Cena de Top Gun: Maverick

Créditos da imagem: Paramount/Divulgação

Filmes

Artigo

Top Gun reúne fãs de aeronáutica, Lady Gaga e Tom Cruise em São Paulo

Evento da Paramount surpreendeu ao exibir Top Gun: Maverick pela primeira vez ao público

Omelete
4 min de leitura
Eduardo Pereira
14.05.2022, às 10H21

Em noite de sexta-feira 13, reuniram-se sob um mesmo teto fãs de aeronáutica, de Lady Gaga e de Tom Cruise — mas o objetivo não foi a execução de nenhum ritual oculto para invocar um boeing com show ao vivo da "Mother Monster", pilotado pelo astro americano. Em evento organizado pela Paramount Pictures para celebrar os 36 anos de Top Gun - Ases Indomáveis (1986), alguns poucos sortudos entusiastas puderam assistir à aguardada sequência, Top Gun: Maverick (leia a crítica aqui), quase duas semanas antes de sua estreia oficial.

A notícia foi dada de surpresa, com todo mundo já sentado na sala de número 1 do cinema do Shopping Eldorado, na Zona Oeste de São Paulo. O ator e apresentador Max Fercondini foi quem abriu os trabalhos, saudando o público e agitando a galera. Em seguida, confidenciou: "Além de ator, eu também sou piloto de avião desde 2007. É uma paixão que eu tenho desde de criança... Eu me tornei piloto por conta daquele filme". Max apresentou Luciana Falcão, diretora de marketing da Paramount, que também fez coro à devoção pelo clássico dirigido por Tony Scott: "Assisti a Top Gun quando tinha 11 anos, no cinema".

Juntos, Fercondini e Falcão fizeram suspense: reforçaram que o filme exibido ali seria o Top Gun original, não a sequência, mas logo foram desmentidos. Ocupando toda a tela, um Tom Cruise de cabelos mais longos do que aqueles que exibe em Maverick anunciou que os presentes na sala seriam "os primeiros" a assistirem à nova produção. O som que se seguiu poderia se equiparar ao do ligar de motores de um jato McDonnell Douglas F/A-18 Hornet, mas foi só o resultado da empolgada celebração de todos os presentes; grupo que incluía uma caravana animada de "Little Monsters", um casal que se casou ao som da trilha sonora do filme de 1986, alguns corajosos que se tornaram pilotos por causa de Top Gun, e muito mais.

Gabriel Toledano, 34 anos, foi um desses fãs tornados pilotos pela devoção a Top Gun que assitiu ao novo filme. Dono do canal Aerocast, no YouTube, ele relembrou a relação antiga com o filme. "Quando passou na Sessão da Tarde pela primeira vez, e eu nem sabia que existia, foi absolutamente sensacional. Eu não entendia nada do que estava acontecendo, mas uma criança de 12 anos vendo aquelas cenas de ação, aquela trilha sonora, aí eu me apaixonei perdidamente". Sobre Maverick, Toledano destacou o emocionante retorno de Val Kilmer, como Iceman: "Uma cena linda, linda, linda".

A participação do astro de Batman: Eternamente, que perdeu boa parte de sua capacidade de fala após a luta contra o câncer retratada no documentário Val, esteve entre as mais elogiadas pelos fãs, ao final da sessão. Só que, para Andreia de Cássia Ferreira, o maior chamariz foi mesmo a volta de Cruise ao cockpit e todo o sentimento que ela trouxe. "O que a gente mais está curtindo é a nostalgia", afirmou. "O resgate dos anos 1980 e 1990 dá um calor no coração, ainda mais eu que sou dos anos 1970, estou quase cinquentona... O Tony Scott com certeza está feliz, onde quer que ele esteja".

Um dos mais veteranos no evento, o aviador Laerte Gouveia, de 62 anos, voltou aos seus 27 anos de idade, quando assistiu ao filme original. "Eu asssiti junto ao Carlos Edo e Fernando Paes de Barros [também aviadores], e a gente parecia três moleques pulando na cadeira e gritando no cinema. Porque, aqui, tá cheio de aviador, mas lá, foi no Cinerama da São João, todo mundo pensou que a gente era louco", brincou, antes de dar seu selo de aprovação a Maverick: "Padrão Top Gun".

Top Gun: Maverick acompanha Pete Mitchell (Cruise) depois de mais de trinta anos de serviço como um dos principais aviadores da Marinha. Atualmente ele é um corajoso piloto de testes e continua evitando o seu avanço na patente, que o colocaria fora das aeronaves.

Agora, quando ele precisa treinar um destacamento de graduados Top Gun para uma missão especializada da qual nenhum piloto vivo jamais participou, Maverick conhece o tenente Bradley Bradshaw (Miles Teller), filho do falecido amigo de Maverick e Oficial de Interceptação de Radar, tenente Nick Bradshaw.

Top Gun: Maverick chega aos cinemas em 26 de maio.

O Omelete agora tem um canal no Telegram! Participe para receber e debater as principais notícias da cultura pop (t.me/omelete).

Acompanhe a gente também no YouTube: no Omeleteve, com os principais assuntos da cultura pop; Hyperdrive, para as notícias mais quentes do universo geek; e Bentô Omelete, nosso canal de animes, mangás e cultura otaku.

Conteúdo Patrocinado

Ao continuar navegando, declaro que estou ciente e concordo com a Política de Privacidade bem como manifesto o consentimento quanto ao fornecimento e tratamento dos dados e cookies para as finalidades ali constantes.