Daisy Ridley como Rey em Star Wars: A Ascensão Skywalker

Créditos da imagem: Star Wars: A Ascensão Skywalker/Divulgação

Filmes

Notícia

Star Wars | J.J. Abrams afirma que Episódio VIII não estragou Ascensão Skywalker

Diretor garante que polêmico filme de Rian Johnson não mudou nada do planejamento original

Arthur Eloi
04.09.2019
13h59

Os Últimos Jedi (2018) é um dos mais polêmicos filmes da franquia Star Wars, tendo decidido ignorar muitos dos mistérios estabelecidos por O Despertar da Força (2015). Assim, muitos fãs se preocupam que o capítulo do meio tenha complicado as coisas para a conclusão da trilogia, A Ascensão Skywalker (2019) - mas o diretor J.J. Abrams diz que isso não será um problema.

Em entrevista com o Entertainment Tonight, Abrams foi claro: “A história que concebemos em O Despertar da Força continuará sem problemas. O Episódio VIII não descarrilou nada do que estávamos planejando.” [via Comic Book Movie]

Dentre algumas decisões polêmicas apresentadas pelo diretor Rian Johnson em Os Últimos Jedi estão a identidade dos pais de Rey (Daisy Ridley) e também o passado do Supremo Líder Snoke. Agora esses elementos devem ser abordados novamente no próximo filme, mas Abrams também adiantou anteriormente que sua ideia não é agradar a todos com o Episódio IX.

Mark Hamill foi confirmado no elenco do filme, apesar dos acontecimentos com Luke Skywalker em Os Últimos Jedi. Em um post recente nas redes sociais, o ator indicou que o personagem pode voltar como um Fantasma da Força. Carrie Fisher também estará na produção com cenas feitas originalmente para o Episódio VII. A atriz morreu em dezembro de 2016. Outra novidade dos filmes clássicos é o retorno de Billy Dee Williams como Lando Calrissian.

Star Wars: A Ascensão Skywalker estreia no Brasil em 19 de dezembro.