31 sustos marcantes do terror

Filmes

Lista

31 sustos marcantes do terror

Como tradição de outubro, retornamos com a nossa lista atualizada diariamente

Omelete
2 min de leitura
31.10.2023, às 10H52.

Outubro está entre nós e, com ele, chega um dos momentos mais aguardados do ano aqui no Omelete: a nossa lista de 31 filmes. Desde 2019, o Halloween aqui no nosso site é marcado por um ritual específico em que relembramos o gênero de terror de um jeito sempre especial. Primeiro foram os filmes essenciais do terror, depois as cenas icônicas dos filmes e então os melhores personagens e, no ano passado, foram as morte impactantes. Para marcar 2023, voltamos para homenagear um dos maiores elementos que marcam inúmeros filmes do gênero: o susto.

Não é todo filme que tem, mas tem filme que tem um monte e, como você vai ver na nossa lista, tem diretor que é mestre na arte. Seja aquele susto que vem desprevenido ou aquele cheio de aquecimento, estes pequenos momentos marcantes merecem sua lista própria.

Confira abaixo a nossa lista de 31 sustos marcantes do terror, um para cada dia de outubro. A lista será atualizada diariamente, de hoje (01) até a nossa linda data comemorativa favorita, o Halloween.

01/10 - A palminha de Invocação do Mal

Nada melhor do que começar nosso aquecimento para o Halloween com James Wan um susto praticamente unânime entre nós: a famosa cena da palminha no primeiro filme de Invocação do Mal. Esse é daqueles sustos que você sabe que está por vir, mas quando acontece, você descobre que não estava tão preparado assim.

Certa noite, após checar se suas filhas estavam bem, a matriarca Carolyn ouve barulhos estranhos pela casa – que havia sido amaldiçoada anos atrás por uma mulher chamada Bathsheba. Um desses sons a leva até o escuro porão da residência, onde acaba caindo da escada. No meio da vasta escuridão, a mulher se desespera e apela para uma caixa de fósforos na tentativa de enxergar alguma coisa. E é nessa cena que um dos maiores sustos da franquia acontece: um par de mãos aparece batendo palmas atrás da mulher, chamando para uma espécie de “brincadeira” e tornando tudo escuro novamente, provocando gritos desesperados vindos de Carolyn. Se você não gosta de levar sustos em filmes de terror (o que é quase impossível), recomendamos esperar até algum item mais “leve” dessa lista.

Onde assistir: disponível na HBO Max.

02/10 - Michael Myers sai do armário em Halloween

O clássico de 1978 (que marcou todas as nossas listas especiais de outubro até hoje) não é sempre lembrado por seus jumpscares, mas isso não é por escassez de sustos. Com pouco mais de 1 hora e 40 minutos de duração, John Carpenter construiu um terror bem mais baseado na figura crescente e aterrorizante de Michael Myers, que geralmente vai chegando aos poucos - mas quando ele quer te assustar subitamente, ele faz isso muito bem. 

Existem alguns jumpscares louváveis em Halloween - inclusive um logo no começo, quando a enfermeira e o Dr. Loomis chegam no hospital psiquiátrico -, mas o personagem de Bob é o que mais rende pulos no sofá. A sua morte, uma das cenas mais lindas do filme, é marcada por um baita susto, quando Michael surge do nada de dentro do armário da cozinha. É uma surpresa adorável, porque o movimento nem vem do assassino mas do próprio Bob, que sai abrindo todas as portas do cômodo sem fazer ideia do que poderia vir em sua direção. 

Onde assistir: disponível no Prime Video, MUBI e Paramount+.

03/10 - A garota embaixo da cama em O Sexto Sentido

Essa é apenas a primeira participação de M. Night Shyamalan por aqui, e vamos começar com um dos filmes mais icônicos da carreira do diretor: O Sexto Sentido. Apesar dos inúmeros sustos ao longo de seus 88 minutos, um dos momentos mais marcantes da produção é quando o braço de Kyra (Mischa Barton) surge debaixo da cama. 

Após encontrar o fantasma da garotinha que faleceu precocemente, Cole (Haley Joel Osment) aceita o pedido da mesma para comparecer em seu funeral acompanhado por Malcolm (Bruce Willis). Quando o menino entra no quarto de Kyra em busca de pistas para desvendar a sua morte, ele logo é surpreendido por uma mão surgindo debaixo da cama e agarrando sua perna. É claro que a trilha sonora de toda sequência te prepara para o susto, mas ainda assim ela sempre te pega de surpresa.

Onde assistir: disponível no Star+

04/10 - A porta do abrigo em Corrente do Mal

É até curioso que a aparição das criaturas de Corrente do Mal nos assustem. A única coisa da qual temos certeza, durante o filme inteiro, é que elas estão atrás dos nossos personagens e vão aparecer, inevitavelmente, em um momento ou outro. O que é admirável, portanto, é a habilidade do diretor David Robert Mitchell de nos pegar desprevenidos mesmo assim. Um dos casos mais memoráveis do filme é o surgimento do Homem Alto na porta do quarto - mas como ele chega aos pouquinhos, o momento que entra na nossa lista é outro, que fez muita gente soltar um grito. 

Com todo o grupo de jovens reunido na casa do lago de Greg, Jay é atacada na beira da água por uma garota que puxa seu cabelo. Correndo para a barraca ao lado, ela é assustada pelos movimentos da entidade, que destroem a porta do abrigo fazendo um buraco pelo qual Greg aparece e questiona por que todos estão escondidos. É a aparição de Greg que nos despista - porque Jay vai se aproximando do vão vazio até que finalmente o rosto de uma criança assustadora aparece. 

Onde assistir: disponível na MUBI.

05/10 - O rosto desfigurado de O Chamado

A dor de perder um ente querido é inimaginável, mas tudo pode ser ainda mais traumático se você encontrar sua filha morta e completamente desfigurada dentro de um armário. Esse é, talvez, o susto de maior impacto em O Chamado, por acontecer em um momento de luto e teoricamente “calmo” do longa.

Após o velório da sobrinha, Rachel (Naomi Watts) é confrontada por sua irmã para que ela investigue a causa da morte de sua filha. Ruth (Lindsay Frost) revela como encontrou a garota morta dentro do armário, e o corte seco aliado com uma trilha sonora estridente deixa tudo ainda mais assustador e surpreendente. 

Onde assistir: disponível no Prime Video e HBO Max.

06/10 - A cabeça flutuante em Tubarão

O nosso susto de Tubarão acontece muito antes da ação principal do filme começar, na exploração do barco de um pescador antes mesmo do prefeito declarar a interdição das praias (por mais que isso, claro, demore tempo demais pra acontecer). Mas na procura por provas de que um tubarão é uma ameaça real à cidade, Hooper e Brody saem em uma caçada noturna, e encontram o barco de Ben Gardner. 

A parte mais linda deste jumpscare é que ele é acompanhado pela singela trilha sonora de John Williams. Claro que ela cria uma expectativa discreta para algo que está prestes a acontecer, mas a cabeça flutuante de Gardner aparece do nada, quase que antecedendo a sensação de quando seria o ápice da melodia. O agudo que vem junto também contribui para o nosso próprio pulo.

Onde assistir: disponível no Prime Video e Globoplay

07/10 - O palhaço possuído de Poltergeist - O Fenômeno

Palhaços sempre foram figuras frequentemente utilizadas para aterrorizar adultos e crianças, tanto na vida real como nas telonas. O que ninguém esperava é que Poltergeist - O Fenômeno transformasse um brinquedo, aparentemente inofensivo, em um palhaço possuído pronto para te matar.

A figura, que teoricamente deveria alegrar as crianças, com certeza causou um trauma e tanto em Robbie Freeling (Oliver Robins) ao atacá-lo e o arrastar para debaixo da cama. Aliás, toda a tensão criada até atingir seu clímax torna a sequência extremamente agonizante, fazendo com que o espectador passe um bom tempo em choque com o que viu. E, quem sabe, com um novo medo desbloqueado.

Onde assistir: disponível na HBO Max.

08/10 - A moça atropelada de A Premonição

Quem diria que uma ideia tão simples - que originalmente seria um episódio de Arquivo X - acabaria se tornando uma franquia de filmes, HQs e nove livros. A ótima premissa de Premonição pode ter se prolongado com o tempo, mas fato é que por pelo menos um filme ela funcionou maravilhosamente bem. O slasher em que o assassino é simplesmente a instituição Morte nos rendeu algumas das mortes mais inventivas do gênero - mas uma das mais simples, um atropelamento brusco, é o que entra para nossa lista de sustos. 

Talvez revendo hoje, 23 anos depois do lançamento do filme de James Wong, o atropelamento de Terry não seja tão surpreendente (até porque Regina George passou por algo parecido em Meninas Malvadas, em 2003). Mas ninguém esperava que Terry fosse embora de Premonição tão cedo e tão abruptamente, na passagem de um ônibus cujo barulho e impacto causou grandes sustos por aí. 

Onde assistir: disponível na HBO Max.

09/10 - A morte “a qualquer momento” de Wes Hicks em Pânico V

Pânico 5 pode não ser o melhor filme da franquia, mas podemos dizer que tem uma das mortes mais tensas dentre os seis filmes. Na sequência, os diretores Matt Bettinelli-Olpin e Tyler Gillett elevam a tensão e provocam o espectador com a morte de Wes Hicks (Dylan Minnette) que… nunca acontece quando parece que vai acontecer.

Ao voltar para casa após todo o caos em Woodsboro, Wes tenta levar a vida normalmente por pelo menos alguns minutos. É ali que começa a tortura (pelo menos dos fãs), afinal, são quase 3 minutos esperando pela aparição do assassino, que é intensificada graças a trilha sonora de Brian Tyler. Quando o público finalmente "relaxa", o assassino surge inesperadamente atrás do jovem e acerta a faca em sua jugular, entregando uma sangrenta, assustadora e belíssima cena. Podemos confirmar que a breve passagem de Wes pelo universo de Pânico será lembrada para sempre.

Onde assistir: disponível na Netflix

10/10 - O corta-gramas de A Entidade

Que atmosfera sinistra que Scott Derickson construiu em A Entidade, um dos filmes mais assustadores do terror recente. As lentas descobertas de Ethan Hawke, que acompanham um estado de espírito cada vez mais pesado do protagonista e geram um desconforto crescente, fazem do terror um terreno super frutífero para jumpscares. Esse é o tipo de filme que te deixa vulnerável, então quando ele te dá um susto é pra tremer com o corpo inteiro. 

O melhor deles vem em uma das várias cenas em que o personagem de Hawke assiste às fitas caseiras que ele encontra na sua recém residência, e claro que o momento vem carregado de antecipação. Vemos a casa, a família, a porta…. um corta-gramas pelo jardim. Ele rasteja lentamente, com uma trilha sonora atmosférica, que subitamente sobe, assusta, e uma pessoa surge logo embaixo. É um momento perfeitamente assustador, e a melhor parte é que Ethan Hawke reage quase do mesmo jeito que a gente. 

Onde assistir: disponível no Prime Video, Globoplay, Now e mais.

11/10 - Toda a sequência final de [REC]

É de comum consenso que [REC] é um dos filmes mais tensos do subgênero found footage, principalmente pelo clima pesado e claustrofóbico que o longa consegue criar em pouco mais de 1h e 20 minutos. Apesar da curta duração, a construção do terror aqui é crescente e rápida, assim como o número de infectados e também de mortes que esses "mortos-vivos" causam. 

Após conseguirem escapar dos inúmeros defuntos, Ángela Vidal e o cinegrafista Pablo entram no último quarto do local para tentar sobreviver, nem que seja por alguns minutos. Através da câmera em modo noturno, a figura macabra de Tristana Medeiros – a garota portuguesa que foi possuída por um demônio e responsável pela infecção dos moradores do prédio espanhol–, surge e desaparece na tela, presenteando o público com uma série consecutiva de sustos com sua figura horripilante. Enquanto somos “agraciados” com inúmeros sustos por não saber de onde a ameaça vem, não podemos dizer o mesmo dos protagonistas, que acabam sucumbindo junto com o mal que habita ali.

Onde assistir: disponível em Prime Video, Paramount+ e Pluto

12/10 - As aparições “surpresas” de Pazuzu em O Exorcista

Não é uma, nem duas vezes, mas todos nós sabemos que o demônio Pazuzu aparece de "surpresa" em vários momentos de O Exorcista, garantindo pelo menos alguns pulos no sofá. Apesar das rápidas aparições, a face do mal surge tanto nos momentos caóticos como nos mais tranquilos, fazendo com que o impacto seja ainda maior nas lembranças do público.

Aqui, você pode escolher qual das aparições do capiroto é a sua favorita: quando Regan (Linda Blair) passa por uma série de exames no hospital; quando Chris (Ellen Burstyn) anda pela casa e o próprio mochila de criança aparece ao seu lado; no clímax do exorcismo, quando o tinhoso enfim possui o padre Karras (Jason Miller), e outros vários momentos tenebrosos. O que importa é que a face do cramulhão sempre conseguirá arrancar o susto de alguém e, quem sabe, garantir um trauma para toda a sua vida.

Onde assistir: disponível na HBO Max e Prime Video

13/10 - Alice no laguinho em Sexta-Feira 13

A cena bucólica de Alice no fim de Sexta-Feira 13 é uma das marcantes do terror, muito porque muita gente achou que, até lá, o pior já tinha passado. Alice já havia descoberto quem matou todos aqueles adolescentes do acampamento Crystal Lake e estava aparentemente curtindo a vibe do laguinho - ou, talvez, em estado absoluto de choque. Depois de enfrentar a ótima Pamela Vorhees, Alice achou que estava sã e salva - até Sexta-Feira 13 nos entregar aquele pulo.

A primeira visão que temos de Jason Vorhees – que passaria a assombrar muito mais gente em uma franquia com mais de dez filmes em sua história –, é só aquele rápido e abrupto relance de seu corpo quase decomposto saído do lago Crystal para derrubar Alice. A cena, claro, rendeu muito pulo por aí.

Onde assistir: disponível na HBO Max.

14/10 - O primeiro vislumbre do Demônio do Rosto Vermelho em Sobrenatural

Carinhosamente apelidado de Darth Maul por alguns, o Demônio do Rosto Vermelho é uma figura marcante em toda a franquia Sobrenatural. Sua primeira aparição é, talvez, o ápice do medo dentre os três filmes, principalmente por pegar todo mundo de surpresa.

Durante uma conversa com seu filho Josh (Patrick Stewart), Lorraine (Barbara Hershey) explica sobre o pesadelo que teve na noite anterior, quando viu um demônio parado ao lado da cama de Dalton (Ty Simpkins). Ao terminar o relato sobre o que sonhou, a mulher ouve os mesmos estalos causados pelo capiroto em seu sonho, e é aí que ele surge atrás de seu filho, gritando, e causando ainda mais pânico na família atormentada pela maldição que acompanha o filho. Parece que a segunda passagem de James Wan por aqui não deixa a desejar, até porque é impossível não pular da cadeira!

Onde assistir: disponível na HBO Max.

15/10 - Enfermeira em Exorcista III

Ainda mais após o lamentável O Exorcista: O Devoto, é hora de reconhecer O Exorcista III como a única continuação digna do clássico de William Friedkin. Guiada por William Peter Blatty, autor do livro que inspirou o filme de 1973, a sequência de 1990 é marcante pelo suspense, diálogos afiados, atuação de peso de Brad Douriff e, claro, um dos melhores jumpscares da história.

O susto vem de surpresa no ápice da tensão da trama, quando o detetive Kinderman (George C. Scott) suspeita que o método do maníaco Gemini Killer (Brad Douriff) é sobrenatural. A câmera para no corredor do hospital, o silêncio do turno da noite toma conta e uma enfermeira toca suas tarefas cotidianas. Como espectador, você sabe que algo terrível está prestes a acontecer.

Ainda que Blatty seja um diretor de segunda viagem, o susto demonstra profundo entendimento de ritmo e tensão, brincando com a expectativa do público ao mesmo tempo que os segura pelo pescoço com o suspense sufocante. O desfecho é impactante ao justificar minutos de preparação com uma resolução bizarra e macabra, violenta, mas sutil. Não à toa que o momento foi replicado por várias outras obras e é considerado por muitos como o melhor jumpscare já feito. É um lembrete de que o enorme valor que O Exorcista III tem precisa ser celebrado.

Colaboração: Arthur Eloi

16/10 - A mãozinha do Alien em Sinais

Chegamos ao nosso segundo M. Night Shyamalan da lista com um filme simplesmente recheado de ótimos jumpscares. No longa de 2002, o mestre do suspense nos entregou algumas cenas simplesmente inesquecíveis, como a do alien em Passo Fundo, que entrou, inclusive, para a nossa lista de cenas icônicasMas quando se fala em susto é até difícil escolher: do começo ao fim de Sinais, temos o Alien no telhado, a perninha no milharal, a mão que passa por baixo da porta da dispensa... 

A escolhida para entrar na nossa lista, no entanto, é a mão do alien que surge na ventilação do porão da família Hess. No subterrâneo da casa, todo mundo achou que os quatro integrantes estariam seguros da invasão alienígena, mas quando Graham e Merrill enxergam Morgan na frente da ventilação, a mão de um dos invasores pega o garoto pelo pescoço. A parte mais legal desse susto é rever a cena e perceber que aquela mãozinha camuflada já estava lá antes mesmo do momento. 

Onde assistir: disponível no Star+.

17/10 - O estalo do carro em Hereditário

Um dos filmes mais aterrorizantes dos últimos anos, Hereditário é basicamente uma sequência de cenas traumáticas. Desde a inesquecível cena da morte de Charlie, o filme de Ari Aster mostra a derrocada de uma família inteira em uma narrativa que se baseia muito mais em um medo perene e crescente - mas isso não significa que ele não tenha sua cota de jumpscares. 

Muita gente lembra de Hereditário por cenas como o marido pegando fogo, o Peter batendo a cara na mesa e, claro, a Toni Colette se arrastando pelo teto. Mas a nossa escolha para entrar na lista é um momento super discreto que, exatamente por isso, pegou todo mundo muito desprevenido. Em certo momento do filme, Annie está dirigindo sozinha no carro em silêncio quando - do nada - ouve o familiar estalo de Charlie. É um som tão sutil, mas tão inesperado, que faz o coração pular algumas batidas. 

Observação: entendemos que o vídeo usado para relembrar a cena não é exatamente a cena em si e apenas uma piada com o barulho - mas não encontramos um vídeo melhor para ilustrar a sequência. Sentimos muito. 

Onde assistir: disponível na Netflix e HBO Max.

18/10 - O morto preguiça de Se7en

Já tivemos alguns sustos traumatizantes na nossa lista, mas é possível que o que David Fincher criou para uma cena de Se7en seja o maior deles. A vítima da preguiça, praticamente um zumbi, marcou a cabeça de muita gente que teve dificuldade de esquecer uma cena tão icônica. 

Não basta o visual da vítima, presa em uma cama, mostrada detalhadamente pela câmera de Fincher enquanto Somerset e Mills investigam a cena com um grupo de policiais. Como se isso não fosse o suficiente, Se7en ainda coloca o público bem perto do corpo, preso por um ano, quando um dos tiras começa a falar com o (suposto) cadáver - e subitamente o moribundo tosse e se contorce, surpreendendo a todos no local.

Onde assistir: Disponível na HBO Max.

 

19/10 - A “Mãe” mata Keith em Noites Brutais

Se Bill Skarsgård fez inúmeras vítimas como Pennywise na nova versão de It - A Coisa (calma, ele ainda vai aparecer por aqui), dessa vez ele será a vítima de uma criatura ainda mais bizarra. A premissa do filme é, basicamente, uma mulher que viaja para uma entrevista de emprego e ao chegar ao seu Airbnb, ele já está ocupado por um simpático e misterioso homem, interpretado pelo ator. A tensão até pode começar nesse momento, mas a história esconde algo ainda mais sinistro.

O que o diretor Zach Cregger faz aqui é quebrar completamente suas expectativas, e assim, entregar um dos melhores sustos dos últimos anos. Após Tess (Georgina Cambell) sair em busca de Keith para tentar entender o que está acontecendo na hospedagem, ela dá de cara com um porão extremamente escuro. Caminhando pelo local com apenas a luz de seu celular, Tess encontra um Keith aterrorizado, implorando para irem embora quando... a mão de uma criatura bizarra simplesmente estraçalha a cabeça do homem na parede, batendo várias e várias vezes. Sem piedade. O momento é tão surpreendente que você precisa de alguns minutos para se recompor e entender o que acabou de acontecer ali.

Onde assistir: Disponível no Star+

20/10 - A mendiga de Cidade dos Sonhos

Antes que alguém reclame, sim, tiramos uma certa licença poética para encaixar Cidade dos Sonhos na nossa lista de terror, mas não faríamos isso se o filme de David Lynch não deixasse uma boa margem para ser chamado de terror psicológico. Nesta longa jornada confusa e sinistra liderada por Naomi Watts, muita gente ficou desconfortável - e quase todo mundo levou um dos melhores sustos do cinema.

A cena funciona, praticamente, como um pesadelo que se torna realidade. No momento, o personagem de Patrick Fischler está em uma lanchonete contando um sonho perturbador e recorrente que tem e quando sai do lugar para encarar seus medos, ele lentamente caminha até os fundos do local. Repentinamente, surge então o rosto da mendiga (a Bonnie Aarons, também conhecida como A Freira) de trás de muro. 

Onde assistir: disponível para compra e aluguel no Google Play,Microsoft Store e Apple TV+.

21/10 - Alien ataca Dallas nos dutos de ventilação em Alien - O 8º Passageiro

Estar à deriva no meio do espaço já é assustador por si só, mas isso se torna ainda mais complicado quando um ser não identificado planeja destruir todos os tripulantes da sua nave. A obra-prima de Ridley Scott consegue transmitir toda a tensão e desespero da tripulação da Nostromo, e o melhor: entregar um dos sustos mais memoráveis quando falamos de alienígenas.

A criatura é rápida, extremamente inteligente, e não será nem um pouco intimidada pelos humanos. Ao descer pelos dutos de ventilação em busca do Alien, Dallas (Tom Skerritt) leva consigo um lança-chamas e um sonho. Enquanto isso, Lambert (Veronica Cartwright) checa seus movimentos no centro de controle da nave e mantém contato pelo rádio, sempre alertando que o ser poderia surgir a qualquer momento.

Após interferências na localização, Lambert percebe que Dallas não está sozinho e tenta alertá-lo, mas tudo em vão. Os segundos seguintes são definitivos para Dallas e para a nossa memória: ao olhar em direção ao túnel, Alien surge do nada nos dutos, faz seu barulho característico e acaba com a vida do capitão. Simplesmente memorável (e muito assustador).

Onde assistir: disponível no Star+.

22/10 - A cena da banheira em Revelação

Se existe uma banheira em um filme de terror, pode ter certeza que ela deixará uma marca em sua mente. Se isso foi verdade em O Iluminado, que nos entregou uma moça rastejante absolutamente inesquecível, no filme de terror de Robert Zemeckis de 2000 a banheira veio para entregar um susto louvável. 

Um terror subestimado e clássico das videolocadoras, Revelação traz Harrison Ford e Michelle Pfeiffer como um casal com problemas que acabam se tornando aterrorizantes demais. Na reta final do filme, Claire é paralisada e colocada na banheira, e quando Norman mexe na esposa, sua face se contorce inteira em uma transformação brusca - rendendo um ótimo susto a todos nós. 

Onde assistir: disponível no Star+.

23/10 - Pennywise sai do projetor em It - A Coisa (Parte 1)

Você lembra que citamos Bill Skarsgård alguns itens atrás? Ele garantiu mais um lugar na nossa lista de sustos, mas dessa vez, no papel do bizarro Pennywise em It - A Coisa. Apesar de inúmeros sustos (inclusive, a cena da biblioteca quase entrou nessa seleção), a cena que marcou a nova versão do clássico de Stephen King foi o famoso momento do projetor.

Enquanto as crianças tentam decifrar o que está por trás de todo o caos em Derry, eles encontram algumas pistas que os levam até a Casa do Poço. Após um problema no projetor, inúmeras imagens começam a passar rapidamente, até que uma delas se transforma no próprio palhaço. Mas a bizarrice não para por aí: a criatura salta da imagem, surgindo com seu famoso sorriso assassino e transtornando ainda mais a vida dos jovens.

Onde assistir: Disponível na HBO Max

24/10 - As gêmeas Grady aparecem para Danny em O Iluminado

O Iluminado até pode ser um filme “tranquilo” se você comparar com outros títulos dessa lista, mas é impossível deixar esse clássico de Stanley Kubrick de fora. Além da famosa cena do quarto 237, outro momento marcante da obra é o susto, extremamente sangrento, das irmãs Grady.

Anos antes de Jack (Jack Nicholson) e sua família partirem para o Hotel Overlook, as duas garotinhas foram brutalmente assassinadas por seu pai, Delbert Grady, quando o mesmo foi possuído no local. Com o hotel amaldiçoado desde então, era questão de tempo para que ele fizesse novas vítimas, e a família Torrance parecia a “família perfeita” para isso.

Na cena em questão, enquanto Danny (Danny Loyd) passeia em seu triciclo pelos corredores do hotel, ele dá de cara com as gêmeas, trajadas com um par de vestidos azuis e visualmente “perfeitas”. A seguir, as meninas chamam Danny para brincar, e repetem várias e várias vezes a mesma frase, até que um corte brusco leva para uma cena com as garotinhas mortas e ensanguentadas pelo mesmo corredor do Overlook. Pode até não parecer assustador de início, mas assistir ao momento sem ter a mesma reação de Danny é quase impossível!

Onde assistir: Disponível na HBO Max

25/10 - A aparição da criatura em Abismo do Medo

Em 2005, o gênero do terror recebeu um dos filmes mais divertidos, inesperados e claustrofóbicos dos últimos anos. Apesar de não ter atingido um status de sensação na época de lançamento, Abismo do Medo, de Neil Marshall, virou consenso quando se fala de qualidade, e é difícil achar fã de terror que não saia recomendando ele por aí. 

Além de criar um clima único e desesperador para nossas seis exploradoras que adentram uma caverna sem um mapa, Abismo do Medo entrega alguns jumpscares inesquecíveis - um dos quais, inclusive, figurou na nossa lista de cenas icônicasO mesmo momento retorna aqui: a revelação do visual das criaturas sinistras da caverna. A cena acontece quase no meio do filme, quando nossas personagens estão desesperadas tentando entender o que se passa lá dentro e temos o primeiro vislumbre de uma criatura através da iluminação de uma câmera noturna. É uma cena super inesperada e perfeitamente assustadora.  

Onde assistir: disponível no Prime Video.

26/10 - A mão embaixo da pia em O Conto das Duas Irmãs

O elemento mais aterrorizante de O Conto das Duas Irmãs talvez seja a absoluta confusão que a história do filme traz. Estamos vivos, mortos, somos alucinações, estamos no passado? O filme de Kim Jee-woon insiste em não entregar respostas, mas nos faz sentir envolvidos rapidamente com a jovem Su-mi, que retorna à casa do pai após um período no hospital psiquiátrico. 

Mas além da confusão, O Conto das Duas Irmãs traz também algumas cenas perfeitamente marcantes (quem poderia esquecer daquela sequência com o fantasma no quarto?) e uma delas é um baita jumpscare. Depois de um jantar fora do controle, a madrasta é deixada sozinha na cozinha e investiga o que se passou por ali, e vai aos poucos chegando perto do armário da pia da cozinha. Mesmo depois de ver um vulto por lá, foi difícil não ser pego de surpresa com aquela mão grotesca que aparece subitamente. 

Obs.: este momento acontece no marco de 10 minutos do vídeo acima. 

Onde assistir: disponível no Star+.

27/10 - Valak ataca Lorraine em Invocação do Mal 2

Sim, essa é a terceira participação de James Wan por aqui, mas seria injusto deixar de lado uma das maiores personagens do Invocaverso, quiçá a mais interessante de todos os já apresentados na franquia: a bizarra Valak. Apesar de dois filmes (um tanto questionáveis) focados na freira, foi em Invocação do Mal 2 que ela deu as caras pela primeira vez e ainda entregou um susto um tanto quanto traumatizante.

Após sua filha encontrar a freira amaldiçoada no corredor de sua casa, Lorraine (Vera Farmiga) segue a entidade até o quarto onde seu marido Ed (Patrick Wilson) estava pintando um quadro da mesma. Ela então percebe que não está sozinha após o rádio do cômodo ligar automaticamente (dando o primeiro susto da sequência), e é trancada por uma força maior dentro do quarto. Em seguida, Lorraine observa uma sombra com a forma de Valak transitando pelo quarto e parando atrás da pintura quando, de repente, o quadro com o corpo de da freira simplesmente começa a correr e gritar atrás da mulher. Bem, se você passou dessa cena intacto, já pode comemorar sua resistência a um dos melhores jumpscares da carreira de James Wan!

Onde assistir: disponível na HBO Max.

28/10 - A tinta na cara do Homem Invisível

Depois da terceira (e não se preocupe, última) participação de James Wan na nossa lista, chega o momento do seu colega Leigh Whannell, parceiro do diretor em roteiros desde Jogos Mortais. Em 2020, Whannell lançou um filme repleto de jumpscares que foi, infelizmente, meio que escanteado pela pandemia do Covid-19. O Homem Invisível pode ter tido sua exibição nos cinemas encurtada, mas ele deixou algumas cenas marcadas na cabeça de muita gente. 

Um dos sustos mais memoráveis de O Homem Invisível acontece quando Cecilia está no sótão, em uma cena muito bem construída. Ela sobe até o cômodo e encontra o celular do namorado e o aparelho subitamente recebe a mensagem de texto "surpresa". Rápida, nossa protagonista suspeita não estar sozinha e joga um balde de tinta branca pela escada abaixo, revelando o vulto de Adrian. 

P.S: Aproveitamos o item de O Homem Invisível na lista para lembrar que fizemos também uma seleção dos piores maridos e namorados do terror, e claro que Adrian está por lá também. 

Onde assistir: Disponível no Claro Video e Google Play.

29/10 - Walter aparece correndo no meio da noite em Corra!

A história de Corra! já é um pesadelo por si só, mas Jordan Peele ainda aproveitou a brecha para colocar um susto um tanto quanto sinistro. Quando Chris (Daniel Kaluuya) acorda no meio da noite, ele decide tomar um ar fresco e aproveitar para fumar.

A "primeira parte" do susto começa assim que ele passa pelo corredor da casa, onde vemos Georgina (Betty Gabriel) andando de uma porta para outra e um som estridente que faz qualquer um tremer no sofá. Ao chegar no jardim da casa dos Armitage, Chris percebe que algo estranho está acontecendo e vislumbra Walter correndo em sua direção. 

Ao se aproximar cada vez mais, é óbvio que ele vai atacar Chris, correto? Errado, ele simplesmente desvia e vai para outra direção. Mas não para por aí, quando Chris volta para a casa tentando entender o que acabou de acontecer, dá de cara novamente com Georgina, que parece estar em completo transe olhando pela janela. E esse é um dos momentos mais “levinhos” de Corra!, tá? 

Onde assistir: Disponível na Netflix, Star+, Prime Video e mais

30/10 - A moça no carro em Espíritos

Em 2004, a Tailândia nos entregou um dos filmes mais aterrorizantes dos últimos anos: Espíritos - A Morte Está ao Seu Lado, ou Shutter, longa que viria a ganhar diversas versões, incluindo o remake americano quatro anos depois. No filme, um casal atropela uma garota na sequência inicial, não faz nada sobre isso, e eles e seus amigos começam a ser assombrados por eventos sinistros. 

Lá pelo meio de Espíritos existe uma cena horripilante, que se não bastasse seu suspense crescente, termina com um baita jumpscare. Aqui, Natre, a garota atropelada no meio do filme, surge para assombrar Tun enquanto ele dirige, e depois de rastejar na janela ao lado, aparece subitamente no vidro da frente do carro. É uma visão linda - e difícil de esquecer. 

Onde assistir: disponível no Google Play.

31/10 - O final de Carrie

Depois de 30 ótimos sustos, finalizamos nossa lista dos jumpscares marcantes com o que arriscamos chamar do melhor de todos - e um dos mais influentes até hoje. A sequência final de Carrie (1976), de Brian De Palma, foi inspirada no final de Amargo Pesadelo (também conhecido como Deliverance), mas deixou um legado visível também, em cenas finais que até já apareceram aqui: a de Sexta-Feira 13. 

Carrie é diversas vezes relembrado pelo banho de sangue na festa de formatura, uma das sequências mais icônicas do cinema. Mas a sua última cena surpreendeu todo mundo. Depois de criar o inferno na Terra, resolver em violência o conflito entre Carrie e a mãe, literalmente colapsar a casa da jovem, o filme de De Palma tranquiliza para a sequência de sonho de Sue. Embalada por uma canção de ninar - e filmada de trás para frente para transmitir a sensação de estranheza - a cena em que Sue vai até a casa de Carrie para prestar sua homenagem parece um fim sereno para o longa. Mas é aí que inesperadamente a mão de Carrie sai do chão e agarra o braço da garota. O que contribui para a qualidade da cena também é que a própria Sissy Spacek estava lá enterrada - apesar da insistência de De Palma por um dublê, a atriz fez questão de ser enterrada e participar da icônica sequência final. 

Onde assistir: disponível no Prime Video.

Omelete no Youtube

Confira os destaques desta última semana

Omelete no Youtube

Confira os destaques desta última semana

Ao continuar navegando, declaro que estou ciente e concordo com a nossa Política de Privacidade bem como manifesto o consentimento quanto ao fornecimento e tratamento dos dados e cookies para as finalidades ali constantes.