Ethan Peck como Spock

Créditos da imagem: Paramount+/Divulgação

Séries e TV

Notícia

Star Trek | Ethan Peck teve de raspar sobrancelhas para se tornar Spock

Astro detalhou processo de caracterização e diferenças ao que foi feito em Discovery

Omelete
3 min de leitura
Eduardo Pereira
15.06.2022, às 18H06

Ethan Peck, o Spock de Star Trek: Strange New Worlds, se reuniu ao chefe do departamente de prostéticos da série, Chris Bridges, para detalhar à Variety as diferenças no processo de caracterização para o personagem na série e em Star Trek: Discovery, que apresentou uma versão mais rudimentar do personagem imortalizado por Leonard Nimoy.

"Quando vemos Spock surgindo em Discovery, ele está em um estado de loucura", explicou Bridges. "A maquiagem em si era diferente, porque Ethan não estava certo se queria raspar as sobrancelhas, o que faria com que todo o processo fosse mais fácil. Nós gastamos duas horas com ele a cada manhã. Uma prótese de sobrancelha cobriria a sobrancelha natural dele, e então completávamos com uma repositória".

A evolução para Strange New Worlds, um prólogo da série original de Star Trek, dos anos 1960, tornou-se necessário aproximar o visual de Peck ao de Nimoy, no episódio piloto da produção. "Akiva Goldsman [showrunner da série] realmente queria que nós fôssemos naquela direção", afirmou Peck. "Essa era a missão, conseguir acertar esse Spock mas rústico e menos lógico. E isso realmente guiou muitas das decisões que fizemos com as minhas orelhas, meu cabelo e minhas sobrancelhas".

A mais radical delas foi enfim raspar parte dos pelos acima dos olhos, acelerando o processo de caracterização para cada dia de gravação. "Eu me lembro de sentar com Ethan e dizer: 'Me deixe raspar suas sobrancelhas. Elas vão crescer novamente. Eu prometo. Contanto que eles não as arranquem com cera, ou machuquem os folículos, elas vão crescer novamente", brincou Bridges. "Então, ele disse: 'Está bem, vamos fazer isso'".

Estrelada por Anson Mount, Strange New Worlds conta ainda com Christina Chong (Line of Duty), Ethan Peck (O Céu da Meia-Noite), Rebecca Romijn (X-Men), Jess Bush (Playing for Keeps) e Babs Olusanmokun (Duna: Parte Um).

Star Trek: Strange New Worlds é supervisionada por Alex Kurtzman, responsável pela expansão do universo compartilhado de Jornada nas Estrelas em diversas séries de TV paralelas. O roteiro do piloto da série é de Akiva Goldsman, baseado em uma história desenvolvida com Kurtzman e Jenny Lumet. Goldsman também atua como o co-showrunner do seriado, ao lado de Henry Alonso Myers. Diferente de outras séries recentes da franquia a nova produção tem um formato episódico, assim como era na Série Clássica.

Star Trek: Strange New Worlds está no Paramount+.

Omelete agora tem um canal no Telegram! Participe para receber e debater as principais notícias da cultura pop (t.me/omelete).

Acompanhe a gente também no YouTube: no Omeleteve, com os principais assuntos da cultura pop; Hyperdrive, para as notícias mais quentes do universo geek; e Bentô Omelete, nosso canal de animes, mangás e cultura otaku.

 

 

Conteúdo Patrocinado

Ao continuar navegando, declaro que estou ciente e concordo com a Política de Privacidade bem como manifesto o consentimento quanto ao fornecimento e tratamento dos dados e cookies para as finalidades ali constantes.