Disney deve explorar outros personagens da Marvel em streaming, diz Kevin Feige

Créditos da imagem: Gage Skidmore/Flickr/Divulgação

Filmes

Notícia

Disney deve explorar outros personagens da Marvel em streaming, diz Kevin Feige

Presidente da Marvel Studios comenta vantagens da iniciativa

Julia Sabbaga
27.12.2018
22h52

O presidente do Marvel Studios Kevin Feige afirmou à Variety que a futura plataforma de streaming Disney+ abrirá portas para que o estúdio explore mais personagens dos quadrinhos nas telas:

"Disney+ é uma coisa para ficar realmente animado, por causa da quantidade de personagens que temos e as diversas histórias que podemos contar. As pessoas nos perguntam 'e este personagem, e aquele?'. No cinema, nós temos apenas alguns espaços que podemos preencher. Mas com esta plataforma nós temos mais possibilidades de trazer outros personagens e contar novas histórias, o que é muito único e especial". 

A afirmação foi feita na mesma conversa em que Feige revelou que heróis da Fox podem ser introduzidos ao universo da Marvel já em 2019 - leia mais.
 
O recente cancelamento das séries da Marvel na Netflix pode sugerir que os heróis sejam introduzidos no novo serviço da Disney, mas seu uso é impedido até 2020 - entenda. 

O vai-e-vem entre as duas empresas teve início no fim de 2017, quando a The Walt Disney Company anunciou em dezembro a compra de algumas divisões da 21st Century Fox. No comunicado oficial, as empresas confirmam que o acordo inclui a Twentieth Century Fox Film, Fox Searchlight Pictures, Fox 2000, os estúdios de TV, junto com os negócios internacionais de TV a cabo. A Disney afirma no texto que a compra possibilitará a criação de mais conteúdos, possivelmente para seu serviço de streaming, que tem lançamento previsto para 2019 - leia mais.

Neste ano, o estúdio conseguiu a aprovação do departamento de justiça americano, após aceitar vender alguns canais de esporte. Como a empresa do Mickey já é dona da ESPN, a instituição entendeu que a compra de mais canais do mesmo nicho poderia afetar a livre concorrência nos EUA – saiba mais. Após a oferta anterior da Comcast, a Disney aumentou a proposta de aquisição para US$ 71.3 bilhões.

Desde então, a Disney está lidando com os pormenores da aquisição em cada território diferente onde ambas as empresas atuam. De qualquer forma, parece que as negociações estão na sua reta final já que a 21st Century Fox já está logisticamente preparada para a junção. Fique ligado no Omelete para todos os desdobramentos futuros!