Era Uma Vez Em... Hollywood | Ex-integrante da Família Manson aprova o filme

Créditos da imagem: Era Uma Vez em... Hollywood/Sony Pictures/Divulgação

Filmes

Notícia

Era Uma Vez Em... Hollywood | Ex-integrante da Família Manson aprova o filme

Cuidado com spoilers abaixo!

Julia Sabbaga
16.08.2019
14h48

[Cuidado com spoilers!]

Dianne Lake, ex-seguidora de Charles Manson e integrante da Família Manson, aprovou o final de Era Uma Vez Em... Hollywood, que muda os acontecimentos dos assassinatos Tate, de 1969. No fim do filme de Quentin Tarantino, ao invés dos seguidores de Manson assassinarem cinco pessoas na residência de Sharon Tate, eles são brutalmente assassinados pelos protagonistas do longa, Rick Dalton (Leonardo DiCaprio) e Cliff Booth (Brad Pitt). 

"Sabe, eu amava aquelas pessoas. É difícil. Mas eles cometeram estes atos horríveis, brutais... Eles cometeram caos. É apenas justo que sintam o caos cometidos neles mesmos".  

Lake, que era conhecida como Snake na época, é interpretada por Sydney Sweeney no longa. Ela ainda falou sobre a motivação real de Manson, que não foi explorada no longa:

"Sei que muita gente acha que isso é besteira, mas eu estava lá. Ele falava sobre uma guerra racial há muito tempo. Quando o Álbum Branco saiu, era "Helter Skelter". Mas ainda era uma guerra racial que ele preparava. E quando acabasse, Charlie e sua Família sairíam das cinzas e repopulariam a Terra, arrumando tudo. Charlie achava que era Messias. Ele achava que era Cristo. Era simplesmente louco". 

Com Leonardo DiCaprioBrad Pitt Margot Robbie no elenco principal, Era Uma Vez Em... Hollywood acompanha Rick Dalton, ex-astro de uma série de TV, e seu dublê de longa data, Cliff Booth, durante o ano de 1969. A estreia no Brasil está marcada para 15 de agosto.