Filmes

Notícia

Os Vingadores | Joss Whedon escreve carta de agradecimento aos fãs

Diretor também renega rivalidade entre filmes de super-heróis

Érico Borgo
09.05.2012
12h32
Atualizada em
29.06.2018
02h48
Atualizada em 29.06.2018 às 02h48

Em uma longa carta publicada em seu site, o diretor de Os Vingadores - The Avengers, Joss Whedon, agradeceu aos fãs pelo sucesso do filme.

Joss Whedon

None
Joss Whedon

Vingadores

None

"As pessoas me dizem que minha vida está prestes a mudar. Tenho certeza de que isso é verdade - e toda a mudança é empolgante, eu acho - e talvez eu seja reconhecido na Comic-Con e possa comprar um jantar de primeira - de primeira MESMO, com trufas e essa coisa toda.

Mas o que não vai mudar é o que realmente importa. O que não muda é que eu tenho o grupo de - nem vou chamar de fãs, vou chamar de "galera" - mais leais e inteligentes, articulados e apaixonados seguidores que eu poderia querer. Quando ninguém estava prestando atenção em mim, quando as pessoas provavelmente não deveriam mesmo estar prestando atenção em mim, eu tinha três constantes: minha família, meus colaboradores e vocês [...] pessoas que sempre me fizeram sentir a verdade deste trabalho: ser uma artista é se comunicar com o público. Comunicação esta que chega ao ponto da colaboração.

Então este sou eu, dizendo OBRIGADO a vocês. A todos vocês. Vocês que levaram tanta pedrada por apreciar meu trabalho e que agora podem sair e gritar "eu não te disse?'", completou.

O diretor segue respondendo algumas perguntas de fãs, a começar pela mais insistente de todas: como ele se sente com a "competição" entre Os Vingadores e Batman - O Cavaleiro das Trevas Ressurge?

"ESTE NÃO É UM JOGO. Nossos sucessos dependem um do outro. Estamos em um negócio de provar que filmes de super-heróis não são apenas bonitinhos, são TRUFAS. As pessoas adoram colocar um cineasta contra o outro, mas acho que essas pessoas estão muito equivocadas. Tanto faz quanto dinheiro Batman faça na sua primeira semana, o que importa é que EU definitivamente estarei na fila e que Nolan e Raimi REINVENTARAM o gênero dos super-heróis (sem esquecer Jon Favreau e James Gunn). Fico feliz de estar entre eles".

Whedon também diz que, para ele, sua maior conquista no filme foi a maneira como eles retrataram o Hulk.

A carta completa, em inglês, está aqui.

Acompanhe a cobertura completa do Omelete com crítica, entrevistas, vídeos, fotos e notícias. Veja também cinemas e horários onde o filme está sendo exibido.

Ao continuar navegando, declaro que estou ciente e concordo com a Política de Privacidade bem como manifesto o consentimento quanto ao fornecimento e tratamento dos dados para as finalidades ali constantes.