Filmes

Notícia

Coringa | Ridley Scott rasga elogios à interpretação de Joaquin Phoenix

Após criticar filmes de super-heróis, cineasta faz contraponto com adaptação da DC

Eduardo Pereira
29.11.2021, às 00H26

Depois de criticar os filmes de super-heróis, o cineasta Ridley Scott ofereceu um contraponto elogiando Coringa, filme dedicado a uma livre interpretação sobre a origem de um dos principais vilões da DC. Segundo o veterano de 84 anos, foi a atuação de Joaquin Phoenix como o personagem-título que o levou a escalá-lo no papel de Napoleão Bonaparte em seu próximo filme, Kitbag.

"Ele é elegante o bastante para conter sua raiva e dizer: 'O que homens mais velhos, sábios que eu podem dizer no meu lugar?' Então, é quase shakesperiano, e eu acho que Joaquin pode fazer qualquer coisa. Então, quando ele faz algo como Coringa, há momentos que eu nunca vi antes. Há reações que são bobas. Você não pode dizer que elas não são más. Elas vêm de uma alma danificada. E é isso que estou procurando", afirmou Scott.

Joaquin Phoenix em Coringa
Warner Bros./Divulgação

Kitbag é descrito como uma biografia sobre a ascensão de Napoleão, de sua origem até se tornar imperador. A trama mostrará tanto seu relacionamento complicado com Josephine, sua mulher, e também suas vitórias e estratégias militares.

O filme será roteirizado por David Scarpa, que escreveu Todo o Dinheiro do Mundo para Scott. Além de produzir através de sua produtora, Scott Free, o cineasta deve também dirigir. Ainda não há previsão de estreia para Kitbag.

Conteúdo Patrocinado

Ao continuar navegando, declaro que estou ciente e concordo com a Política de Privacidade bem como manifesto o consentimento quanto ao fornecimento e tratamento dos dados e cookies para as finalidades ali constantes.