Foto de Harvey Weinstein

Créditos da imagem: Angela Weiss / AFP

Filmes

Notícia

Harvey Weinstein testa positivo para o coronavírus na prisão, diz site

Ex-produtor foi condenado à 23 anos de prisão

Camila Sousa
23.03.2020
10h33

Segundo o Deadline, Harvey Weinstein testou positivo para o coronavírus dentro da prisão em Nova York. O site diz que a informação foi confirmada pelas autoridades policiais da região e que Weinstein está em isolamento médico. Já a representante do ex-produtor, Juda Engelmayer, afirmou que “ainda não ouvimos nada sobre isso. Não posso te falar sobre o que não sei”.

Atualmente com 68 anos, Weinstein foi transferido para o presídio de segurança máxima Wende Correctional Facility no último dia 18 e seria o segundo preso do local em isolamento por testar positivo para o vírus. O site diz que não está claro se Weinstein pegou o vírus na penitenciária ou no hospital em Manhattan onde ficou internado nas últimas semanas.

O ex-produtor de Hollywood foi condenado a 23 anos de prisão por estupro e crimes sexuais. A pena é referente ao julgamento na cidade de Nova York, sendo que ela pode aumentar com o processo em andamento em Los Angeles. Em decisão unânime, o júri sentenciou Weinstein como culpado por estupro e atos sexuais criminosos em duas de cinco acusações.

Efeito Coronavírus na cultura pop

O COVID-19 é uma nova mutação da família coronavírus que está se espalhando em ritmo alarmante desde dezembro de 2019. A China foi o primeiro país vítima da epidemia, com infecções e mortes confirmadas em todas as suas províncias. Desde então, a presença do vírus foi confirmada em quatro continentes - incluindo a América do Sul, com casos no Brasil, Argentina e Chile.

Filmes como 007 - Sem Tempo Para Morrer, Velozes e Furiosos 9, Um Lugar Silencioso 2, Mulan, Novos Mutantes entre outros, tiveram suas estreias adiadas por causa da pandemia. Entre 13 e 15 de março, os Estados Unidos registraram sua pior arrecadação em 20 anos nas bilheterias.