Cena de A Vida Invisível/Canal Brasil

Créditos da imagem: Canal Brasil/Divulgação

Filmes

Notícia

Representante brasileiro na premiação, A Vida Invisível fica fora do Oscar

Academia divulgou lista de semifinalistas da categoria de Melhor Longa Internacional sem filme brasileiro de Karim Aïnouz

Nicolaos Garófalo
16.12.2019
21h26

Pré-indicado ao Oscar de Melhor Longa Internacional, o filme brasileiro A Vida Invisível não integra a lista de semifinalistas da categoria divulgada nesta segunda-feira (16) pela Academia de Artes e Ciências Cinematográficas. O longa de Karim Aïnouz perdeu a disputa para filmes da França, Hungria, Polônia, Espanha, Rússia, entre outros, tirando o Brasil da disputa pela estatueta na categoria.

Por outro lado, o documentário Democracia em Vertigem, dirigido por Petra Costa e distribuído pela Netflix, segue entre os quinze semifinalistas selecionados na categoria de Melhor Documentário.

A Vida Invisível se passa no Rio de Janeiro na década de 50 e acompanha a vida de Euridice, 18, e Guida, 20, duas irmãs inseparáveis. Elas vivem em casa e cada uma tem um sonho: uma quer se tornar uma renomada pianista e outra encontrar o amor verdadeiro. Porém, por conta do pai, elas são forçadas a viver sem a outra. Separadas, elas tomarão controle de seu destino ao mesmo tempo que nunca abrem mão da esperança de serem reunidas.

O elenco conta com Carol DuarteJulia StocklerGregorio DuvivierBárbara SantosFlavia Gusmão e Fernanda Montenegro como atriz convidada.

A Vida Invisível deu a Aïnouz o prêmio da mostra Um Certo Olhar, principal mostra paralela a Cannes.