PETA quer que Disney divulgue adoção de animais após trailer de Cruella

Créditos da imagem: Divulgação

Filmes

Notícia

PETA quer que Disney divulgue adoção de animais após trailer de Cruella

ONG quer aproveitar repercussão da personagem para falar sobre adoção - e não compra - de bichinhos de estimação

A cozinha
22.02.2021
11h00

Após a divulgação do primeiro trailer de Cruella, a ONG PETA divulgou um comunicado pedindo que a Disney use o filme para divulgar campanhas de adoção de animais.

A ideia da instituição é evitar o que aconteceu na época do lançamento do filme 101 Dálmatas, em 1996, quando os abrigos de animais ficaram cheios de dálmatas que foram adotados ainda filhotes diante da empolgação com o longa, mas foram abandonados quando cresceram.

Segundo o PETA, a personagem Cruella “destaca a crueldade de usar pele ou pêlos de cachorros” e também pode ajudar o público a entender que os animais são “indivíduos e não acessórios".

Craig Gillespie, diretor de Eu, Tonya, comanda Cruella, com roteiro de Tony McNamara. Stone é a protagonista do filme, que é focado nas origens da personagem durante a década de 1980. Glenn Close, que foi a Cruella nos filmes anteriores, será produtora-executiva dessa nova versão, descrita pelo Hollywood Reporter como tendo "uma vibe punk".

Cruella tem estreia prevista para maio de 2021 pode ser lançado no Disney+

 

Ao continuar navegando, declaro que estou ciente e concordo com a Política de Privacidade bem como manifesto o consentimento quanto ao fornecimento e tratamento dos dados para as finalidades ali constantes.