deixou a direção do remake de Highlander - O Guerreiro Imortal e foi substituído por Juan Carlos Fresnadillo (Extermínio 2). Agora o espanhol fala sobre a refilmagem.

highlander

None

Ao AICN, Fresnadillo disse que Highlander deve ser seu próximo filme - e a ideia é trabalhar o drama da eternidade. "Se fizermos o filme, eu adoraria seguir o personagem e tentar sentir o que é sofrer a maldição de ser eterno. Você vence o tempo, mas percebe que as coisas mais belas, as coisas que você ama, estão morrendo. Você não pode amar ninguém, porque vai perder as pessoas", disse.

"Eu adoraria lidar com essa questão de um jeito forte no filme, e ao mesmo tempo entender a conexão maior com o universo: 'por que sou imortal, por que sou o escolhido?'. Nesse sentido, o filme é um épico. Pra mim, é uma aventura romântica sobre uma pessoa que tenta dividir a imortalidade com outra pessoa. Não quero contar demais, mas haverá uma revelação nesse filme que se relaciona com isso, de um jeito bem forte e profundo", completou.

A produção da Summit Entertainment e a Neal Moritz Productions tem roteiro de Art Marcum e Matt Holloway, dois dos corroteiristas de Homem de Ferro. A ideia é que as filmagens comecem ainda neste semestre.

Ao continuar navegando, declaro que estou ciente e concordo com a Política de Privacidade bem como manifesto o consentimento quanto ao fornecimento e tratamento dos dados e cookies para as finalidades ali constantes.