Daniel Craig como 007

Créditos da imagem: MGM/Divulgação

Filmes

Notícia

007 na Rússia! Danny Boyle revela detalhes de filme cancelado do espião

Cineasta foi escalado para o filme de despedida de Daniel Craig, mas acabou substituído

Omelete
2 min de leitura
Eduardo Pereira
10.05.2022, às 20H56

O cineasta Danny Boyle teria dirigido o último filme de Daniel Craig como James Bond, não fossem as famosas "diferenças criativas" que teve com os produtores da franquia 007Barbara Broccoli e Michael G. Wilson. Em entrevista à Esquire UK (via Variety), o diretor revelou alguns detalhes do que planejava para o personagem, antes de ver o projeto cancelado e substituído por 007 - Sem Tempo Para Morrer (2021).

"Eu lembro de pensar: 'Eu realmente deveria me envolver com franquias?' Porque eles não costumam querer algo diferente", afirmou Boyle. "Eles querem que você dê uma refrescada, mas não desafie nada, e nós queríamos fazer algo diferente com isso. Estranhamente — teria sido algo muito atual, agora — tudo seria situado na Rússia, que foi evidentemente de onde veio Bond, da Guerra Fria. O filme se passava na Rússia dos dias atuais e retomava a origem do personagem, e eles só perderam a confiança nisso. Foi uma pena, realmente".

À época de sua saída do projeto, Boyle foi envolvido por rumores que afirmavam que sua saída se deu por conta de um conflito sobre a ideia de matar James Bond, algo que [SPOILER] acontece em 007 - Sem Tempo Para Morrer. Segundo o cineasta, entretanto, o que o filme de Cary Joji Fukunaga guarda de maior similaridade com seus planos é outro detalhe. "A ideia que eles usaram de maneira diferente era a de um filho para James Bond", explicou.

Sobre eventualmente tentar outra vez com a saga, o cineasta foi categórico: "Acho que não". Entretanto, ele eu seu pitaco sobre quem deveria substituir Craig como o espião mais famoso do mundo: Robert Pattinson (Batman) ou Paapa Essiedu (I May Destroy You).

O último filme de Craig como Bond, 007 - Sem Tempo Para Morrer, foi lançado no ano passado e arrecadou mais de US$ 770 milhões nas bilheterias mundiais. Atualmente, o longa está disponível para streaming pelo NOW.

Omelete agora tem um canal no Telegram! Participe para receber e debater as principais notícias da cultura pop (t.me/omelete).

Acompanhe a gente também no Youtube: no Omeleteve, com os principais assuntos da cultura pop; Hyperdrive, para as notícias mais quentes do universo geek; e Bentô Omelete, nosso canal de animes, mangás e cultura otaku.

Conteúdo Patrocinado

Ao continuar navegando, declaro que estou ciente e concordo com a Política de Privacidade bem como manifesto o consentimento quanto ao fornecimento e tratamento dos dados e cookies para as finalidades ali constantes.