John Boyega e Oscar Isaac em Star Wars: A Ascensão Skywalker

Créditos da imagem: Star Wars: A Ascensão Skywalker/Divulgação

Filmes

Notícia

Star Wars | Disney retira beijo LGBT de Ascensão Skywalker em Singapura

Cena, por menor que fosse, poderia elevar classificação indicativa para 18 anos no país

Arthur Eloi
24.12.2019
15h41
Atualizada em
26.12.2019
08h47
Atualizada em 26.12.2019 às 08h47

A Disney irá censurar um trecho de Star Wars: A Ascensão Skywalker para driblar a classificação etária em Singapura. (Leves spoilers de A Ascensão Skywalker a seguir) O momento em questão é o primeiro beijo entre duas mulheres da franquia, que acontece rapidamente durante os momentos finais do filme [via The Guardian].

O relato é do departamento de regulamentação do país, que cita que a própria Disney cortou o clipe para garantir que a classificação indicativa não ficasse acima dos 13 anos de idade. Caso a cena tivesse no filme, a classificação subiria para 18 anos. FIlmes focados em temáticas LGBT, por sua vez, são restritos para maiores de 21 anos de idade.

A medida se dá porque na Singapura, o casamento homossexual é ilegal, com sexo entre dois homens, especificamente, sendo considerado crime digno de até dois anos de cadeia. Para mulheres, segundo a organização LGBT Stonewall, a lei se aplica de forma silenciosa. Leia a descrição da cena de A Ascensão Skywalker aqui.

Star Wars: A Ascensão Skywalker foi um dos destaques durante a CCXP19. O painel reuniu Daisy Ridley, John Boyega, Oscar Isaac e o diretor J. J. Abrams para celebrar o lançamento do último capítulo da saga.

O longa já está em cartaz.