Dumbo | Veja as referências à animação original

Créditos da imagem: Dumbo/Walt Disney/Reprodução

Filmes

Lista

Dumbo | Veja as referências à animação original

Filme estreia nesta semana

Mariana Canhisares
26.03.2019
17h33
Atualizada em
27.03.2019
17h03
Atualizada em 27.03.2019 às 17h03

O diretor Tim Burton pode ter algumas alterações na história original de Dumbo, mas a verdade é que não faltam referências à animação no live-action. Confira a seguir dez delas:

Abertura + trem

Dumbo/Walt Disney/Reprodução

À sua maneira, Burton recriou a abertura do original. Como na animação, o mapa da Flórida e o trem saindo da estação são os elementos para situar o espectador do caráter itinerante do circo. O modo como o live-action recria esses momentos é divertido porque, ainda que o meio de transporte não fale, sua estrutura simula o sorriso que ele tem no primeiro filme.

Cegonhas

Dumbo/Walt Disney/Reprodução

Em vez de presumir que o público acredita na história da cegonha, isto é, mostrando a entrega de um filhote para a mãe, os pássaros aparecem no live-action de forma mais metafórica, apenas indicando o nascimento de Dumbo.

Músicas

O live-action de Dumbo não é um musical, mas tem ao menos duas das canções do filme original. Além de “Baby of Mine”, que toca nos trailers, Danny DeVito também cantarola “Loading the Train”.

Ratinho Timóteo

Dumbo/Walt Disney/Reprodução

Reencontro com Sra. Jumbo

Dumbo/Walt Disney/Reprodução

Um dos momentos mais emocionantes da animação não poderia ficar de fora do live-action. Tim Burton colocou todos os elementos que tornaram o momento tão dramático: os avisos injustos de perigo, as correntes no calcanhar da Sra. Jumbo e a felicidade do reencontro.

Elefantinho bêbado?

Dumbo/Walt Disney/Reprodução

Um dos pontos mais problemáticos da animação é o momento em que o elefantinho fica bêbado. Em pleno século XXI, a cena não é mais aceita e, claro, Burton não a incluiu no filme. Porém, em vez de apenas ignorá-la, o live-action faz uma piada com esse momento. Enquanto Dumbo toma banho, um grupo de artistas bêbados se aproxima dele, para desespero de Danny DeVito. “Sem álcool perto do bebê”, grita o dono do circo.

Número do Dumbo

Dumbo/Walt Disney/Reprodução

Não tem pirâmide de elefantes, mas o número do palhaço está no live-action. Preso em uma torre pegando fogo, Dumbo aparece em meio a vários artistas do circo, cheio de maquiagem. Como no original, ele precisa saltar para se salvar.

Pena + espirro

Dumbo/Walt Disney/Reprodução

O simbolismo da pena para ajudar o protagonista a voar e o espirro que revela suas orelhas gigantes também foram mantidas no live-action.

Desfile do circo

Dumbo/Walt Disney/Reprodução

A chegada dos artistas de circo na cidade também está representado no novo filme. No entanto, a cena ganha ares mais luxuosos, já que eles estão indo em direção à grandiosa Dreamland de V. A. Vandevere (Michael Keaton).

Elefantes rosas alucinantes

Dumbo/Walt Disney/Reprodução

No live-action, Dumbo não precisa beber para ver os elefantes rosas. Na realidade, eles fazem parte do espetáculo da Dreamland em uma das cenas mais bonitas.